Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Belo Horizonte

01
jan

Diário de Anita!

Bom gente, não escondo que viajar é algo que move meus pensamentos. Se não estou viajando, estou planejando ou sonhando em fazê-lo. E nos últimos dias tem sido assim. Uma vontade insana de colocar em prática algumas ideias antigas e isso me anima muito. Não sei vocês, mas acho que sonhar, preparar e esperar por uma viagem é tão bom quanto a própria viagem em si. O que acha? ViajarBom, a semana passada começou com uma matéria bem legal que saiu no site da Natália Dornellas, veículo que amoooooo, sobre o que irrita as blogueiras. E eu tive a honra de ser convidada, juntamente com Helena Bordon e Anna Barroso, para responder sobre o tema. Foi muuuuito legal! Para quem quer saber o que me irrita como blogueira nesses quase quatro anos de blog, entra aqui e depois me conte o que achou. NDNo início da semana também fiz um trabalho bem legal com a Helena Branquinho, uma blogueira portuguesa que está morando em BH e que a blogosfera me deu o prazer de conhecer! Foi super divertida noss sessão de fotos, sob as lentes da fotógrafa Ana Hipólito. Esta semana vocês vão ver por aqui! Aqui um registro ao final da sessão.HB E aproveitando o ensejo, já que sou tão apaixonada pela minha BH (nunca escondi!) e, especialmente, pela Praça da Liberdade, aqui um clique do lindo por do sol nesse lugar que tanto amo!SunsetAinda no início da semana eu entreguei alguns dossiês para novas clientes de consultoria de estilo. No dossiê traçamos estratégias e metas de como a pessoa quer ser vista, qual imagem ela quer passar e tudo isto, a partir da entrevista pessoal, análise de tipo físico, paleta de cores, produção e personal stylist. As descobertas são uma verdadeira maravilha. Vou falar mais sobre isso aqui!Consultoria de Imagem Bom, eu recebi um convite para conhecer os serviços do Spa Premier e na quarta marquei de ir. Foi uma tarde maravilhosa e de muitos, mas muitos paparicos. O Spa é lindo, o pessoal é top e eu recomendo muuuito para quem está precisando de um tempinho para si. Vejam as fotos, que delícia! SpaOfurôBom, na quarta à noite aconteceu o Miss Minas Gerais 2014 e, claro, o ANITA foi conferir! MissO evento aconteceu no Teatro Bradesco, que fica no Minas Tênis Clube (I) e foi ciceroneado pela Renata Fan, Toni Garrido (que, com seu Cidade Negra, também tocou durante todo o evento) e Patrícia Maldonado. A propósito, a Patrícia Maldonado estava lindíiiiiiiiiiissima de vestido Vivaz. Super, super arrasou! Pat MaldonadoEu decidi variar elaborando um Shih Tzu Hair, que já mostrei pra vocês aqui, e adorei o resultado! Shih Tzu HairE aqui detalhes do vestido que usei para ir ao Miss, da Skazi. Ele é daqueles pretinhos nada básicos! Já já aparece por aqui!Skazi Bom, mais no final da semana eu fui conhecer uma marca que já vinha me chamando a atenção há algum tempo: a B.Bouclé! Fui ao showroom e fiquei realmente muito encantada com o que vi. A coleção está belíssima, com muita renda, cores e estampas em formato de coração. Virei fã! B.BoucléBom, no sábado cedo foi dia de dar uma revigorada na nos ânimos e daí, mais um registro de um lugar que amo (desculpem a repetição. Mas acho que o que é bonito é para ser mostrado, né). PraçaBom, como sábado foi um dia muito produtivo, a produção começou logo cedo. E aí um registro do look do dia! O sábado amanheceu muuuuito quente e não vi melhor do que a saia esvoaçante e a camisetinha leve. DujourUm dos compromissos que tive no dia foi visitar a Essenciale e conhecer a coleção primavera-verão 2015. Amei! Elegi algumas peças preferidas e esse pretinho rendado que estou na foto com a estilista da marca, a Valéria, foi um deles. EssencialeBom, domingo foi dia de festa! Dia do aniversário de 84 da minha madrinha querida. esta minha minha madrinha é uma freirinha “porreta”, que passou sua vida se dedicando a Deus, aos humildes e à família. Ela é tão danada que precisou levar pito dos irmãos (todos mais novos) para parar de andar na garupa dos taxis-lotação em suas missões Brasil afora. Não é demais? Uma santinha! MadrinhaBom, fora isso, o domingo foi tranquilinho e de descanso. Isso quer dizer o quê? Pipoooooooooca! Me acabei nas minhas pipós, o que é uma perdição pra mim! Depois vou fazer um post sobre elas, pois ainda tem muita gente que ainda não conhece. E para fechar a semana, uma frase que diz muuuuito! QuoteBeijos!!

