Fresca? Não! Bem criada.

10
out

Meus looks de viagem!

Os momentos pré viagem podem ser uma preocupação para muita gente, organizar mala e conseguir levar a quantidade ideal de peças é um desafio até para os mais experientes.

Nessa minha viagem à França posso dizer que pela primeira vez acertei na organização em 100%! Por lá peguei a transição entre a primavera e o outono e pude sentir de forma brusca a queda dos termômetros.

Preparada para essa mudança tão clara levei comigo peças leves, saias rodadas, vestidos e também casacos mais pesados, blusas de manga comprida e sapatos fechados.

No post de hoje faço um apanhado de todas as produções que usei durante a viagem e mostro essa variação de temperatura na prática! Vem comigo?

Agradecimento especial aos parceiros dessa viagem: Alphorria, La Spezia, Uza Shoes , Balabalagan

 

08
out

Vídeo: Vlog de VIAGEM: Côte D’ Azur (Nice, Mônaco, St Tropez, St Jean Cap Ferrat, St Paul de Vence..)

No último setembro (2018) eu e o Luciano comemoramos 8 anos de casados e o destino escolhido desta vez (sempre viagem!!) foi a França. Mais precisamente, o Sul da França!

E neste vlog eu trago para vocês a primeira parte desta viagem dos sonhos, cuja base foi Nice, na Costa Azul, que aproveitamos para conhecer Saint Tropez, Mônaco, Saint Jean Cap Ferrat, Mougins, Saint Paul de Vence e mais. Vem ver um dos lugares mais lindos que você já ouviu falar!!!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!

08
out

Onde fiquei em Nice: Nice West End Nice

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a França e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras! Então hoje inicio a série de posts sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Nossa primeira parada depois de Paris foi em Nice, na famosa Costa Azul, litoral francês. Por lá eu e Luciano escolhemos um local que fosse tão interessante quanto a própria cidade e sendo assim ficamos hospedados no Nice West End Nice.

O hotel é super bem localizado, permitiu que fizéssemos toda a nossa programação a pé, desde o centro, passando pela praça principal, centro histórico, mirante, até as praias.

O quarto embora pequeno, tinha uma vista incrível para o mar. O tamanho das acomodações  não era nosso foco nessa estadia já que lá buscávamos mesmo um ponto central para percorrer os arredores.

O café da manhã não é incluído na diária e custa £30 por pessoa, um preço um tanto quanto elevado, pensando nisso acabamos por fazer todas as refeições fora já envolvidos nos passeios programados.

De forma geral, o hotel atendeu nossas expectativas e necessidades, oferecendo praticidade na hora do deslocamento para desbravar a encantadora Nice!

05
out

Meu roteiro de viagem pela França!

As últimas semanas para mim foram mágicas! Passar essa curta temporada na França, desbravando e conhecendo cantos que até então não eram um destino óbvio para muita gente, foi um privilégio e tanto!

Nesse passeio me deparei com as paisagens mais bonitas que já vi, mergulhei na história do país e por mais que fisicamente eu não tenha parado um minuto, descansei e renovei a alma como nunca!

E como de costume, não poderia deixar de compartilhar os mínimos detalhes desse meu roteiro dos sonhos com vocês! No post de hoje dou detalhes das cidades por onde passei e dicas bem outsiders sobre a França! Vem comigo?!

Eu e Luciano desembarcamos em Paris e por lá curtimos dois dias, o primeiro andando e conhecendo mais um pouco da cidade, sem um roteiro determinado e no segundo, fomos conhecer Versalhes e fugir um pouco das demais atrações turísticas sempre cheias de filas. Poder desbravar um pouco do que foi a morada de monarcas tão importantes, foi o inicio de uma imersão na história desse país que me conquistou ainda mais nesse retorno.

De Paris desembarcamos em Nice, uma das cidades mais populosas da França e que possui uma paisagem de tirar o fôlego graças a sua localização que fica na famosa Costa Azul ou Côte d’Azur, uma região litorânea encantadora!

Por lá nos hospedamos no hotel West End e comemoramos oito anos de casados em grande estilo! Nos demais dias transitamos na região e conhecemos arredores como Saint Tropez, Mônaco, Saint-Paul-de-Vence e Saint-Jean-Cap-Ferrat. 

