Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Gastronomia

03
maio

Conheça as leis e os costumes locais antes de viajar!

O número de turistas que viajam para destinos distantes e exóticos é cada vez maior. Preocupado com recentes casos de cidadãos que acabaram presos, multados ou deportados, o Governo do Reino Unido advertiu os cidadãos britânicos sobre a importância de conhecer leis e costumes locais dos países antes de viajar.

No ano passado, o Foreign and Commonwealth Office (FCO), equivalente ao nosso Ministério das Relações Exteriores, cuidou de mais de 23 mil casos de britânicos que tiveram problemas com as leis locais. Dentre os casos recentes, estão o de um britânico que quase pegou três meses de prisão em Dubai por tocar o quadril de um homem e o de uma britânica deportada do Sri Lanka por ter uma tatuagem do Buda em seu braço.

Também chamou atenção o caso de dois turistas dos EUA que foram presos por mais de uma semana e, em seguida, deportados, após posarem nus para uma foto na frente de um templo budista na Tailândia.

Por isso, para evitar problemas durante sua viagem é muito importante conhecer leis e costumes locais. Muitas vezes o que consideramos normal e conforme a lei pode ter um tratamento diferente em outro país. Você pode querer usar determinada roupa ou levar certo medicamento que são proibidos, por exemplo. Destacamos alguns casos curiosos que merecem nossa atenção!

Caribe

Pensando em ir para o Caribe? Então nem pense em colocar na mala aquela peça linda camuflada, pois é estritamente proibido usar roupas com estampas militares em vários países caribenhos, como, por exemplo, Barbados, Jamaica, Grenada, Dominica, St. Lucia e St. Vincent. 

Emirados Árabes Unidos

Fazer juramentos e gestos grosseiros, inclusive manifestações on-line, são considerados atos obscenos e podem ensejar penas de prisão e deportação.

Também pode ser preso e multado quem demonstrar simpatia pelo Qatar nas mídias sociais ou por qualquer outro meio de comunicação. As relações diplomáticas entre Emirados Árabes e Qatar estão suspensas.

Exibições públicas de carinho são desaprovadas e várias prisões por beijar em público já ocorreram.

O cuidado com as roupas igualmente deve estar presente. O cross-dressing, termo que se refere ao ato de alguém se vestir com roupa ou usar objetos associados ao sexo oposto, também é prática considerada ilegal.

Sabemos que em muitos países as penas por tráfico e posse de drogas são severas, inclusive podem prever pena de morte. O mais curioso na legislação dos Emirados Árabes Unidos é que a mera presença de drogas na corrente sanguínea é considerada como posse e dá cadeia. Além disso, passageiros em trânsito que estejam sob a influência do álcool também podem ser presos.

Grécia

Se você vai para Grécia, saiba que é proibido usar salto alto em locais históricos. A medida tem por objetivo a preservação dos sítios arqueológicos.

Além disso, a polícia grega não aceitará comportamento agressivo ou indecente, sobretudo quando o consumo excessivo de álcool está envolvido. Comportamentos indecentes, como o mooning (bundalelê), podem ser punidos com multa ou prisão.

Japão

Os medicamentos são classificados em cinco categorias: geral, narcótico, psicotrópico, estimulante ou dispositivo médico. Dependendo da classificação, nome e quantidade, você pode ser obrigado a solicitar uma permissão/certificação. Se você levar um estimulante ou não tiver a documentação correta, pode ser preso e ter a medicação confiscada. Medicamentos contendo codeína, a exemplo dos famosos inaladores Vicks, são proibidos. A posse pode resultar em prisão ou deportação.

Sri Lanka

País de maioria budista, o Sri Lanka é sensível a todo comportamento que considera ofensivo à religião. Por isso, turistas devem estar atentos para a necessidade de respeitar imagens budistas e ter o cuidado de seguir instruções em locais sagrados, especialmente quando fotografar estátuas do Buda.

Em agosto de 2012, três turistas franceses foram condenados a seis meses prisão, mas com suspensão condicional da pena por cinco anos, por terem beijado uma estátua de Buda. Além disso, vários turistas já foram impedidos de entrar no país, ou enfrentaram a deportação, por terem tatuagens visíveis do Buda.

