fbpx

Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Brasília

01
jan

Gustusura

Como prometido nesse post, aqui vai um exclusivo sobre o Taypá Sabores del Peru, o restaurante que fui no findi passado aqui em Brasília e que recomendo SUPER.  

Parte interna 1

O Taypá é o primeiro restaurante genuinamente autêntico de comida peruana de Brasília, e que em fevereiro de 2011 foi escolhido pelo governo do Peru como o melhor restaurante peruano no Brasil. Localizado na comercial da QI 17 do Lago Sul o restaurante reúne grandes nomes da gastronomia local e internacional, como Ivone Espiñeira, Antônio Carvalho, Madalena e Albano Ribeiro, do tradicional BierFass, do Pontão do Lago Sul, além do chef peruano Marco Espinoza. Este último deixou o comando do renomado restaurante Bardot, em Buenos Aires, para assinar o cardápio e a consultoria do espaço gastronômico Taypá.

Parte interna 2

O ambiente é muito agradável e acolhedor. Como adoro iluminação baixa, lá estava “no ponto” pra mim, pois o clima fica super aconchegante e intimista. O projeto local, de 235 metros quadrados, leva assinatura do escritório da arquiteta Rachel Fechina. São 110 lugares – divididos entre parte interna e externa – que ganharam inspiração peruana com toques de sofisticação e contemporaneidade. Elementos como granito e mármore com rústicos se misturam a objetos decorativos tipicamente artesanais oriundos do Peru.

Parte interna 3

Já ouvi alguns problemas sobre o atendimento do restaurante, especialmente em dias cheios, mas, particularmente não tenho nada do que reclamar. Garçons atenciosos, Maitre idem e os pratos chegaram bem rapidinho. E olha que era sábado e o restaurante a lotação era máxima. Mas vamos ver, né, preciso voltar algumas vezes para confirmar esta impressão.

Parte interna 4

O cardápio foi dividido em três – carta de vinho, drinques à base de pisco (destilado de uva) e um terceiro com os pratos. O menu de comidinhas apresenta uma grande variedade de receitas daquele peruanas: piqueos (petiscos), ceviches, tiraditos, causas (batata amassada com ají amarillo, limão, sal e azeite) e uma seleção de pratos com frutos do mar, lombo suíno, frango e cortes bovinos.

Cardápio

Como quem está na chuva é para se molhar, “estando no Peru”, não tinha como não tomar os famosos Piscos, bebidas típicas do país. Gente, quequeissoooo, o negócio é forte demais. Tá certo que junta este fato com a minha fraqueza e aí já viram, né.. Mas parece que estou tomando pinga mesmo. Apesar de bem gostosinho, mal aguentei um inteiro. Mas o pessoal mandou ver..hehe

Pisco

Aqui embaixo vocês conferem alguns dos pratos pedidos pela turma. Só pela apresentação, me digam, se já não vale a visita? Pois é, mas muito mais que a apresentação, o sabor, a consistência e a qualidade dos ingredientes EXIGE uma visita.

Ceviche Misto

Peixe fresco, polvo, lula, camarão com leche de tigre e aji amarillo.

Rissoto al Pesto Andino

Com camarões em molho anticuchera.

Tacu Tacu Taypá

Esse era o mais mistureba de todos.. hehe! Mas eu provei e o pior é que era gostoso. Filet Mignon salteado com mariscos, cebola, tomate com molho de soja, vinagre cobrindo o Tacu Tacu (feijão, arroz e temperos).

Pescado al azafrán

Este foi o prato que comi. Peixe grelhado em molho de rocoto, camarões e açafrão servido com croquetes de mandiocas recheadas de queijo gruyere. Hmmmmmmmmm..

Camarones Gratinados

Flambados com molho de pimentas, manjericão, gratinado, acompanhado de arroz branco.
Deu ou não deu água na boca? Alguém aí já foi? Se sim, o que tem a dizer?

