Fresca? Não! Bem criada.

Viagens

14
maio

Meus looks da viagem – Quintess

Minha mais recente viagem à Alemanha, Suíça e França, foi regada a paisagens de tirar o fôlego e momentos inesquecíveis! Para acompanhar tudo isso, sempre planejo uma mala funcional, com peças que me trarão conforto e praticidade na hora de bater perna e desbravar o mundo por aí.

Hoje reuni nesse post, todos os looks que usei durante a viagem, incluindo todos os links para compras!

Se você, assim como eu preza por funcionalidade, mas ainda assim busca estilo nas produções de viagem, corre no site da Quintess! As novidades de inverno estão ma-ra-vi-lho-sas!

1 – Vestido de plush com detalhe nas costas –
https://www.quintess.com.br/loja/quintess/moda-feminina/vestido-em-plush-preto-quintess-com-amarracao_art225256

2 – Parka caramelo –
https://www.quintess.com.br/loja/quintess/moda-feminina/jaqueta-parka-caramelo-com-detalhes-dourados_art310368

3 – Poncho –
https://www.quintess.com.br/loja/quintess/moda-feminina/poncho-em-trico-bege-com-gola-alta-quintess_art225566

4 – Sobretudo cinza –
https://www.quintess.com.br/loja/quintess/moda-feminina/sobretudo-quintess-mescla-com-botoes_art225925

5 – Saia longa preta –
https://www.quintess.com.br/loja/quintess/moda-feminina/saia-longa-cintura-alta-preta_art128975

6 – Tricô rosa –
https://www.quintess.com.br/loja/quintess/moda-feminina/casaco-em-trico-rosa-com-ponto-tracado-na-frente_art310354

As novidades da Quintess estão imperdíveis! Cada peça mais linda do que a outra e o melhor: atemporais!

10
maio

Onde fiquei em Baden-Baden: Hotel Belle Epoque – Rede Small Luxury Hotels of the World

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a Alemanha e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras e fiz a famosa Rota Romântica! Dei um rápido pulo à Suíça também, em Interlaken e de volta à terra do alemães, descemos em Baden-Baden. No post de hoje, te conto sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Em Baden Baden nos hospedamos no Belle Epoque, hotel pertencente a rede Small Luxury Hotels of the World (já conhecíamos a rede da nossa lua de mel e também de outras viagens) e abrigado em uma construção de 1874.

A decoração do ambiente faz jus ao nome e nos transporta para outro século. O hotel não é luxuoso, mas possui definitivamente um quê de sofisticação que adoramos!

Suas instalações são antigas, porém bem conservadas e a sala de chá, especificamente, é linda de viver! Ao fundo do espaço, um jardim encantador, onde muitos hóspedes, mesmo no frio, se arriscavam no café da manhã.

Nos quartos, a decoração se mantinha: cortinas românticas, poltronas Luís XV e roupa de cama impecável!

Adoramos a experiência no Hotel Belle Epoque que junto com os passeios que fizemos deixou essa parte da viagem ainda mais mágica e inesquecível!

07
maio

Onde fiquei em Interlaken: Hotel Royal St Georges

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a Alemanha e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras e fiz a famosa Rota Romântica! Numa segunda parte dessa mesma viagem, cruzamos a fronteira e fomos conhecer um pedacinho da Suíça, mais precisamente a cidadezinha de Interlaken. No post de hoje, conto sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Para quem não sabe, Interlaken é uma cidadela suíça que possui em média 5300 habitantes. Por lá nos hospedamos no Hotel Royal St Georges, uma construção bem antiguinha e localizada exatamente ao centro do local – bastava caminhar alguns minutos à leste ou à oeste e conhecíamos toda a região.

As instalações do hotel são boas, os quartos confortáveis e com um bom chuveiro. O café da manhã é também muito gostoso, porém nada fora do habitual.

De um modo geral, percebemos que a cidade como um todo é bem turística, assim como a hospedagem, e por isso não tivemos uma imersão tão profunda na vida nativa, que é o que sempre buscamos nos roteiros.