Um dos casos mais famosos é da enfermeira britânica que foi detida por quatro dias em abril de 2014 e deportada do Sri Lanka por ter uma tatuagem do Buda no braço. Ao voltar para o Reino Unido, a britânica resolveu ajuizar uma ação contra autoridades locais. Anos depois, a Suprema Corte do país disse que o tratamento dispensado à turista havia sido “escandaloso e horrível” e que seus direitos tinham sido violados. Pelo sim pelo não, se esse é o seu caso, é melhor esconder direitinho essa tatuagem!

Tailândia

País queridinho dos brasileiros, a Tailândia proibiu, desde janeiro, fumar nas praias de certas áreas turísticas, incluindo as províncias de Koh Samui, Pattaya e Phuket, Prachuap Khiri Khan, Chon Buri e Songkhla. Quem violar essa lei pode ser multado e pegar uma pena de até um ano de prisão.

Também é ilegal levar cigarros eletrônicos e recargas para o país. Punições vão desde confisco a até 10 anos de prisão.

Além disso, fique atento para jamais fazer declarações políticas em público. A crítica da monarquia, sob qualquer forma, é considerada crime gravíssimo. Pelo mesmo motivo você não pode pisar ou, de qualquer modo, desrespeitar a moeda tailandesa, onde está estampado o rosto do rei.

Como você pode ver, um comportamento que consideramos totalmente inofensivo pode ser considerado crime grave em outros países. Por isso, se você pretende viajar, sobretudo para um destino exótico, é muito importante prestar atenção às leis e costumes locais para não acabar se metendo numa fria!

08
abr

Cruzeiros transatlânticos

Você já pensou em cruzar o oceano e chegar na Europa de navio? Eu fiz a
famosa travessia e conto tudo aqui!

Pensando naqueles que tem dúvidas sobre como são realizadas as
travessias, qual a duração, quais os destinos, e se vale a pena embarcar nessa aventura, vou
destacar os pontos positivos e negativos da viagem, levando em consideração a nossa
experiência.

Ao final, vou selecionar os roteiros que ainda estão com reservas
disponíveis e disponibilizar o link de cada um para facilitar a vida de quem tiver
curiosidade.

Em primeiro lugar, preciso mencionar a minha experiência em cruzeiros. Já
estive em quatro, sendo três da Royal Caribbean: Splendour of the Seas, Vision of the Seas,
e Oasis. Apenas uma viagem de navio fiz com a Costa Cruzeiros, no Costa Luminosa.
Preferi os navios da Royal Caribbean, principalmente pela acomodação e comida.

A travessia Brasil-Europa fiz em um navio da Royal Caribbean, o Vision of
the Seas. Estava muito bem acompanhada pela minha família, o que torna a viagem mais
agradável e divertida.

O navio partiu de Santos rumo à Lisboa, com a duração de 14 dias de
viagem. Esse é o tempo que leva a travessia, pelo menos no navio da Royal Caribbean. No
entanto, optamos por permanecer no navio e estender a viagem em mais uma semana, já que
o trajeto seguinte, Lisboa a Oslo, na Noruega, passaria por cidades incríveis, como por
exemplo, Amsterdã e Bruxelas.

Então vamos ver os prós e contras da Travessia Brasil-Europa!

Pontos positivos:
• Bom custo-benefício: você viaja em média, duas semanas, com tudo
incluído (acomodação, alimentação, viagens entre destinos e diversas opções de
entretenimento no navio);

• Pensão completa: a começar pelo farto café da manhã, que tem opções
para todos os gostos, com pães, bolos, frutas, bebidas diversas (sucos, chás, chocolate,
café), os navios oferecem variedades gastronômicas o dia inteiro. Existem opções de fast
food e restaurantes no estilo buffet e à la carte. Importante acrescentar que o jantar
costuma ser um evento mais social, no qual as pessoas vestem-se de forma mais elegante,
mesmo porque durante a noite são realizados shows nos anfiteatros, festas, eventos nos
cassinos, entre outras opções de entretenimento. Importante destacar que os navios
promovem a estilosa festa do comandante, ocasião em que as pessoas estão ainda mais
bem vestidas, homens de black-tie e mulheres de vestidos longos.

