fbpx

Fresca? Não! Bem criada.

Diversos

27
mar

Dica de livro – Moda Intuitiva

Me encontro, atualmente, numa fase de muita pesquisa e estudos, um aprofundamento mesmo sobre moda e tudo que permeia esse universo.
Enquanto não compartilho com vocês o por quê de tanta busca e dedicação, deixo aqui alguns dos títulos que ando lendo e adorando!

Um desses livros é o Moda Intuitiva, da queridíssima Cris Guerra, no qual ela desbrava o próprio estilo que se resultam em dicas valiosas para o dia a dia da mulher moderna.

Com duas edições lançadas, a autora aborda temas super atuais como look de trabalho, individualidade, opinião através da roupa, auto estima e até mesmo tatuagem.

Por fim ela convida ao público a se questionar coisas como: Já parou para pensar que ao acordar você se prepara para um desfile diário, voluntário ou não? Já parou para pensar que o seu guarda-roupa é a sua coleção? Que a moda pode ser uma forma de acentuar sua individualidade e não de uniformizar pessoas? Que moda é, acima de tudo, beleza?

Para quem ama o assunto e quer informações leves, divertidas e práticas, o Moda Intuitiva vale a leitura!

20
mar

Dicas para quem trabalha de casal

O mercado de trabalho está cada vez mais diversificado em termos de negócios e equipes. Um exemplo forte disso é o crescimento considerável de pessoas que passaram a trabalhar em casa ou home office buscando qualidade de vida.

Outro formato que vem se tornando bastante comum são pessoas que decidiram compartilhar sua vida profissional com os parceiros. Mas engana-se quem pensa que trabalhar ao lado do marido ou do namorado é tarefa simples.

Para manter uma boa dinâmica dentro do ambiente profissional e ao mesmo tempo não perder a química dentro de casa é preciso adotar alguns limites e regras para que tudo flua da melhor maneira para todos.

Pensando nisso, resolvemos trazer no post de hoje algumas dicas para quem trabalha de casal!

 

 

  1. Ao trabalho o que é do trabalho e à casa o que é de casa!

A primeira coisa que alguém que trabalha de casal deve ter em mente é que assuntos de trabalho e de casa não se misturam. Para que não exista desentendimentos e para que o tempo útil de vocês não se perca entre temas que possam ser resolvidos em outro ambiente, é necessário ter essa regrinha bem acordada entre as duas partes.

Levar trabalho para a casa consome o tempo de lazer e descanso de ambos, sejam juntos ou separadamente. E no trabalho, resolver coisas de casa, pode prejudicar no desempenho profissional.

 

2. Tudo com hora marcada

Sabemos que algumas vezes o assunto do trabalho pode se estender até a hora do descanso e quando isso acontece é necessário colocar regras. Combinem um horário para iniciar a discussão e finalizá-la, assim o universo profissional não adentra o espaço de descanso de vocês e fica possível organizar o tempo na agenda.

 

3. Colegas de trabalho

Para manter a relação no trabalho o mais profissional possível, busquem se tratar como colegas de profissão e não como um casal. Obviamente que nada precisa ser tão rígido, mas evitem troca de carinhos, dirijam-se um ao outro pelo nome e não por apelidos e tratem-se com cordialidade e gentileza.

Essa estratégia evita constrangimentos para os dois e para os demais que trabalham com o casal.

 

 

4. Procurem atividades diferentes

Conviver dentro e fora do ambiente profissional pode muitas vezes esgotar os assuntos entre o casal, mas para manter a relação sempre em dia e com leveza, procurem fazer atividades diferentes nos momentos de lazer.

Viagens de fim de semana, conhecer novos restaurantes, ver um filme diferente, mudar algo em casa, tudo isso contribui para que vocês tenham cada vez mais coisas sobre o que conversar e assim preservam o relacionamento sempre em dia.

 

5. Admiração

Trabalhar junto da pessoa que amamos é também uma oportunidade de enxerga-la de novas formas. Acompanhar a rotina profissional, assistir a forma como o parceiro ou a parceira lida com ambiente de trabalho e tudo que envolve esse universo é uma nova oportunidade para admirar ainda mais quem escolhemos para passar a vida. 

