Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Gastronomia

20
set

Meu roteiro pelas Highlands, na Escócia!

Finalmente chegou a hora de compartilhar com vocês detalhe por detalhe do roteiro de uma viagem que foi tão sonhada, tão planejada e sem dúvidas, está sendo tão desfrutada beeem devagarzinho.
Como já revelei anteriormente o meu destino da vez foi a Escócia e essa jornada não é somente em busca de turismo e descanso, mas também de conhecimento e cultura. Além de visitar os pontos clássicos do país, eu e Luciano aproveitamos para aprimorar o inglês e vivenciar o dia a dia dos escoceses como se fôssemos nativos.

Pra quem não sabe, a Escócia é um país do Reino Unido que fica ao norte da Grã-Bretanha. Sua capital é Edimburgo, uma metrópole que elevou o estado ao título de potência comercial, intelectual e industrial. Em contraponto a toda essa modernidade, o país é repleto de pequenas cidades que preservam a cultura gaélica das mais variadas formas, como seus castelos encantadores, construções típicas e sua música inconfundível.Nosso roteiro começou por Edimburgo, onde desembarcamos e dormimos uma noite para descansar do batidão de avião, aeroporto e fuso horário. Na manhã seguinte, bem cedinho alugamos um carro rumo as Highlands, as famosas terras altas. Pegamos a rodovia A9 (conhecida como uma das estradas mais bonitas do mundo) em direção a cidade de Inverness, capital das Highlands onde passamos dois dias.  Já nesse trajeto encontramos lugares incríveis como as cidades de Pitlochry e Aviemore que ficam dentro do Parque Nacional Cairngorms.

Em Inverness, exploramos lugares como o Lago Ness (sim, o monstro apareceu pra mim e mandou beijos a todos!) e a Trilha Whisky na região de Speyside. Por lá ficamos hospedados num hotel que é um castelo do século XVIII, chamado Cullonden House. O lugar é simplesmente mágico e a maneira como fomos recepcionados me fez chorar! E muito! Não só por estar realizando um sonho, mas por que acho que queria muito ter vivido naquela época!

De Inverness fomos para a Ilha de Skye, onde ficamos no vilarejo de Portree, capital da ilha.  Mas antes disso, no caminho passamos no Eilean Donan Castle, um lugar cheio de história e luta, impressionante! A partir dali conhecemos pontos turísticos importantes como o rochedo Old Man of Storr, a região de The Quiraing e o Neist Point Lighthouse, onde ficam os faróis mais famosos da Escócia. Nesta região ficamos hospedados no Cuillin Hills.

Os passeios foram um tanto quanto “performáticos” já que descemos e subimos montanhas, cachoeiras e até rios. Mas de forma geral, foram muito pouco cansativos já que a paisagem deixa tudo ainda mais bonito. Digno de filme!

De Skye partimos para região próxima à Fort Williams e ficamos hospedados no Glengarry Castle Hotel, construído no século XIX, simplesmente UM SONHO. Ainda percorrendo o passado, conhecemos o Glenfinnan Viaduct, por onde passa o Jacobite Steam Train, a locomotiva que ficou famosa por aparecer algumas vezes nos filmes do Harry Potter, sendo conhecida por ser o trem Hogwarts Express. Sem dúvida alguma um lugar mágico! E nessas e outras encontramos com as famosas “vaquinhas de franja” das terras altas. Foooofas!

 Umas das coisas mais legais nessa viagem é que todos esses trajetos foram realizados em pouquíssimo tempo! As distâncias são bem curtas e o maior curso que percorremos foi o inicial, de Edimburgo a Inverness, que durou o total de três horas e meia, ou um pouco mais, pois fomos degustando os momentos e as paisagens!

E por falar em paisagens, o que mais fiz nessa viagem foi o exercício de contemplar! Olhar bem para cada lugar, cada vista e agradecer pelo momento presente. As Highlands são um conjunto de exuberâncias que com certeza vou guardar na memória para sempre!