01
jan

Presença de Anita/Look o dia

Já faz bem um tempinho que recebo sugestões para postar looks com a moda color blocking aqui no Anita, mas nunca deu. Vou confessar. Já tentei, várias e várias vezes, montar produções com os tais blocos de cores, mas nunca, nunquinha mesmo, gostei deles em mim. Não desgosto nos outros, aliás, já vi montações lindíssimas, mas fato é que eu já me cansei dessa moda talvez antes mesmo dela estourar. Acho que é questão de gosto, de identificação, ou algo assim. Mas como nunca fugi de um desafio – e agora não seria diferente – decidi, no derradeiro desta fase, criar o meu color blocking. Eu disse meu, porque, como verão, tentei fugir um pouco do padrão na mistura de cores, acrescentando uma pitada de flores. Na verdade, juntei o vermelho ao laranja, que, assim como vermelho e o rosa, é uma combinação nada óbvia e muito interessante, e acrescentei o azul, aí sim, para quebrar o bloco. E assim, para sair do padrão, sem sair (deu pra entender?..kkk), decidi que uma das peças teria a estampa floral. E foi assim que tudo aconteceu.. Então, para irem se acostumando aos pouquinhos (ok, isto serve para mim mesma), começo assim..


Sandalita!

Blazer azul: ZaraCamiseta laranja: La ForetSaia vermelha/floral: RiachueloSandália: Ponta dos PésColar: Pry Bolsa caramelo: Stradivarius Batom: Vegas Volt + Please Me, MAC
Ah, e o look foi usado para um almocinho delícia de domingo na Trattoria da Rosário, um restaurante italiano super tradicional, elegante e de visita obrigatória aqui em Brasília. Não sei se sabiam (eu não sabia), mas na tradição italiana, as trattorias são casas pequenas e familiares, que oferecem pratos regionais, com ingredientes frescos e de qualidade. É nesse conceito que Rosario Tessier, o Chef, baseia o tratamento dos clientes que escolhem sua casa para passar momentos de prazer, na companhia de boa comida e bons vinhos.
A tradição italiana está até mesmo na logomarca da casa, ilustrada pelo Castel Dell‘Ovo, construído numa pequena ilha no golfo de Nápoles. Diz a lenda que o castelo foi erguido sobre um ovo mágico, escondido na terra pelo poeta Virgílio. Caso o ovo se rompesse, a construção se desmoronaria e destruiria a cidade de Nápoles. O menu propõe desde pratos com frutos do mar, comuns na costa, até carnes de caça típicas do interior da Itália. Aqui embaixo umas fotinhas dos nossos pedidos só para vocês ficarem com água na boca. A entradinha, que simplesmente AMO (carboidrática no último), o vinho e os nossos pedidos. O meu foi o risoto de camarão, abóbora, grana padano, presunto parma e pesto. Talvez seja arriscado dizer, mas tenho a impressão de que foi o MELHOR risoto que já comi em toda a minha vida. Além do sabor, que era espetacular, o ponto (al dente) dele eu nunca vi igual. Tenho muita birra de restaurantes que, para atenderem ao “gosto do freguês”, resolvem cozinhar um pouquinho para mais o risoto antes de servir. Mas não! Este estava estupendo. O outro prato era um entrecôte ao molho au poivre com risoto de beringela e presunto parma. Maravilhoso também! Depois de tudo isso, claro, não havia mais espaço para sobremesa.

Uma ótEma semaninha pra todo mundo!

01
jan

A academia mais bonita do mundo!

Algumas pessoas me perguntam aqui qual é minha rotina de cuidados com o corpo. Já adianto: morrrrrrrrro de preguiça de academia (de salão, disso e daquilo, néam?!). E é muita, muita preguiça! O que gosto mesmo é de dança, especialmente ballet, que é uma atividade física completa, pesada e que trabalha realmente todos os músculos. Mas depois de muita relutar, concluí que tem coisas que só mesmo a musculação faz por você. O ballet aumenta a flexibilidade, a feminilidade, o condicionamento, o tônus muscular, maaaaaaaans, para ganhar massa mesmo, só puxando ferro. Pelo menos foi o que funcionou pra mim. Nos últimos tempos achei que andava perdendo muita massa magra e aí vi que só a musculação poderia resolver meu problema. Foi então que procurei uma academia que unisse o útil ao agradável: ballet + malhação – num só lugar!

