Fresca? Não! Bem criada.

31
ago
s

Inspiração: Estilo de Frédérique Tietcheu

Frédérique Tietcheu é blogueira e Personal Stylist, mas o que mais sobreai é seu empoderamento feminista. Ela tem um projeto incrível, o SHE Unleashed, que visa ajudar mulheres a recuperar sua confiança e reinvindicar seu poder. Uau!!

Frédérique é francesa, mas atualmente mora em Londres. Sua personalidade forte, feminina e alegre é facilmente percebida nos seus looks, que tem a mesma pegada. Seja com uma cor vibrante, um acessório arrojado ou a produção descolada.  Bem imprevisível nas suas produções, surpreende em todos os looks!

E claro, pra arrematar, seu sorriso expansivo, que já virou marca registrada.

a b d e f g h i j k l m n o p q r s

Tem mais de Frédérique Tietcheu  no Instagram e Facebook dela. Segue lá!

 

30
ago
skinceuticals-blemish-age-defense-serum-sld-2227

Testado e aprovado: Blemish + Age Defense

A resenha de hoje é de um sérum que faz parte do meu ritual de beleza há tempos e que, inclusive, já foi tema de vídeo no Canal do Anita Bem Criada no Youtube. Quem não viu, veja aqui embaixo:

E o queridinho da vez é o Blemish + Age Defense, da SkinCeuticals.

O sérum é indicado para redução de rugas e linhas finas, e própria para peles oleosas e acneicas, pois ajuda no combate e prevenção. É indicado que se use duas vezes ao dia (manhã e noite), e o uso pode ser diário.

O produto vem em um conta-gotas e é um sérum super líquido. Sua textura é quase como água e por isso, umas 04, 05 gotinhas já bastam para a aplicação em todo o rosto.

skinceuticals-blemish-age-defense-30ml Benefícios:

  • Reduz a produção excessiva de sebo;
  • Combate as imperfeições da acne;
  • Uniformiza o tom e a textura da pele;
  • Descongestiona os poros obstruídos;
  • Diminui linhas finas e rugas.

Sem título

Blemish + Age Defense traz uma nova abordagem para o cuidado da pele oleosa e acneica. Sua fórmula é composta pela combinação exclusiva de 5 ácidos, que ajudam a controlar a produção de oleosidade, combater a acne e reduzir rugas e linhas finas.”

O bacana de um produto como este, com ações casando benefícios de anti-idade, com prevenção da pele acneica é que não exclui as mulheres que sofrem com as espinhas da mulher adulta. E se você quiser ver o meu ritual no combate às espinhas, acesse o vídeo aqui embaixo!

Uso o produto há quase três anos, todas as noites e sou fã número 1! Pele sempre sequinha, ao mesmo tempo, bem cuidada e hidratada. O preço é um pouco salgado, mas a durabilidade surpreende. Você encontra mais detalhes no próprio site da marca.

29
ago
IMG-20160822-WA0020

Como eu organizo a minha mala de viagem – Especial NYC

28
ago
IMG-20160823-WA0013

Look da Anita – Especial Novos Projetos (NYC)

Oi gente! O look de hoje veio carregado de novidades (quem me segue nas redes sociais em geral, já está acompanhando isso de perto. Sou “anitabemcriada” em todas elas também!). Mas para quem ainda não viu, eu conto. Escolhi concretizar alguns dos meus mais  projetos nesta que é uma das cidades mais cosmopolitas do mundo: New York City!

Com um projeto que envolve pesquisa, estudos, especialização, entretenimento e autoconhecimento, desembarquei em Nova York na última semana, onde por uma temporada, quero colecionar inspirações, dicas e temas para transformar em conteúdo a ser trabalhado e propagado por aqui, canal do Youtube e redes sociais.

Durante este período vou fazer um curso de inglês, além de cursos de criação de conteúdo e conteúdo online para negócios da moda no FIT (Fashion Institute of Tecnology), famoso por atrair pessoas de todo mundo para estudos e aprimoramentos ligados ao mundo fashion.

Mas não para por aí. A ideia é explorar a cidade como uma verdadeira “nativa”, vivenciando a rotina dos que ali vivem, e com isso apreender toda a riqueza que paira naquela atmosfera tão rica em arte, cultura, design, moda, gastronomia, música, lazer, entre outros.