Nutrir esse sentimento por nossos companheiros é uma excelente forma de sempre renovar tudo àquilo que construímos!

 

 

 

18
mar

Dica de livro – Moda Com Propósito

Se você nunca ouviu falar sobre André Carvalhal, não perca essa oportunidade de conhecer um dos nomes mais importantes e necessários da moda!

Coordenador e professor de moda no Istituto Europeo di Design (IED) do Rio de Janeiro, professor de cursos de extensão e pós-graduação em marketing e branding de moda na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e na Fundação Getulio Vargas (FGV) e facilitador de cursos livres na Perestroika, no Instituto Rio Moda e no Polo de Pensamento Contemporâneo, Carvalhal foi gestor de marketing e conteúdo das marcas FARM e Foxton e atuou como consultor e idealizador de projetos especiais para empresas como Grendene, Do Bem e The School of Life.

Atualmente à frente da marca AHLMA, André propõe um novo olhar para o consumo e nos convida a repensar a moda. Além do currículo impressionante, ele é também o autor de best sellers como A Moda Imita a Vida, Viva o Fim e, o livro que você vai conhecer agora, Moda com Propósito!

Em um mundo cada vez mais conectado, a moda ganhou força e conquistou espaço na vida das pessoas. Agora estamos cheios de produtos e sempre queremos mais. Nos últimos anos, porém, essa ansiedade gerada pelo consumismo tem deixado a sociedade e o meio ambiente esgotados, e a promessa de que a compra traz felicidade claramente não vale mais. No entanto, muitas marcas continuam buscando o lucro através da compra desenfreada.

Questionador como sempre, André Carvalhal reflete sobre essas contradições para apresentar aquilo que deveria nortear todas as marcas da atualidade: o fazer com propósito. Mirando muito além da venda e do marketing, ele nos mostra como é necessário entender certos valores ― como sustentabilidade, comércio justo, consciência social e cultural ― para ser capaz de inovar e empreender com sucesso.

Assim como é preciso aprender a viver com menos, pensar nas consequências de se buscar sempre o mais barato e refletir no impacto social de cada ação — e isso vale também para os consumidores. Afinal, com informações atualizadas a cada segundo, não basta simplesmente trabalhar por dinheiro. É preciso, acima de tudo, buscar esse novo olhar, para se viver e conquistar com propósito.

03
mar

Vamos falar de endometriose

A endometriose é um distúrbio que acomete boa parte das mulheres no Brasil e que pode aparecer através de sintomas variados. Através da minha experiência com a doença, resolvi reunir informações à respeito e trazer nesse post tudo o que você precisa saber sobre ela. Vamos falar sobre endometriose?

O que é?

A endometriose é caracterizada pela presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga.

Todos os meses, o endométrio fica mais espesso, para que um óvulo fecundado possa se implantar nele. Quando não há gravidez, no final do ciclo ele descama e é expelido na menstruação. Uma das teorias para explicar o aparecimento de endometriose é que um pouco desse sangue migra no sentido oposto e cai nos ovários ou na cavidade abdominal, causando a lesão endometriótica.

É importante destacar que a doença acomete mulheres a partir da primeira menstruação e pode se estender até a última. Geralmente, o diagnóstico acontece quando a paciente tem em torno dos 30 anos.

A doença afeta hoje cerca de seis milhões de brasileiras. De acordo com a Associação Brasileira de Endometriose, entre 10% a 15% de mulheres em idade reprodutiva (13 a 45 anos) podem desenvolvê-la e há 30% de chance de que fiquem estéreis.

Fonte: Dr. Sergio dos Passos Ramos CRM17.178 – SP

Sintomas

Existem mulheres que sofrem dores incapacitantes e outras que não sentem nenhum tipo de desconforto. Entre os sintomas mais comuns estão:

• Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação;
• Dor pré-menstrual;
• Dor durante as relações sexuais;
• Dor difusa ou crônica na região pélvica;
• Fadiga crônica e exaustão;
• Sangramento menstrual intenso ou irregular;
• Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação;
• Dificuldade para engravidar e infertilidade.