01
jan

Presença de Anita/Look de Anita + De FÃnita para Anita

Especial 1: De FÃnita para AnitaEspecial 2: B.Bistrô

Começo esse Presença de Anita de uma forma muuuuuuuito especial desta vez. É que a Carla, minha amiga, madrinha, fadinha, guardiã, escritora, “cabeção” (etc, etc) me homenageou com esse poeminha sobre esta categoria aqui do blog que tanto gostamos (hehe.. gostamos, né gente??): o Presença de Anita!! Não é um presente muito, mas muito especial?? E assim sendo, não poderia deixar de compartilhar com vocês as lindas palavras da minha migota.


E esse Presença de Anita é ainda mais especial, pois além de ter a presença da poetiza Carla (não fica brava, amiga), tem a presença de outras amigas muuuuuuito quiridas. Quem acompanha o blog pelos comentários deve ter visto por lá que surgiu a ideia de fazermos um encontro em BH entre as amigas/bloguetes da Anita. A ideia saiu do papel e finalmente nos encontramos ontem no B.Bistrô.Então, para marcar presença eu usei: perfecto Marisa (que se dependesse de mim comporia TODAS as minhas produções), vestido/blusa Renner, colar Pry, wet legging Lupo, scarpin Zara e bolsa Langak.

Detalhe do colar

Aqui alguns registros da noite que foi uma dilícia sem fim!

Cynthia, Lica, Paula, Fê, Anita e Carla




E agora com a Fê Raid!

E, como não poderia deixar de ser mais uma vez, alguns regitros e pitacos sobre o local escolhido para o encontrinho: o B.Bistrô, em BH!






Não sei se já ouviram falar, mas os hamburgueres de produção própria são a nova onda na cena gastronômica de Belo Horizonte. O B.Bistrô, que funciona em Lourdes e aposta em sanduíches com apelo gourmet é a terceira hamburgueria do gênero aberta no ano passado na cidade. Tem capacidade para 190 pessoas em vários ambientes e cardápio assinado pela chef paulistana Ana Soares, consultora de casas do quilate de Suplicy Café e Astor, na capital paulista.
Não só o fato de os hamburgueres serem feitos no local, mas os ingredientes usados são de encher os olhos (ou a pança!):  queijos (gorgonzola, camembert, brie, emmenthal e feta, entre outros), cogumelo shiitake, alcaparra, presunto cru, palmito pupunha, o raro alho negro, tofu, isso sem falar da picanha, contrafilé, frango, cordeiro, carne de porco, linguiça e salmão. Só de pães são quatro variedades, compradas da The Bagel Factory, em São Paulo – tradicional ou com açúcar mascavo, com cobertura de gergelim ou fubá.
Os hambúrgueres são feitos diariamente e com carne fresca. Sempre com 160g, são pincelados com azeite de ervas antes de serem grelhados em charbroiler e finalizados com uma pitada de sal. Destaque para o paris (de picanha com pimenta verde, camembert, shiitake ao azeite de tomilho, tomate e folhas; R$ 29) e o kobe (feito com carne tipo kobe beef, camembert, alho negro, palmito pupunha e tomate; R$ 49). Batatas (quatro tipos) devem ser pedidas à parte, sendo que cada porção custa entre R$ 7 e R$ 12.Há linha de sanduíches inspirados em sabores mineiros, todos com hambúrguer de linguiça, formada pelo bouthèque (queijo de minas meia cura, ovo mexido, torresmo, alface e tomate; R$ 23), canastra (queijo canastra, bacon, banana da terra e agrião; R$ 22) e gerais (muçarela, provolone, tomate ao azeite e orégano, azeitonas pretas, alface e almeirão; R$ 23). No comando da cozinha estão os chefs consultores Adolfo Rick e Frederico Rodrigues.