No mais é explorar um roteiro quase que obrigatório para quem deseja mergulhar neste universo: museus, galerias de arte, lojas, mercados, brechós, lojas de grifes e de departamento, outlets, escolas de moda, arte e design, restaurantes, além de muita sensibilidade e um olhar atento para com o comportamento das pessoas, nativas ou não.

Vamos embarcar nessa comigo?

Fotografia: Roberto Benatti
IMG-20160823-WA0010 IMG-20160823-WA0012 IMG-20160823-WA0013 IMG-20160823-WA0014 IMG-20160823-WA0016 IMG-20160823-WA0017Camiseta: Madri Camisetas; Calça jeans destroyed: Mariah Moda Estilo; sandália: Equipage; joias: Patrícia Dias.

26
ago
grammy23

A experiência de ir a um Grammy

Imagina seu telefone tocar, você atender e, de forma totalmente inesperada, ser convidada para o evento anual mais importante para a indústria musical? Parece sonho, pegadinha, trote, sei lá! Mas aconteceu comigo! Fui convidada para o Grammy! Isso só poderia ser algo do destino. Sabe quando você está ali, na hora e lugar certos? Quase caí para trás quando, naquela ligação, perguntaram se eu tinha interesse em viajar para Los Angeles e assistir ao Grammy. Sério, minha reação foi de total ceticismo e não tinha como ser diferente, pois na minha cabeça esse tipo de evento faria parte daqueles totalmente exclusivos, impenetráveis aos simples mundo dos mortais, que permitem o acesso somente para as verdadeiras celebridades. Pensei, como assim interesse? Interesse é o de menos…rs. O que eu tenho que fazer? Fala logoooo!!!

Foi assim que, em janeiro de 2014, eu e minha mãe viajamos para Los Angeles, cidade mundialmente famosa por receber dois mega eventos relacionados ao cinema e à música, o Oscar e o Grammy. Tivemos a alegria inesquecível de participar desse mega show e, ainda hoje, ao nos lembrarmos desse dia parece que tudo foi um sonho. Afinal de contas, quando nós chegaríamos de limousine (!) em uma das festas mais disputadas do mundo e esperadas do ano? Tivemos a oportunidade de ficar bem próximas de várias estrelas da música e do cinema! Sem contar que, em uma só noite, assitimos aos shows de Beyoncé e Jay-Z (a melhor abertura de todos os Grammys ever!), Pink (dançando em pleno ar pendurada por cordas), Katy Perry (fabulosa), Madonna (sempre divaaaa), Daft Punk, Lorde, Pharrell Williams, Paul McCartney, Imagine Dragons, Metallica, Taylor Swift, entre tantos outros! Isso sim é UM SHOW!

Aí, você pensa: “mas quem foi que te ligou e te convidou para o Grammy? Fala logo, vai!”. E é justamente sobre isso e muito mais que vou contar neste post! Você ficará sabendo de tudo, quem nos convidou, como é participar desse sonho, e como fazer para ir ao Grammy sem ter que esperar a vida inteira por essa ligação! Então, quem nos ligou e convidou para ir até Los Angeles e assistir ao Grammy foi o MasterCard Black. Até hoje não sei bem o motivo disso. Mas, eles nos descobriram, foram com a nossa cara, sei lá, e nos convidaram. Brincadeiras à parte, creio que tenha sido porque no ano anterior eu e minha mãe tínhamos viajado bastante para o exterior. Talvez tenham pensado que teríamos o perfil certo para aquele convite. Vou te falar uma coisa: acertaram em cheio!

O convite era ainda mais especial porque abrangia uma série de mimos! Hospedagem impecável no Mondrian, hotel super descolado localizado na Sunset Boulevard, uma ida ao salão para penteado e make completa, convite vip para a pré-recepção all inclusive no chiquetésimo JW Marriott, e convite very very VIP para assistir ao Grammy no camarote exclusivo do MasterBlack, com comida e bebida liberadas. Vai me dizer que não parece um sonho?! Essa, sem dúvida, é uma experiência priceless proporcionada pelo MasterBlack.