• Você estará em um hotel ambulante: não precisa fazer check in e checkout,
nem fazer e desfazer malas entre as cidades a serem visitadas;

• Estrutura: os navios contam com spas, academia, muro de escalada, salão
de beleza, biblioteca, sala de jogos, piscinas, jacuzzis, espaço kids;

• Tempo para descansar: o navio passa alguns dias viajando em alto-mar,
sem parar, por isso você pode ficar bastante relax no navio, curtindo uma jacuzzi;

• Detox digital: em alto-mar a internet não funciona e o valor cobrado para
usar a internet no navio é altíssimo, razão pela qual você conseguirá se desligar dos
problemas mais facilmente;

• Acessibilidade: os navios contam com uma estrutura adequada para
pessoas idosas e portadoras de necessidades especiais, inclusive acomodações
diferenciadas;

• Ao chegar na Europa, você estará inteiro! Nada da quebradeira que é
viajar na classe econômica (esse ponto positivo não conta se você só viaja de executiva,
claro! srs).

E quais os pontos negativos?
• Muitos dias navegando em alto-mar: é comum o navio ficar navegando,
em geral, de cinco a sete dias sem fazer uma parada sequer (o que achei perfeito para
relaxar, diga-se de passagem);

• Você corre o risco de enjoar da comida: no final de cada cruzeiro (preciso
ser sincera!), não aguentava ver a cara da comida.

• Nos cassinos é permitido fumar (isso, sem dúvida, é um ponto positivo
para quem fuma, já que nas cabines, inclusive com varandas, é terminantemente proibido
fumar);

• Você vai ficar muito pouco tempo em cada cidade: é comum o navio
atracar de manhã em um porto e sair no final da tarde do mesmo dia. O tempo para
conhecer a cidade passa muito rápido, por isso tem que otimizar ao máximo sua visita,
como por exemplo, pesquisar o que fazer em cada local que o navio atracará antes mesmo
de viajar. Uma boa opção é aproveitar para andar pela cidade com aqueles ônibus
turísticos de dois andares.

Dica: os navios costumam oferecer passeios nas cidades a serem visitadas,
mas, além de caríssimos, muitos não valem a pena!!!! Para ter uma ideia, uma vez pagamos
por um passeio desses em Labadee, no Haiti, e ficamos vendo bananeiras e outros pés de
frutas. Portanto, pense antes de escolher um passeio desses. O ideal é fazer tudo por conta
própria. Em muitos portos, há táxis e também ônibus turísticos.

Para esse ano, encontrei poucas opções de transatlânticos disponíveis. Há
opções de travessia Brasil-Europa no MSC Preziosa e de travessia Europa-Brasil no MSC
Fantasia.

Com saídas do Brasil, apenas o MSC Preziosa, com partida no dia 8 de abril
e desembarque na Dinamarca ou Alemanha.
MSC Preziosa (MSC Cruzeiros)

O navio parte de Santos, no dia 8 de abril. Faz uma parada em Salvador e,
em seguida, viaja para Espanha, Portugal, Reino Unido, França, Bélgica, Alemanha,
Dinamarca. Serão 21 noites a bordo. Preços a partir de US$ 2.200,00.

Vale mencionar que não há disponibilidade quando se procura pelo site da
MSC, mas tem vagas pelo Vacations To Go.
MSC Preziosa (MSC Cruzeiros)

O navio parte de Santos com destino a Alemanha, em 8 de abril. Com
duração de 20 noites, o navio para na Espanha, Portugal, Reino Unido, França, Bélgica,
Alemanha. Preços a partir de R$ 5.579,00. Esse valor pode ser parcelado em até 10 vezes no
site da MSC Cruzeiros.


Fonte: Vacations To Go

Com saídas da Europa, há disponibilidade somente no MSC Fantasia, com
datas a partir de novembro em portos de partidas e de desembarques diversos. Os melhores
preços, definitivamente, estão no site da Vacations to Go. Para facilitar, vou deixar
disponível os links aqui.