Endereço: R. Antônio de Albuquerque, 1354 Lourdes – Reservas:(31) 2531-1142TER-SEXT A partir das 18:00 horas SAB-DOM A partir das 12:00 horas

01
jan

Presença de Anita/Look do dia

Especial: Sorriso Risoteria & Café

Diretamente de BSB para BH! Minha Mícola Fê me levou ontem para conhecer a Risoteria Sorriso, a única casa funcionando atualmente em BH especializada apenas em risotos, pelo menos que eu saiba.O modelito usado não tem nada de mirabolante já que o dia ontem começou cedo em Brasília e terminou tarde em BH: di-re-ti-nho! Apesar do saltito, o que precisava mesmo era de conforto, o que consegui usando esta cigarrete camelo da Zara, camisa xadrezinha da Farm, suéter verde Hering, casaco de couro (fake) Renner, scarpin no mesmo tom da calça, adquirido em uma outlet em Foz do Iguaçu e relógio Casio.



O detalhe do colar do Pry sobre/sob golas que já falei por aqui

E agora a Mícola numa versão alucinógena! kkkkkkkkkkkkkkk

BrincadeirinhaaaaaaaaaaaAGORA sim! A Mícola posando de modelete em frente à Risoteria Sorriso, em Lourdes (BH). Ela estava usando camisa branca com gola em laço, ankle boot e bolsa da Vivian Cavalcanti (não, ela não é garota-propaganda da Vívian, APESAR de parecer..rs), short Canal, comprado na Complemento Nominal e, também, relógio Casio.

Agora falando do restaurante. O ambiente, pelo menos do Sorriso Lourdes, que foi o que conheci, é bem despojado, nada formal nem sofisticado, com um atendimento simpático. A casa é decorada por fora com velas e por dentro com uma mistura de madeira de demolição, espelhos, vidros, mesas pequenas e aconchegantes, talheres inusitados e copos diferentes uns dos outros, grandes e coloridos. Os pratos são todos bastante novidadeiros e são assinados pelos chefs Leandro Pimenta, Beto Haddad e Humberto Passeado.


O cardápio não é extravagante, mas tem opções de dar água na boca (literalmente).

Como entrada pedimos bruschetas de tomate, parmesão e presunto parma. O prato veio decorado com pétalas de mini-rosa comestíveis, o que só aumentou a ansiedade pelo prato principal.

Como prato principal pedimos um risoto de espinafre com queijo brie e nozes. Delicious! O prato veio super bem apresentado e muito, muito saboroso. Se estivesse um cadiquim mais puxado para o al dente aí sim ficaria perfeito para mim. Mas já fiquei sabendo que os mineiros não andaram aprovando a ideia tradicional italiana de se servir risotos al dente, então os donos da casa adaptaram seu cardápio ao “gosto do freguês”.

Como disse, o menu é bem variado. Aqui exemplos dos risotos que encontramos no cardápio: bacalhau com mix de pimentões, rúcula a bolonhesa, espinafre com brie e nozes, capim limão com peixe branco, camarão ao pomodoro, parmesão com filé, costelinha defumada com ora-pro-nóbis, linguiça ao vinho tinto,  abóbora com carne seca entre outros. Os pratos são individuais, mas muuuito bem servidos!! Tanto é que eu e a Mícola decidimos dividir um só e foi a nossa conta.
Aqui embaixo outras imagens de pratos oferecidos pela casa (desde entradas, até sobremesa).