Assim que chegamos no Mondrian, fomos muito bem recepcionadas pela competente equipe de profissionais do MasterBlack. Todas as orientações foram passadas e colocaram-se totalmente à disposição para quaisquer dúvidas a respeito não apenas do evento, mas de Los Angeles mesmo, desde restaurantes a bate-voltas para Malibu e Santa Mônica, por exemplo.

E se a vida em LA já é naturalmente agitada, imagine durante o período do Grammy! Los Angeles ferve! Para você ter uma ideia, no dia seguinte a nossa chegada no hotel, tentamos alugar um carro e simplesmente não conseguimos. Não estávamos fazendo questão nem mesmo de GPS, mas não rolou. Só conseguimos o carro para os dias que sucederam o evento. A cidade estava lotada e todos pareciam estar em festa!

No dia do esperado evento, foram agendados horários em dois salões de beleza localizados na Sunset Boulevard: o Drybar, especializado em penteados, e o Blushington, somente para make! Nunca vi isso no Brasil e achei a ideia bem diferente porque são dois salões que ficam um do ladinho do outro e cada um tem sua especialidade.

Mas não estávamos ali por acaso. A atenciosa equipe do MasterBlack pensa em cada detalhe! As luluzinhas foram separadas em dois grupos. Enquanto uma parte da mulherada estava cuidando das madeixas, a outra estava fazendo a make. Isso, sem dúvida, otimizava nosso tempo. Sem falar que o Mondrian está a cinco minutinhos a pé do Drybar e do Blushington. Foi muito divertido ver a mulherada caminhando pela rua até chegar ao local da nossa produção. Era um clima super alegre!grammy1 grammy3 grammy4 grammy5 grammy6 grammy7Olha essa sala de espera do Blushington que coisa mais fofa!grammy8Em Los Angeles a gente vê de tudo! Ainda de manhã, por volta das 10hs, a cidade já estava  respirando Grammy! Dá uma olhadinha nesse casal pra lá de animado que estava desde festejando no salão mesmo!!grammy9Produção pronta, voltamos para o hotel e colocamos as mãos em um dos convites mais disputados do mundo!!!! Logo em seguida, a equipe do MasterBlack veio nos buscar de limousine!!!grammy10 grammy11 grammy12E, assim, fomos para uma recepção exclusiva para os convidados no JW Marriott. Inacreditável, né? Era tudo muito perfeito!grammy13 grammy14A recepção foi muito legal! Estava tudo super bem organizado, tinha música ao vivo, bebida e comida de primeira à vontade! Olha essa mesinha de doces que charme.grammy16 grammy17 grammy18 grammy19Após a recepção no JW Marriott, fomos caminhando para a Arena Staples Center, local onde é realizado o Grammy, bem ali do ladinho. Vou confessar que essa rápida caminhada não foi tão confortável assim, pois embora a distância fosse pequena estávamos de salto altíssimo (à altura do tapete vermelho) claro!grammy20Olha a gente aí, circulando pelo concorrido e movimentado Red Carpet! Revendo essas fotos fico até sem acreditar que estivemos mesmo lá, sabia? Continua parecendo um sonho!
grammy22Para sentir um pouquinho de como é o clima durante o Grammy e andar no famoso tapete vermelho, clica no vídeo abaixo!

Dentro da Arena, já estava lotado quando chegamos. As filas para os camarotes eram enormes.  O coração batia rápido tamanha era a ansiedade para o começo do show. Claro que gostaria de sentar na primeira fila (quem não? rs), mas o camarote para os convidados do MasterBlack era bem localizado! Aliás, ficar no camarote tem lá suas vantagens! Ao longo do show, foram servidas comidinhas e bebidas diversas, além do jantar. Na foto abaixo dá para ter uma ideia da visão que tínhamos do palco.grammy23Logo na entrada minha mãe deu de cara com o Ringo Starr, dos Beatles! Deveria ter registrado mais o momento, mas estávamos curtindo taaaaanto que nem me preocupava com vídeos e fotos!!! De todo modo, separei dois vídeos curtinhos de alguns dos momentos mais emocionantes do Grammy de 2014, na minha opinião. Assim, perdoe-me pela qualidade do vídeo…filmei pelo celular!