Fonte: Vacations To Go

MSC Fantasia (MSC Cruzeiros)
De Barcelona para Santos (paradas no Rio e Salvador), com saída em 6 de
novembro. A partir de US$ 1.125,00.

De Marseille para Santos (paradas no Rio e Salvador), com saída em 5 de
novembro. A partir de US$ 1.174,00.

De Marseille para o Rio (parada em Salvador), com saída em 5 de
novembro. A partir de US$ 1.174,00.

De Genova para Santos (paradas no Rio e Salvador), com saída em 4 de
novembro. A partir de US$ 903,00.

De Genova para o Rio (parada em Salvador), com saída em 4 de novembro.
A partir de US$ 961,00.

De Genova para Salvador, com saída em 4 de novembro. A partir de US$
1.201,00.

De Roma para Santos (paradas no Rio e Salvador), com saída em 2 de
novembro. A partir de US$ 5.114,00.

Por fim, vale ressaltar que para pesquisar viagens de navio indico dois sites
que gosto muito para comparar preços: o Vacations To Go e o Cruise Direct.

O primeiro é muito fácil de navegar, pois está em português. Além disso, é
possível ter atendimento por telefone em ligação gratuita, inclusive em português (0800
892-7827). Já comprei cruzeiro nesse site várias vezes e posso afirmar que é confiável.

No entanto, como a compra é realizada mediante pagamento em dólares,
existem três problemas: não é possível parcelar o valor do cruzeiro, o câmbio está muito
desfavorável, e você ainda paga IOF.

Só vai valer a pena comprar nesses sites se houver alguma promoção
imperdível.

 

Bianca Cobucci é Defensora Pública, Mestre em Políticas Públicas e coordenadora do Projeto Falando Direito; Autora do blog Teoria da Viagem. Escreve sobre os direitos do consumidor relacionados à viagem e turismo, bem como sobre os países e lugares que já que visitou.

22
mar

Bermudas para enfrentar o calor!

Em meio a chuvas de verão, o calor segue forte e escaldante por aqui. E nessas épocas de termômetros lá em cima, a criatividade para combinar looks confortáveis e frescos anda um pouco em baixa.

Pensando nisso e numa estratégia para diversificar o guarda roupa no verão, foi que lembrei das bermudas! Essa peça que há tempos ficou esquecida, volta nesse verão cheia de estilo e com uma pegada de alfaiataria!

Para quem quer combinar o conforto com a elegância, essa peça é uma dica e tanto! Seguem aqui algumas inspirações de como usar e onde comprar bermudas para enfrentar o calor!

COMPRE ESSE POST!

 

16
mar

Meu roteiro por Portugal!

Minha última viagem foi dividida em duas partes. A primeira foi em Roma, como já contei por aqui e a segunda em Portugal. Nesse segundo momento passamos doze dias estabelecendo base territorial em três pontos diferentes do país: Óbidos, Porto e Lisboa

Chegamos em Portugal por Roma e do aeroporto de Lisboa alugamos um carro pela Europcar (já havíamos fechado tudo antes da viagem) e fomos rumo a Óbidos onde dormimos de um dia pro outro. Ah, uma dica interessante sobre o aluguel de veículo é escolher os modelos que atendem a Via Verde: eles possuem um dispositivo que automaticamente nos libera de parar npedágios, o que poupa bastante tempo!

Grande parte do nosso roteiro foi feito nesse carro alugado, a outra parte restante utilizamos trem e uber que é extremamente barato no país! Para vocês terem noção, chegamos a pagar € 2,50 em distâncias relativamente grandes de Uber.