De Fort Williams, após praticamente uma semana, voltamos para Edimburgo e lá estabelecemos “pouso” por algumas semanas, quando então pudemos curtir cada canto daquele lugar mágico. Alugamos apartamento, então consegui vivenciar um pouco da vida local da forma como mais gosto. Fazendo compras no supermercado, trocando ideias com vizinhos e me perdendo naquelas ruelas.

Além da vivência local, também tirei um tempo para me dedicar aos estudos e assim aprimorar o inglês, a língua que tenho mais facilidade. O sotaque escocês é bem carregado e esse foi um dos fatores que me despertou mais ainda a vontade de realizar essa viagem! Morei algum tempo no Canadá, estudei em Londres e em Nova York e justamente em decorrência desses roteiros anteriores, que resolvi fugir do óbvio na hora de aprender! Mas isso é assunto para outro post!

Para verem mais detalhes desta viagem dos sonhos, abaixo seguem os dois vídeos que fiz durante a minha viagem pelas Highlands escocesas! Enjoy it!

15
set

Afternoon tea – The Savoy Hotel

Para finalizar a série de posts sobre os afternoon tea’s que desfrutei ao longo da viagem, conto para vocês sobre um dos lugares mais estonteantes que estive nessa minha passagem por Londres, o The Savoy Hotel!

Inicialmente, confesso que fiquei em dúvida sobre ir a mais um chá da tarde, já que já tínhamos ido nos outros dois que mostrei por aqui, mas a certeza veio quando parei para pensar que não é todo dia que se tem a oportunidade de desfrutar de um típico afternoon tea justamente em Londres! Então, lá fomos nós para mais uma experiência de tirar o fôlego!

Logo na chegada escutamos uma pessoa tocando piano com maestria e fiquei feliz da vida quando descobri que o som vinha exatamente do centro do salão de chá, dentro de um gazebo lindo de viver!

O atendimento é simplesmente perfeito! As pessoas que nos receberam e nos atenderam foram de extrema classe, elegância e educação! As louças eu nem preciso dizer, né?! Queria todas!

No menu, finger sandwiches bem clássicos por lá, como o de salmão defumado e o de pepino! Além dessas delícias, comemos o típico Scones com geléia e por último doces finos e maravilhosos! O cardápio é de encher a barriga e também os olhos, de tão lindo!

Como em todos os outros chás que fomos, é importante fazer a reserva com antecedência pois são passeios bem típicos por lá, portanto são concorridos.

14
set

Vídeo: Minha rotina em Londres (Inglaterra)

No vídeo de hoje eu trago para vocês um pouco da minha rotina em Londres. Começando por Notting Hill, o bairro em que alugamos nosso apartamento, passando uma sessão de fotos em lugares icônicos de Londres, bastidores do metrô, Sy Garden, Fortnum & Mason, loja que a rainha compra seus chás e muito mais.

No segundo dia, começamos por uma passeio pela Oxford Street, depois um dos meus programas favoritos, um autêntico “afternoon tea” no The Savoy, um fim de tarde na Portobello Road e, no dia seguinte, um passeio maravilhoso que finaliza com o pub eleito o mais lindo, mais florido e mais bem decorado de Londres: o The Churchill Arms. Vem ver!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!

10
set

Afternoon tea – Fortnum & Mason

Como vocês bem sabem, Londres é o meu lugar preferido no mundo todo. O misto de tradições e modernidade que a cidade oferece é simplesmente algo que me fascina! E para aproveitar essas atrações típicas de maneira bem aprofundada, escolhi ir pela segunda vez ao Fortnum & Mason desfrutar de um tradicional afternoon tea!

A Fortnum & Mason trata-se de uma loja super famosa e deslumbrante na Inglaterra que oferece uma boa variedade de alimentos, bebidas e presentes emblemáticos e requintados. Ela foi fundada em 1707 e é conhecida por fornecer diversos produtos a família real, incluindo chás.