Podem conferir!Sorriso Risoteria & CaféServiço: Rua Curitiba, 2307, LourdesTel.: (31) 3653-2023


01
jan

Presença de Anita/Look do dia


Especial 1: Dia dos Namorados
Especial 2: Vecchio Sogno Ristorante

Como passei o Dia dos Namorados em Beagá, finalmente fui ao tão falado Vecchio Sogno. Para o dia usei vestido drapeado Espaço Fashion, scarpin Zara, colar C&A, carteira e anel H&M. Para o frio usei um tricot também Zara. A foto não ficou legal, até nem queria postar, mas Mamita bem criada disse que tinha que postar (“manda quem pode, obedece quem tem juízo”).


O detalhe das costas. Já que expor a barriguinha ainda gera controvérsias, começo pelas “beiradas”.

Bom, mas agora falando do Vecchio Sogno Ristorante, queria primeiro “apresentá-lo” para quem ainda não teve oportunidade de conhecê-lo.

O restaurante se situa em uma das regiões mais elegantes de Belo Horizonte, o tradicional bairro de Santo Agostinho, e tornou-se uma referência gastronômica na capital mineira. Frequentado por pessoas de todas as idades, desde políticos, empresários, jornalistas, artistas e famílias tradicionais da sociedade, a casa é reconhecida por importantes premiações nacionais e internacionais, além de ser uma unanimidade entre os amantes da culinária e apreciadores do bom vinho. Tendo como base a comida italiana criativa, que permite a combinação de uma grande variedade de sabores e ingredientes, o cardápio foi criado pessoalmente pelo chef Ivo Faria e oferece cerca de 50 opções de pratos, como tortelloni de linguiça trufada, camarões flambados na grappa, acompanhados pelo raviolli recheado de mussarella de búfala, ou surubim baby ao molho de limão capeta.   

Ivo Faria


O restaurante realmente é um espetáculo. Os garçons são muito atenciosos, as toalhas de mesas impecáveis, o piano, a cozinha é imeeeeensa e aberta à visitação. O legal de lá é que, por mais que seja um restaurante sofisticado, badalado e super bem frequentado, ele não é formal demais, e nada intimidador. È possível relaxar e curtir uma boa noite por ali. O preço realmente é mais salgadinho, mas os pratos foram estupendos, o que vale um sacrifício para “desgustá-los” . 

Couvert: cesta de pães finos, grissinis, pães de queijo e pasteis de vento. Tudo muito quentinho e crocante, acompanhado de azeite com ervas, pasta e uma caponata deliciosa.

Prime Rib Campagnuolo – bisteca de red angus grelhada com caponata, folhas crocantes salteadas e tomate à provençal. Segundo o marido estava perfeito. Tudo: a carne, o ponto e seus acompanhamentos. Segundo a Anna Claudia, do Restaurantes que eu fui, esse era o “prato do Barney” (espiem o osso ali ao lado.. hehe) 



Esse foi o meu prato. Não lembro o nome, mas, pra variar, foi um risoto..hihi. Enetão foi um risoto de tomate, tempurá de camarão, espaguetti de legumes e ervas finas. DI-VI-NO!

Gente, os pratos estavam maravilhooooosos. Nossos olhinhos até brilhavam. O valor compensa super. Não tem jeito, coisa boa é valorizada ($$$$) mesmo. As fotos não ficaram muito boas, pois no dia eu não estava tão cara-de-pau como de costume, então decidi tirar as fotos sem usar o flash. Agora a sobremesa, infelizmente, não foi dessa vez. Isso quase sempre acontece. Fico chateada, pois vou com tudo já pensando na sobremesa (até boto pra dentro meus comprimidinhos de lactase antes de sair de casa), mas quando termino o prato principal, já era o espaço no estômago. Tudo bem, fica pra próxima. Mas segundo sugestões da minha amiga Carla, não deixem de experimentar a tal Gota de Chocolate.Aqui embaixo mais fotinhas do interior do restaurante.