Decidimos inicialmente dormir em Óbidos pois, embora a cidade seja bem pequena, a atmosfera é incrivelmente envolvente e assim queríamos curtir com mais calma. Chegamos no vilarejo medieval por volta de 15h, deixamos as malas no hotel e fomos explorar a vila! É possível percorrer toda a cidade em duas, três horas, sem pressa, visitando todos seus cantinhos e vielas: fomos ao mercado biológico, à livraria Santiago, ao castelo de Óbidos, rua Direita, entre outros. A noite fomos jantar no castelo, onde até tentamos nos hospedar, mas já não havia mais disponibilidade. Na manhã seguinte andamos mais um pouco pelas ruas, provamos a famosa Ginjinha, uma espécie de licor no copo de chocolate e de lá partimos em direção a Fátima, que fica a 50 minutos dali.

Chegando ao santuário, perambulamos com calma, rezamos, agradecemos e nos emocionamos. De lá comemos rapidamente num Mc Donalds próximo e seguimos para Porto, a duas horas e meia da cidade.Como eu estava um pouco debilitada devido a uma alergia/sinusite/gripe, chegando em Porto apenas jantamos no restaurante do próprio hotel (já falei dele aqui) e fomos dormir cedo, a fim de aproveitar melhor o dia seguinte. E assim foi feito. Na manhã em seguida acordamos, tomamos café e fomos andar pela cidade, conhecer o centro, visitar o porto de São Bento, a catedral da Sé, a Torre dos Clérigos, a Livraria Lello (atenção fãs de Harry Potter – esta livraria inspirou várias cenas da saga!) e toda a parte histórica.

A vantagem da cidade é que conseguimos visitá-la todinha sem usar carro ou qualquer meio de transporte! Todas as distâncias por lá eram bem tranquilas e com o hotel bem centralizado não ficou nada cansativo!

No segundo dia decidimos ir para Braga e Guimarães, cidadezinhas bem próximas a Porto e com distância mínima uma da outra. De forma geral, mesmo tendo amado a visita a Braga (a catedral da Sé  de lá é simplesmente maravilhosa!!) senti que vale a pena dedicar um tempo maior a Guimarães, já que lá é maior e tem mais atrações para ser ver. Mas isto é só a minha opinião, ok? Voltando desse passeio delicioso, infelizmente acabei indo parar no hospital de Gaia em decorrência do meu e estado, mas nesse ponto paro para ressaltar a importância do seguro de viagem! Grande parte das vezes que contratamos esse serviço acabamos não utilizando, o que é ótimo, o ideal, mas em emergências como essa, ter esse acesso facilitou muito meu atendimento e nos poupou tempo!

No dia seguinte, já medicada e me sentindo um pouco melhor, fomos à vinícola Quinta da Pacheca na região do Douro e também ao Mercado do Bom Sucesso, uma espécie de centro gastronômico repleto de deliciosidades típicas de Portugal!

No passeio pela vinícola nos deparamos com um visual encantador e um almoço delicioso. Acabamos nos arrependendo de não termos nos hospedado por lá, mesmo que por uma noite. Então, fica aqui a minha dica de amiga: quem estiver passando pela região do Douro, se hospede e desfrute mais do local! Finalizando a segunda parte dessa jornada por Portugal, no último dia (dos quatro que ficamos em Porto) visitamos a cidade de Aveiro, conhecida como a Veneza portuguesa, por seus canais e gondolas (moliceiros). Por lá também nos encantamos pela áurea artística e também pelas famosas casinhas listradas na Praia da Costa Nova. Ao final do desse dia chegamos a Lisboa e nos surpreendemos positivamente com o apartamento que havíamos reservado. Bem espaçoso, com uma vista incrível e digno de um vídeo exclusivo que já já estará em detalhes aqui e lá no canal!

No nosso primeiro dia pelas redondezas decidimos visitar Cascais, uma cidade litorânea e famosa pela qualidade de vida. Uma curiosidade interessante é que o lugar é tão bom pra se viver, que até o presidente de Portugal se mudou para lá, ao invés de residir em Lisboa.

Pegando informações em um centro de apoio aos turistas próximo a praia da Ribeira, traçamos um pequeno roteiro e acabamos visitando lugares como a Casa de Histórias Paula Rego, uma construção premiada por sua arquitetura, que abriga algumas obras da artista portuguesa, o parque Marechal Carmona e a famosa Boca do Inferno, rodeada de lendas por seu barulho estrondoso. Depois de almoçar andamos um pouco mais pela região e retornamos a Lisboa por voltas das 15:30. Chegando na capital devolvemos o carro na locadora e de lá, fomos direto ao Centro Comercial Colombo, o único lugar efetivamente de compras que estive durante todo o roteiro. Por lá encontramos marcas famosas como Forever 21, Zara e MAC.

