Fresca? Não! Bem criada.

Tag: estilo

18
jan

Conheça os tipos de acabamento dos batons da MAC!

Quem me acompanha por aqui e pelo Instagram sabe que não vivo sem um batom. Mesmo que em tons bem clarinhos, eu sempre gosto de ter um na bolsa em casos emergenciais.

E quando eu falo de batom não nego de forma alguma a minha preferência pelas opções da MAC. Além da cobertura impecável e da gama de cores, os batons da marca possuem uma variedade em acabamentos que deixam a maquiagem ainda mais perfeita!

Hoje conto para vocês sobre essas diversas formas de finalização e o efeito que cada uma possui na boca. Sabe aquela palavrinha que vem escrita em baixo do nome do batom? Então, é nela que você vai passar a prestar atenção a partir de agora!

1) Matte

Provavelmente o matte é o acabamento mais conhecido e também um dos mais queridinhos entre as aficionadas por maquiagem! Com efeito opaco e sem brilho algum, essa finalização é completamente fiel a cor na embalagem. Há quem não goste da sensação seca dessa opção, mas é essa “secura” que garante a maior duração nos lábios e a pigmentação perfeita.

 

2) Retro Matte

Essa opção é ainda mais seca e mais opaca. Porém de todas as coberturas é a que tem maior durabilidade e mais proximidade com o pigmento da embalagem. Por ser a opção que possui melhor fixação nos lábios, as vezes é um pouco difícil de aplicar e retocar, mas hidratar a boca anteriormente pode facilitar.

 

3) Satin

Para quem não curte coberturas tão secas e quer fixação, o Satin é a opção ideal! Mais cremoso que o Matte e com uma durabilidade boa, ele possui um leve toque acetinado, sem dar muito brilho na boca. Além disso é de fácil remoção e retoque e sua cor é bem fiel a embalagem.

 

4) Amplified Cream

Essa cobertura é bem semelhante ao Satin, porém possui uma maior cremosidade, ideal para quem possui rachaduras nos lábios ou procura um batom com boa hidratação.

 

5) Cremesheen

O cremesheen possui maior cremosidade do que os acabamentos anteriores, por isso sua cobertura fica entre 60 e 80%. Ou seja, essa é a opção que fica entre um efeito seco e um efeito gloss.

Por sua cobertura não ser 100% é preciso estar atenta pois a cor da embalagem nem sempre corresponde a tonalidade nos lábios. Quanto mais claro for o batom, mais chances de existir essa proximidade entre produto e rótulo.

 

6) Frost

O batom com acabamento frost é o tradicional cintilante. Muita gente torce o nariz para esse efeito, mas com um arzinho de anos 2000 voltando para as passarelas, essa modalidade ainda vai dar o que falar!
Sua pigmentação é bem fiel a embalagem e algumas cores podem chegar a ter o efeito perolado ou metalizado.

 

7) Lustre

Se você procura lábios com aparência natural e cor suave, o Lustre é o seu tipo de acabamento! Por ser semi-translúcido e com brilho molhado, essa opção é quase um gloss porém com menos viscosidade.
Na hora da compra é necessário atenção pois a cor apresentada na bala (embalagem) não condiz com a cor na boca, que é bem mais fraca!

 

8) Glaze

De todas as opções o glaze é a menos pigmentada e a que mais se aproxima de um brilho labial. Sua diferença é apresentar um efeito um pouco menos molhado. A cor da embalagem em nada se assemelha com o tom na boca, já que essa modalidade possui apenas reflexos de cores.

 

Meu amor pela MAC se reforça depois de apresentar essas dicas a vocês, pois a gama de cores e efeitos abrem completamente o leque de misturas e composições que podemos fazer na maquaigem.

E pra você, qual seu acabamento preferido dos batons da MAC?!

19
dez

Guia completo sobre cintos

Que os acessórios dão um up nos looks do dia a dia, todo mundo sabe! Com alguns itens como brincos, colares ou lenços é possível dar uma cara nova ao visual inicialmente básico.

Dentre esses acessórios, os cintos são responsáveis por trazer um estilo a mais à produção e também marcar a cintura quando desejamos uma silhueta mais feminina.

E para conhecermos mais sobre esse item tão funcional e tão estiloso, hoje vamos falar sobre os modelos mais clássicos e dar dicas de como usá-los. Vem com a gente?

Cinto fino:
Esse modelo de cinto é uma ótima opção para se usar na cintura, marcando a silhueta sem criar volume. Muito utilizado com vestidos e saias, ele costuma favorecer mulheres que possuem corpos nos formatos de ampulheta e triângulo.

 

Cinto largo:
O cinto mais largo cria um visual bem moderno ao look, porém é preciso estar atenta ao seu uso. De maneira geral ele tende a aumentar a região do busto e criar volume excessivo, podendo não favorecer mulheres mais cheinhas.  O ideal é usá-lo com calças e shorts mais baixos.