O primeiro mostra a apresentação belíssima da Pink. Gente, o que era aquilo? Ela voava pendurada em cordas e passava tão próxima dos convidados que alguns deles chegaram a dar um empurrãozinho nela. Sinceramente? Nem sei se isso fazia parte do script ou não!

O segundo vídeo tinha que ser dela, a diva Madonna! Dizem que Madonna era a escolhida para fazer a abertura do Grammy, mas como tinha machucado o pé escolheram a Beyonce para substitui-la. Só que mesmo  lesionada e de bengala (!) Madonna arrasou demais e fechou o evento com chave de ouro! Quem assistiu, sabe que no final do show Macklemore e Ryan Lewis cantaram “Same Love”. Assim que a canção terminou, Queen Latifah apareceu e começou a declarar o matrimônio de 34 casais que entravam na Arena! Enquanto Latifah anunciava – legalmente – o casamento das 68 pessoas ali presentes, surgiu Madonna cantando uma nova versão, acústica, de “Open Your Heart”. Foi super emocionante!

Essa experiência totalmente priceless foi proporcionada pelo cartão de crédito Mastercard (faço questão de falar porque sem esse convite jamais teríamos ido). Gente, vocês não fazem noção de como foi sensacional! Vimos os melhores shows das nossas vidas.grammy24Pensa em uma pessoa que gostaria muito de ir ao Grammy de novo! A experiência proporcionada pelo MasterBlack foi, sem dúvida alguma, priceless! Por conta dessa minha enorme vontade de assistir novamente ao show e até mesmo para compartilhar com você essa oportunidade, comecei a pesquisar na internet “como comprar ingressos para o Grammy”. O que descobri foi o seguinte. Se você tem qualquer relação com a música (músico, professor de música, etc.) pode se tornar um membro da The Recording Academy  e isso o tornará elegível para adquirir o ingresso. Se esse não é o seu caso, tem que ficar de olho em concursos realizados por parceiros do Grammy. Além disso, você pode correr o risco de comprar nas mãos do “velho e bom” cambista.

Agora, vamos falar sobre a hospedagem! Ficamos em dois hotéis. Vocês devem estar pensando: como assim? rs. Pode parecer estranho, mas o fato é que o nosso primeiro hotel, o Mondrian, não tinha vaga para todos os dias que passaríamos na cidade. E era nele que rolavam umas festas tipo esquenta para o Grammy, entende? Super badalado, o Mondrian fica no coração de West Hollywood, muito bem localizado. O restaurante é excelente, serve um café da manhã delicioso, em um ambiente super descolado.grammy25O quarto era amplo, confortável, e cuidadosamente bem decorado, em um estilo clean e moderno. Altamente recomendada a hospedagem lá. Fique atento apenas para o andar do quarto, pois as diversas festinhas podem atrapalhar seu sono. Nós ficamos em um andar alto, de modo que não houve esse problema. O ruim mesmo foi não ter os convites para as festas e ver tudo do quarto…rs.

Mas, brincadeiras à parte, vi alguns poucos hóspedes reclamando do barulho, então não custa pedir um quarto localizado em um andar mais alto.

Depois do Mondrian, ficamos hospedadas no The Westin Bonaventure Hotel, que tem uma arquitetura mega diferente e moderna. Trata-se de um hotel bem localizado para aqueles que pretendem ficar em Downtown. As duas fotos abaixo foram retiradas do próprio site do hotel.grammy26 grammy27O hotel é enorme, tem elevadores panorâmicos e um restaurante giratório que proporcionam vistas lindas da cidade. Além disso, é super conhecido por lá, pois foi cenário de diversos filmes. Ah, também conta com uma locadora de carros dentro do próprio hotel, o que é muito útil e prático!

Enfim, tivemos uma  experiência pra lá de priceless em Los Angeles! Espero que tenham gostado!

Bianca Cobucci é defensora Pública, Mestre em Políticas Públicas e coordenadora do Projeto Falando Direito; Autora do blog Teoria da Viagem. Escreve sobre os direitos do consumidor relacionados à viagem e turismo, bem como sobre os países e lugares que já que visitou.