Ao fim do dia fomos jantar no famoso restaurante A Salgadeira, onde a especialidade é o bacalhau. Para não correr o risco, agendamos nossa reserva com quinze dias de antecedência, o que valeu a pena tendo em vista que o lugar costuma funcionar com lotação máxima! E foi uma noite simplesmente PERFEITA!

No dia seguinte fomos para Sintra e como já não estávamos mais com o carro, pegamos um trem na estação do Rosio. De lá tomamos aqueles ônibus vermelhos (que em Sintra, são “mini”) que param nos principais pontos turísticos, o que para nós foi ótimo pensando no tempo mais curto que passaríamos ali. Um dos locais mais marcantes que esse transporte percorre é o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa, porém acabamos não conhecendo por conta do tempo mais curto.

Em Sintra visitamos o Palácio da Pena, a região do Palácio Nacional de Sintra, a fábrica de doces típicos Piriquita e nos perdemos pelas charmosas ruelinhas da cidade, sem dúvida o meu passeio favorito da vida! Retornamos a Lisboa e então dedicamos os dois dias seguintes para explorar toda a cidade. Assim, no terceiro dia, acordamos cedinho e pegamos novamente o ônibus vermelho, dessa vez na capital, para percorrer os principais pontos de lá e otimizar o nosso tempo!

Nossa primeira parada foi a Torre de Belém, a beira do rio Tejo e por ali percorremos os arredores e acabamos conhecendo o Convento dos Jerônimos, o Pastéis de Belém e obviamente comemos pastéis de belém e empadinhas. Dali fomos para a Praça do Comércio e andamos pela parte central, bem imponente e marcante. Pausamos o passeio para lanchar na Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau, que já havíamos conhecido em Porto.

Abastecidos fomos ao Largo do Chiado onde encontramos algumas feirinhas ao ar livre, seguido do miradouro de São Pedro de Alcântara de onde vimos o por do sol com uma linda vista da cidade. Ao anoitecer fomos ao Solar dos Presuntos, onde tínhamos uma reserva e nos deliciamos a valer com pratos típicos que eram pura fartura! No domingo fomos de uber direto vao Castelo de São Jorge e por chegarmos bem cedinho pegamos tudo vazio e livre de filas! Nesse dia o céu estava lindo, super ensolarado e a vista de tirar o fôlego! Sem dúvida uma das mais bonitas que existem!

Depois de explorar tudo com bastante calma descemos a pé até a região do Alfama, que também tinha uma bela vista para o rio Tejo e por lá fomos passeando e apreciando o momento. Dali conhecemos um pouco mais da região histórica e em seguida fomos ao famoso Mercado da Ribeira onde encontramos com um primo português.À noite fomos ao LX Factory, uma antiga área industrial de Lisboa que foi revitalizada e hoje é um ponto super cool onde tem bares, restaurantes e um comércio alternativo bem legal! De lá visitamos mais um pouco da parte central da cidade, nos despedindo dessa inesquecível viagem por terras portuguesas!Os mínimos detalhes dessa jornada deliciosa estão disponíveis nos três vlogs que já estão no canal no YouTube, nos quais levo vocês comigo pra acompanhar de pertinho essa experiência memorável!

15
mar

Vlog de viagem: Portugal (Lisboa, Sintra e Cascais)

No vídeo de hoje eu compartilho com vocês a terceira e última parte de uma viagem dos sonhos para Portugal. Nesta terceira parte Lisboa (onde fizemos pouso), Cascais e Sintra. Alugamos um apartamento lindoooo e super bem localizado (daqui a uns dias vídeo com link aqui no canal) e exploramos tudo de todas as formas: de carro alugado, trem, uber e taxi. Vem ver isso de perto! Aperte o play!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!