 

Cinto tresse:
O cinto tresse é uma excelente opção nos dias em que usamos roupas mais lisas. Por ser literalmente trançado, ele acrescenta uma textura ao look e pode também funcionar como ponto de cor.

 

Cinto com fivela:
O cinto com fivela maior é o modelo mais clássico e propõe uma sofisticação ao look básico como jeans e camiseta. Nas últimas temporadas temos visto com frequência o cinto de fivela dupla, sucesso em lojas e street style. O ideal é que esse modelo seja utilizado na região do quadril e não na cintura.

 

Cinto de metal:
Conhecido como metal belt, esse modelo é relativamente recente, mas logo ganhou o gosto das fashionistas. Ele é escolha certa para dar mais elegância e sofisticação aos looks e ainda definir a silhueta.

 

Cinto alongado:
Esse modelo, inicialmente lançado pela marca Off White, vêm fazendo a cabeça das fashionistas nessa última temporada. Com a ponta em alongada e cores fortes, o cinto trás um toque bem moderno ao look e cheio de ousadia.

 

 

 

11
dez

Misturas de estampas que funcionam!

Para muita gente, fazer um mix de estampas na hora de montar um look pode ser uma manobra bastante ousada. Durante muito tempo esse truque de estilo foi considerado totalmente fora de moda, mas hoje ele ganhou um ar descolado e passa uma informação super fashionista nas produções.

Hoje eu trago dicas de misturas de padronagens que funcionam e diversas formas de ousar sem fazer feio. A minha ideia por aqui, é sempre que possível, trazer conteúdos que desmistifiquem regrinhas de estilo, para que vocês consigam usar ao máximo das ferramentas que a moda nos proporciona! Vamos lá?!

Listra e floral:

 

Listras e xadrez:

 

Poá e listras:

 

Onça e listras:

 

Xadrez e floral:

 

Poá e xadrez:

28
nov

Inspirações para usar o Vans Skool!

Existem alguns itens de moda que viram clássicos daqueles que precisamos ter no guarda roupa. Quando esse clássico alia-se ao conforto, o investimento torna-se ainda mais proveitoso e as possibilidades de produção multiplicam o closet!

O tênis Vans Skool possui exatamente esse efeito! Criado para atender o público do skate, logo esse modelo saiu da sua tribo de origem e se popularizou entre jovens de todo o mundo! Atualmente é um dos calçados mais vendidos do mundo e deixa qualquer look mais descontraído e prático!

Hoje trago algumas inspirações de como compor esse clássico junto ao que temos no armário!

Com calça jeans:

Com saias e vestidos midi:

Com alfaiataria:

Com short jeans:

21
nov

Testado e aprovado! – Protetor Anthelios Airlicium FPS 70

Como contei no vídeo “Voltando à rotina” , a minha make do dia a dia acaba sendo bem simples. Um dos motivos é pelo fato de eu trabalhar em um ambiente mais formal e que não permite muitas estripolias de estilo.

Outro motivo é que prefiro deixar a pele respirar um pouco durante o dia, pois em vários eventos e momentos da minha semana, o contexto me pede uma maquiagem mais elaborada. Sendo assim, acabo optando por produtos mais leves, que possuem componentes anti oleosidade e com boa duração.

Dentre esses produtos sou completamente apaixonada pelo protetor solar Anthelios Airlicium FPS 70 da La Roche-Posay! Além de proteger do sol, ele já vem com cor e substitui a base nesses dias de produção mais clean!

O protetor contém tecnologia Airlicium, que apresenta micropartículas encapsuladas em 99% de ar, que controlam o brilho toda vez que a pele produz oleosidade. Além disso ele promete a sensação de pele limpa por até 9 horas através de sua ação anti umidade e também deixa o tom da pele uniforme!

O fator de proteção solar é 70 e o PPD (proteção UVA) é super indicado por dermatologistas. Outro ponto que vale ressaltar é que o protetor possui uma quantidade ideal de óxido de zinco para proteger a pele da luz visível e infravermelho. Ou seja, mais que ideal e recomendado para quem tem melasma!

Por fim, a textura e a cor são perfeitas e se aderem super a pele, sem deixar aquela sensação melada e uma tonalidade estranha no rosto!

A minha cor é para pele clara e como já falei, faço uso diário do protetor! Por ser anti oleosidade ele possui uma textura mais sequinha, excelente para ir a academia, trabalha e ir para a piscina! Quanto ao preço, ele varia na faixa dos R$60 e é facilmente encontrado em farmácias e dragarias.

Protetor Anthelios Airlicium FPS 70 da LaRoche-Posay: testado e aprovado!