Na parte seguinte da viagem seguimos para Éze, uma comuna francesa ainda na Costa Azul. Por lá tivemos a chance de comprovar mais uma vez, através da vista que mistura céu e mar, o por quê do nome da região, des-lum-bran-te!

Ao mesmo tempo que esse vilarejo medieval se encontra com a imensidão azul, ele também localiza-se em uma região montanhosa (conseguimos até ver a neblina no seu topo),  cheia de charme, obras e galerias de arte!

Depois de Éze, partimos rumo a Aix-en- Provence, uma região encantadora e cheia de lugarzinhos a serem descobertos com paisagens continuamente deslumbrantes e de tirar o fôlego!

Essa parte da viagem foi a mais longa e consequentemente onde conhecemos o maior número de vilarejos, cidadezinhas e vilas. Dentre elas passamos por Lex Baux-de-Provence, Avignon, Moustiers de Sainte Marie, Gorges du Verdon, Aiguines, Cadenet, região do Luberon incluindo Ansouis, Lourmarin, Gordes, Isle de Sorge e Fontaine de Vaucluse.

Chegando a parte final dessa jornada, descemos as montanhas e chegamos ao Vale do Luar ou Valle du Loire. Por lá foi nítido sentir a mudança das estações, chegamos na primavera e fomos embora no outono. Vivenciamos os termômetros cairem de 34ºC para 8ºC!

Essa região da França é conhecida por abrigar mais de 300 castelos e como essas visitas são um típico passeio turístico europeu, selecionamos cinco dessas inúmeras opções para conhecer!

Dentre eles visitamos o Chateau de Marçay, Castelo de Chenanceau, Clos Lucé, Castelo de Amboise, Castelo de Ussé e o Castelo de Chambord.

 

Depois do Vale do Luar seguimos para Chartres onde finalizamos nossa linda aventura pela França com direito a reunião de família e muuuito frio! Essa jornada por lugares menos óbvios foi uma oportunidade incrível para aprender mais sobre a cultura francesa e principalmente transitar pelos lugares tendo muitas vezes a visão de pessoas nativas! 

 

 

03
out

Paris Fashion Week, verão 2019 – O que teve?

A Paris Fashion Week simboliza o grand finale das semanas de moda na gringa. Pela cidade luz passam marcas como Gucci, Valentino, Dior e Saint Laurent, o que nos faz afirmar que é o momento mais aguardado do calendário fashion anual.

Por lá também circulam e se difundem as mais badaladas tendências que rapidamente chegam ao Brasil. Então no post de hoje, finalizamos a cobertura das semanas de moda e apontamos os maiores destaques em termos de comportamento!

Para começar, alguns desfiles surgiram trazendo contraponto entre itens semelhantes: enquanto a Gucci apostou na mistura de bolsas e mochilas, tudo ao mesmo tempo, Jacquemus ressaltou o acessório alternando entre minibags e megabags.

E já que estamos falando de verão, uma estação que sugere um clima mais leve e com mais frescor, as peças fluidas aparecem de forma intensa no desfile da Valentino, com um charme a mais que são as plumas, tanto nos sapatos, quanto nas terminações de algumas peças!

E se tem algo que é a cara do verão são as estampas! Com cores, detalhes e vida, elas iluminam o look da estação e garantem uma bossa a estação!

Nessa temporada vimos padronagens como animal print e floral, clássicos de sempre, mas o hit da vez são as estampas tipo lenço, aquelas que vêm em tecidos mais finos como crepe e seda e garantem um toque de elegância à produção! A estilista Marine Serre usou e abusou desses desenhos em sua nova coleção.

 

Um dos desfiles mais aguardados de Paris foi o da marca Celine. Com a estreia do estilista Hedi Silmane, que já passou pela Dior Homme e pela Saint Laurent, grandes expectativas foram depositadas nessa novo momento do designer.

Mas de novo, a apresentação não teve muita coisa. Com sua estética extremamente marcante e que faz referência ao estilo hipster do inicio dos anos 2000, Hedi apresentou looks muito semelhantes aos de sua passagem na marca do imortal Yves Saint Laurent e ignorou o estilo sofisticado e moderno criado por Phoebe Philo nos últimos dez anos de Celine, o que chocou a crítica e grande parte do público.