Agora, para ser justa, preciso também mencionar os pontos negativos. Pois então, o primeiro de todos foi a demora no início do atendimento. Primeiro estavam sem carta de vinhos disponível, depois demoraram horrores para servir o vinho. Mas tá, tudo bem, pode ter sido um fato isolado, até porque, muuuuuuitos casais resolveram comemorar no sábado e não no domingo (como nós). A segunda coisa é que odiei o tamanho do cardápio (gigante). Juro, não dava para abri-lo sobre a mesa, pois corria-se o risco de derrubar as taças e garrafas e tudo o mais que tivesse pela frente. Além disso, você não enxergava a pessoa da frente. Eu então, pícola de nascença, penei. Por fim, mas aí é mais uma questão de gosto, acho que o restaurante não é tão aconchegante quanto eu imaginava ou esperava. Achei um pouco barulhento, acho que cabim velas, sei lá.. aconchegante meeeesmo, pra mim, ele não é. Mas fora isso, o restaurante é espetacular! Garçons educadíssimos e gentis, imensa opção de pratos, mais de 240 rótulos de vinhos, pratos super bem apresentados e deliciosos, decoração muito bonita e cozinha funcionando como verdadeira atração. Nessas horas que penso: “Hmmm, é pra essas e outras que serve o dinheiro”..rsGustusura sem fim!

01
jan

Presença de Anita/Look do dia

Como sabem, estou em Belo Horizonte, minha terrinha querida, amada e idolatrada salve salve. Tá, sei que não preciso repetir aqui o discurso de amor eterno e incondicional a BH, então vamos ao post, hehe. Este look usei para sair na última sexta-feira. Aproveitamos para conhecer o Kei Cozinha Japonesa, um restaurante inaugurado na capital há mais ou menos três anos. Já tinha ouvido bastante, mas nunca coincidia de ir. Até que, finalmente, deu! O restaurante tem um clima super gostoso. Mescla apresentações de DJs com o clima de lounge, atraindo um público exigente e bonito. Fica num ponto privilegiado na cidade, no bairro de Lourdes, e se divide em quatro ambientes: varanda, salão principal, área da robata (grelhados) e um segundo piso, mais aconchegante e reservado. A decoração também é super bonita, valendo muito a visita.Bom, para tanto, resolvi usar uma cacharrel preta para proteger do frio que, se não vem do clima, vem do ar condicionado (e foi certeiro! BH tava quente, mas o ar condicionado do restaurante, no talo!). Estreei esse shortinho meeeega confortável num tom de gelo. O triste é o amarrotado, né Mamita?? Mas gente, linho é assim mesmo, não tem jeito. Mal vestimos e, oops, mussungou inteiro. O ponto alto, considero eu, é a sandália vermelha que estou morreeeendo de amores desde que comprei. Altereséeeeesima, mas mais confortável que muita sapatilha por aí. Mas acaba que a plataforma ameniza muito um salto nas alturas, não acham?
 

  
Sofri ao postar esta foto aí de baixo. Mas é que queria mostrar a sandália em detalhes, porém, tô com mega birra da minha unha do dedão direito. Vou contar: há mais ou menos um mês estava com o maridão fazendo comprinhas até que eu me adiantei no passo e, coincidente, ele deu o seu passo e, nisso arrancou praticamente 1/4 da minha unha. Tô lutando pra crescer e igualar, mas ainda não tá 100%. Explicação dada = desconto dado, correto? Ah, e as veias + veias + veias não têm desculpa. Isso sou eu!
Cacharrel: não tem etiqueta e tem duzentos anos que tenhoShort/bermuda cinza/gelo: ZaraSandália vermelha: RennerColar: PryBatom: Rubi Woo, MAC