Sabendo da Unique perto de casa, fui conhecer as instalações para decidir se me matricularia ou não, e aí, não tive mais dúvidas. Gente, que lugar lindooooooo e agradável! Completamente diferente de tudo que já tinha visto em termos de academia por aí. E foi então que descobri que a Unique tinha sido eleita uma das três academias mais belas e inovadoras do mundo!!

A
Unique Family Fitness Club está entre as três academias com o mais atrativo e arrojado design contemporâneo do mundo, de acordo com a Club Business International (CBI). A revista americana é uma das publicações internacionais mais respeitadas na indústria fitness. As outras duas academias escolhidas pela CBI foram a Monarch Club, em Dubai, e a Newclub, na China.

A Unique foi reconhecida pelo projeto arquitetônico baseado na simetria orgânica e na estrutura física. Construída com madeiras e vidros, a modernidade do design visa o equilíbrio e a integração com a natureza. Plantas exóticas e exuberantes também compõem o ambiente. O projeto foi concebido para integrar toda a família, desde o bebê até o idoso. Os espaços são diferenciados de acordo com a faixa etária, mas há áreas de integração e convivência. O projeto foi feito em parceria com os arquitetos Patrícia Totaro, de São Paulo, e Sérgio Fitipaldi, de Brasília.



Para adultos, há atividades como judô, natação, alongamento, ballet, abdominal, dança de salão,  local,  pilates, stilleto, yoga,  running, spinning,  kinesis, boxe,  jiu-jitsu, basquete, voleibol, acqua running, acqua training, clube, hidro power, super cardio e treinamento. Existe, inclusive, uma entrada exclusiva para evitar o acesso de crianças às salas de musculação. A área infantil conta com brinquedoteca, casa na árvore, sala de estudo e de atividades como ballet e lutas, além de piscina infantil e semiolímpica. O empreendimento ainda possui restaurante, loja de roupas, área de descanso com duchas, banheiras de ofurô e um solarium de 1.200 metros quadros, tudo para dar conforto e a sensação de bem-estar, realmente como um clube.






A academia conta ainda com alguns programas especiais e bastante procurados, dentre eles o Mamãe e Bebê, o Baby Plus e o Teens.
Mamãe e BebêO Programa Dani Rico de atividade física cuida de forma especial da gestante, preparando-a para a maternidade. São realizadas aulas com modalidades específicas de alongamento, hidroginástica, musculação e natação. Uma das estratégias do programa é o equipamento Postural Flex, que auxilia no alinhamento do corpo e na melhora da flexibilidade. Para as alunas pós-parto é realizado um programa especial de retomada da condição física da mamãe, juntamente com atividades associadas aos bebês. Isto é muito legal. E muito fofo de ver!

Baby PlusA reação da criança durante a descoberta é um momento único. O programa Baby Plus possibilita o contato do seu filho com materiais diversos e interagindo com os sentidos. Assim, ele desenvolve autoconhecimento, noções espaciais, olhar sensível e crítico para o universo visual. O Baby Plus oferece atividades complementares para o suporte do desenvolvimento físico, intelectual e social do bebê, como:- Musicalização;- Estimulação artística;- Mobilidade e psicomotricidade e;- Desenvolvimento da inteligência.

Teens
Atividades criadas e orientadas para adolescentes de 12 a 14 anos.