A dor da endometriose pode se manifestar como uma cólica menstrual intensa ou dor “no intestino” na época das menstruações, ou, ainda, uma mistura desses sintomas.

Tratamento

Existem dois tipos principais de tratamento para combater as dores da endometriose: medicamentos ou cirurgia. Cada um deles tem suas especificidades, e cabe ao ginecologista avaliar a gravidade da doença em cada caso e recomendar o melhor tratamento. Vale lembrar que, dependendo da situação, ambos os procedimentos são feitos de maneira integrada.

Diagnóstico

O diagnóstico em casos de suspeita da endometriose é feito por meio de exame físico, ultrassom (ultrassonografia) endovaginal especializado, exame ginecológico, dosagem de marcadores e outros exames de laboratório.

Atenção especial deve ser dada ao exame de toque, fundamental no diagnóstico da endometriose profunda. Em alguns casos, o médico ginecologista solicitará uma ressonância nuclear magnética e a ecocoloposcpia.

Por isso a importância de ir regularmente ao ginecologista.

04
fev

Curiosidades sobre a premiação do Oscar

A 92ª cerimônia de entrega dos Academy Awards, ou o famoso Oscar 2020, acontece no próximo dia 9, em Los Angeles, e premia os principais artistas do ano de 2019 no cinema e na produção audio visual.

Com quase cem anos de existência, a premiação coleciona curiosidades e episódios icônicos. Para aquecer os tambores e ansiedade para o próximo domingo, relembramos alguns desses momentos! Vem com a gente?

1 – Os filmes campeões na história do Oscar são “Ben-Hur” (1959), “Titanic” (1997) e “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” (2003). Cada um deles faturou 11 estatuetas, mas apenas “O Senhor dos Anéis” conquistou todas as categorias em que havia sido indicado.

2 – A atriz Meryl Streep coleciona indicações, são 18 no total, enquanto Katherine Hepburn é a atriz que mais faturou estatuetas, levando quatro Oscars para casa.

3 – A comediante Ellen Degeneres foi a primeira mulher a apresentar a cerimônia do Oscar. Em sua segunda vez à frente da premiação, em 2014, a atriz entrou para a história com a selfie com mais retweets da história do Twitter. Quem estava na foto? Algumas personalidades como Julia Roberts, Maryl Streep, Jared Leto e Angelina Jolie.

4 – Cerca de 55 estatuetas do Oscar foram roubadas pelo motorista Lawrence Ladente em 2000. Ao todo 52 foram devolvidas pelo seu cúmplice e uma foi recuperada em uma batida policial feita em Miami em 2003. Duas continuam desaparecidas até hoje.

5 – Somente em 2010 foi premiada a primeira mulher na categoria Melhor Diretor: Kathryn Bigelow, por “Guerra ao Terror”. Ela também recebeu o Oscar de Melhor Filme naquele ano. Em ambas as categorias, ela disputava com seu ex-marido, James Cameron.

6 – E agora falando de looks, como não citar Jane Fonda na premiação de 1972, em que a atriz quebrou as regras usando um terno preto Yves Saint Laurent. Ela foi a primeira mulher a usar calças na cerimônia. Anos depois, a atriz Jodie Foster fez história novamente em escolher um terninho brilhante para a ocasião.

7 – Em 2018, devido as inúmeras denúncias de assédio na indústria do cinema, todas as atrizes mulheres vestiram preto em protesto.

8 – Também em 2018, a atriz Rita Moreno repetiu o mesmo modelito que usou na cerimônia do Oscar em 1962, provando que reutilizar está bem longe de ser algo vergonhoso!

9 – Na festa após a premiação, conhecida como Governors Ball, são servidas 1,2 mil garrafas de champagne, mil lagostas, 1,2 mil ostras e 18 quilos de caviar.

Já tá ansiosa para a próxima cerimônia do Oscar? Então não perde: dia 9 de Fevereiro, às 22h, horário de Brasília.