A loja possui quatro andares deslumbrantes e fica localizada em Piccadilly. No térreo você encontra comidinhas tipo patisserie, pães, bolos, cafés, geleias e chás. Além de dois restaurantes, um chamado The Fountain e outro chamado The Gallery.

N subsolo estão os queijos, embutidos e vinhos. Luciano esteve no paraíso! Rs Já no primeiro andar estão os utensílios de cozinha mais lindos que já vi. Louças super decoradas e materiais que facilitam o dia a dia de quem ama cozinhar. Queria levar tudo! Rs

O segundo e terceiro andar, contam respectivamente com produtos femininos e masculinos como perfumes, bolsas joias, artigos em couro e malas. Há também um spa, o The Beauty Rooms, dedicado a beleza da mulher.

No quarto e último andar encontra-se o tão esperado salão de chá conhecido por  The Diamond Jubilee Tea Salon que foi reinaugurado pela própria Rainha Elizabeth no ano de seu jubileu. As opções do que comer e de quais chás tomar são bem extensas, e custam a partir de quarenta euros.

As louças onde é servido o banquete quase que real, são encantadoras e vêm num azul tiffany lindo de viver! Confesso que cogitei passar na parte de utensílios de casa para comprar um jogo igual, mas fiquei com um pouco de receio delas quebrarem durante a viagem ou de serem um pouco caras!

Por fim, a loja concede um mimo aos clientes que desfrutam do chá da tarde, deixando escolher uma fatia de um dos bolos maravilhosos que eles oferecem! Uma delícia! Além disso, toda a comida que sobra na mesa é embalada cuidadosamente para que possamos também levar pra casa!

30
ago

Padaria Vianney – Buffet de café da manhã e almoço!

A minha relação com a Padaria Vianney é de outros tempos. Como já contei pra vocês em um post e nos stories do Instagram, vira e mexe minha rotina esbarra com uma passadinha por lá, seja pra comprar alguns produtos, seja pra almoçar ou tomar um café.

O dia a dia movimentado nem sempre me permite fazer as principais refeições em casa, e comer diariamente na rua dificulta um pouco a criação de uma rotina alimentar de qualidade. Ter um local próximo ao trabalho onde eu conheça a procedência das mercadorias, dos ingredientes e que tenha um atendimento especial é uma ajuda e tanto para que a correria diária não me impeça de manter bons hábitos. E é aí que, mais uma vez, a minha empatia com a Padaria Vianney se fortalece.

O buffet de café da manhã, que abre a partir das 7h (excelente opção pra quem trabalha cedinho), oferecido pela padaria é de encher os olhos e a barriga também, rs. Frutas, frios, o tradicional pãozinho francês, ovos mexidos, bacon, variedades de bolo, sucos, pão de queijo, café especiais. Além de salada de frutas acompanhada de granola à escolha, vitaminas, broinhas, roscas, entre outros. O desafio é decidir o que escolher!

Já o almoço conta com vários tipos de saladas finas, legumes e frutas dispostos em uma pista fria com temperatura controlada. Os alimentos são mantidos sempre frescos e saudáveis durante todo o período do almoço com o acompanhamento de uma nutricionista.

Outro ponto interessante é que lá eles oferecem todos os dias 4 opções de carnes sendo peixe, frango, boi e porco, também 2 tipos de arroz e feijão tipo caldo mantendo a tradição brasileira. E não para por aí! Pra quem procura algo mais leve, mas não menos saboroso, a Padaria Vianney também conta com um buffet de comida japonesa delicioso com peças frescas e o queridinho do momento, o Poke havaiano! Não da pra resistir!

Ficou com água na boca? Tá procurando um bom lugar para tomar um café da manhã ou almoçar? Então fica aqui a minha dica! A Padaria Vianney é referência em qualidade e possui um cardápio extenso de serviços! Além do buffet, você pode encomendar para o seu evento ou pedir em casa também!

Informações:

Rua dos Aimorés, 155 – Funcionários, Belo Horizonte
Funcionamento: 06 às 23h
Telefone: (31) 3227-2071

Site: http://www.padariavianney.com.br/