Acho que precisaria de anos para conseguir explorar tudo de bom que a academia tem. Mas dentro das minhas possibilidades eu já fiz aula de Ballet, Pilates, Yoga, Alongamento, Ballet na piscina, Musculação, Ergonometria, Kinesis e Stilleto. Meus dias de ir à academia são assim meio malucos. Mas posso dizer que, na minha rotina normal, vou uma média de quatro dias na semana. E como ela abre todos os dias, de 5 da manhã à meia-noite, bem como sábados, domingos e feriados, a flexibilidade de horários é enorme, não restando desculpas para não comparecer!!! Isto sem falar no clima que é mooooito legal, um outro diferencial da academia. Aliás, mais um diferencial da academia é que eles se organizaram de tal forma que o aluno não precisa pagar por um personal para ter um tratamento e um acompanhamento diferenciados. Há instrutores por TODOS os lados, todos eles com a maior disponibilidade do mundo para auxílios, orientações, marcações de treino, etc. Muuuuuuuito legal!
O defeito? Não ter ballet de manhã. Assim como eu atualmente, conheço várias pessoas que só podem fazer o ballet de manhã, já que quando vão para o trabalho não têm hora para sair. O ideal seria, pelo menos, aula de ballet na 3a e  na 5a, por volta das 7 da manhã. Seria mesmo PERFEITO!Agora, me falem? É ou não é leeeeeeeeeeeenda a minha academia?
E vocês? Contem-me. Qual o ritualzinho de vocês para manter o corpitcho em riba? E aquele segredinho, hãm? Contaí pra gente! Vocês gostam de academia? Odeiam? Passam longe ou são viciadas?
Quero sabe-er!

01
jan

Presença de Anita/Look do dia

Oio! Hoje finalmente fui conhecer o Unanimitá, em Brasília, restaurante italiano que, por pura desorganização minha, ainda não tinha ido conhecer. Aproveitei que a chuvarada deu uma trégua – e também o meu estomagozinho, já que tenho perrengado com ele nos últimos dias, e lá fui eu almoçar. Amei, amei e amei! O atendimento, com garçons e maitres ultra gentis, ambiente agradável (sentei lá fora, no jardim, aproveitando ainda mais o clima gostoso), vinho bem escolhido e prato maravilhoso. Comemos um filé au poivre com arroz cremoso de parmesão que estava DI-VI-NO!!! Já no modelito, fui com algo leve e descompromissado. Esta espécie de batinha de borboleta eu comprei para usá-la como saída de praia. Fui para a praia, passei raiva chuva, e ela voltou intacta. Foi então que pensei: “humm, se não for de um jeito, vai de outro”. E de saidinha de praia ela virou esta descolada batinha,. E desta categoria ela não sai mais. No mais, uma cigarrete preta, já que não estava a fim de brisa nas pernocas, sandália e carteira. Só e somente só!


 Blusa/Bata e cigarrete preta: ZaraSapato: Ponta dos PésCarteira: PryColar: Isadora (Bs.As)Relógio: FendiÓculos: Ray Ban
Batom: Up the Amp, MAC

01
jan

Presença de Anita/Look do dia



Visitinhas das irmãs!! Vocês devem ter percebido que sumi um cadiquim do blog esses dias, né. Mas olha, foi por uma causa justíssima! Esse findi recebemos a ilustríssima presença de nossas irmãzinhas em nossa casa. Foi óooooooootemo! Nos divertimos muito, passeamos e prusiamos. Então, para não perder o registro, aqui umas fotinhas de nossa saidinha de sexta-feira.

Corcunda de Notredame?? Nãaaaao, Anita bem criada!
Papaula e Cris = quiriiiiiiiiiiiiidas



Fomos ao restaurante Oliver, aqui em Brasília, que fica no Clube de Golf. Eu AMO esse restaurante e não é de hoje. Mas, como estava acontecendo o Restaurant Week, o pessoal resolveu pedir o prato do festival e, infelizmente, estava horrível!! Eu dei sorte porque pedi outra coisa. Mas como o blog não apenas fala do que é bom, mas alerta sobre o que não é/foi bom, fica dito. Apesar de a comida ser maaaaaaravilhosa, o Oliver deixou a deseja no prato do festival.

Oliver