Vale lembrar também que a Suíça é um dos países mais caros da Europa e quando falamos de hospedagem essa linha se mantém. O valor da diária do hotel era um pouco acima, diante do que ele oferecia para os hóspedes.

A vantagem dessa estadia são os descontos que eles oferecem nas principais atrações da cidade como o Harder Kulm e o Jungfrau.

Em resumo hospedar-se na Suíça não é algo barato, porém vale a pena simplesmente por suas paisagens e cenários estonteantes!

03
maio

Onde fiquei em Füssen: Hotel Das Rübezahl

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a Alemanha e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras e fiz a famosa Rota Romântica! No post de hoje, a terceira parte da série sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Finalizando a tão famosa Rota Romântica, fomos até a cidade de Füssen, um lugar encantador! Inicialmente eu e Luciano pensamos em nos hospedar no centro da cidadezinha, mas logo descobrimos o Hotel Das Rübezahl: um paraíso no campo, com vista para os alpes e para os castelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau. Tudo isso na cidade de Schwangau, à dois quilômetros de Füssen.

Com os títulos de hotel romântico, gourmet e spa, o Hotel Das Rübezahl é comandado pela Giselle, uma brasileira que vive na Alemanha há trinta anos, extremamente simpática e que tornou nossa estadia ainda mais completa com suas dicas insiders.



Nosso quarto era uma suíte premium, mas independente da categoria, todas oferecem vista para os alpes e para a cena digna de vaquinha dos chocolates Milka rs.

O café da manhã, completamente típico era delicioso e os dois restaurantes do local, um deles com estrela Michellin, também se posicionavam em função da paisagem estonteante.

Além das dependências tradicionais, o Das Rübezahl possui uma cabana no alto dos alpes. Essa é uma opção mais aventureira, já que para chegar até lá são duas horas de caminhada. Porém, a recompensa é bem valiosa: um restaurante repleto de pratos e bebidas locais, incluindo o Elixier – que compõe a lenda do hotel .

E como se não bastasse tantas novidades e descobertas dentro de um único hotel, por lá também conseguimos desfrutar do spa, com diversas jacuzzis, saunas e massagens. Revigorante!

O Hotel Das Rübezahl é uma excelente opção para casais e possui pacotes especiais para lua de mel e noivado.

Ter a oportunidade de desfrutar alguns dias nesse paraíso foi especial e indico de olhos fechados à quem quiser!

Site do hotel:
https://www.hotelruebezahl.de/pt/

Instagram:
https://www.instagram.com/hotel.dasruebezahl/

30
abr

Onde fiquei em Rothenburg ob der Tauber: Hotel Eisenhut

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a Alemanha e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras e fiz a famosa Rota Romântica! No post de hoje, a segunda parte da série sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Nossa segunda parada nessa viagem foi a cidade de Rothenburg, um lugar encantador e inicio de uma das pontas do trajeto que eu e Luciano fizemos.

Por lá nos hospedamos no Hotel Eisenhut, que fica na rua principal e ao lado de uma loja natalina super icônica e que fica aberta o ano inteiro. Próxima à essa hospedagem estava também o Marktplatz, um espaço que concentra a praça central, o relógio da cidade e também a prefeitura. Ou seja, ficamos em um ponto super bem localizado, que nos permitiu cumprir a programação a pé e sem grandes esforços.

O hotel, que tem uma pegada histórica e existe desde 1500, dispõe de quartos decorados com objetos de época e obras de arte originais. Além de ambientes super confortáveis e aconchegantes. Ficamos em uma suíte super charmosa, com varanda e vista para a rua central da cidade.

Já o restaurante do local, serve culinária regional variada, super tradicional e também possui um terraço com jardim super fofo! Além disso, o café da manhã, um dos melhores que já tomei na vida, é oferecido em jardim de inverno maravilhoso!


Hospedar no hotel Eisenhut foi uma experiência deliciosa e facilitou muito nosso deslocamento nessa parte do passeio. Para quem busca conforto e praticidade, essa é a pedida certa!

Confira o site do hotel:
https://www.eisenhut.com/