fbpx

Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Minas Trend Preview

05
out

READY TO GO – Investindo no futuro da moda

Quem me segue nas redes sociais (Sou AnitaBemCriada em todas!) viu que essa semana começou o Minas Trend Preview, o maior evento de Negócios de Moda de MG e eu estou acompanhando de pertinho, tudo que tem rolado por lá.

O que muita gente não sabe é que durante o MTP acontece muita coisa além dos desfiles: tem salão de negócios, stands, palestras e até concurso rolando! E é isso que vim contar pra vocês hoje!! Eu tive a honra de ser convidada como júri do concurso Ready to Go e posso adiantar: Tem muito talento chegando no mundo fashion, viu! O juri votou ontem (04-10) e hoje (05-10) e no final da tarde já tínhamos  o vencedor! Calma que eu conto tuuuudinho:

O concurso READY TO GO – Investindo no futuro da moda – , que apresenta novas marcas e estilistas para o mercado nacional, chega à sua oitava edição com propostas diversificadas e interessantes.ready-to-go-out-2017-conviteDesta vez os selecionados pelo TS Studio para participar do estande coletivo do Sindivest-MG, no Minas Trend, foram Ana França, Candê, Denise Valadares, Gabriella Diniz, Le Beau, Manda & Nalú, Silvia & Co, Sua, Tiê, Uplen e Valéria Mansur. A Caniglia, que esteve presente na edição passada, retorna ao espaço, uma vez que o projeto permite abrigar as grifes iniciantes por até duas temporadas.

Os vencedores do READY TO GO em abril deste ano foram Ronaldo Silvestre e a Mollet, empatados no primeiro lugar. Juntos dividirão um estande solo nesta Minas Trend.

Desde seu início, há quatro anos, o objetivo do concurso é identificar, capacitar e divulgar novos talentos com potencial, destacando o trabalho dos jovens designers e suas marcas. O processo para conquistar espaço no coletivo começa por uma seleção feita por Tereza Santos, diretora do TS Studio, ao longo do semestre. Em seguida, as escolhidas passam por uma consultoria da empresa nas áreas de produtos, tendência e gestão.

O READY TO GO já revelou marcas como Lucas Magalhães, que faz parte do grupo Nohda, e a Llas, que já mostrou coleções no SPFW, além de outros nomes que vêm se destacando no mercado, entre elas a Anne est Folle, a Jardin, a Grama, a Unit 7.

“O diferencial do concurso é que ele não só lança e divulga novos talentos, mas garante a eles o caminho da profissionalização. E esse caminho do sucesso não é só dos premiados. Temos hoje várias marcas dessa nova geração, que estão seguindo trajetórias brilhantes, como a Thays Temponi, Virgílio Couture e a Ammis”, afirma Tereza Santos.

Como nas outras edições, os participantes do estande serão avaliados por um júri formado por jornalistas mineiros e de fora do Estado, além de formadores de opinião, estilistas renomados, arquitetos, designers e empresários. O vencedor recebe como prêmio um estande cedido pelo Sindivest-MG para participar, individualmente, do próximo MTP.

O projeto conta com apoio da Salamandra Comunicação e da 221 Consultoria.

MARCAS/COLEÇÕES READY TO GO

Ana Françaana-franoa-alta-costura-por-weber-piduaComposta por bodies e saias confeccionados com tecidos que se adequam ao corpo, leves e confortáveis, a coleção O Céu é o Limite nasce como uma opção para noivas que querem quebrar paradigmas.

Todas as peças combinam entre si e podem ser usadas com ou sem forro.  As cores caminham entre tons suaves de azul, verde, rosa e lilás.

As rendas são simples, trabalhadas em uma técnica inovadora e exclusiva de resinamento artesanal, além de ornamentadas com flores 3D feitas em crochê no fio de metal e bordados.

Candêcand%c2%ac-por-weber-piduaPara a coleção inverno 17, a Candê busca inspiração na natureza. O Vento, como protagonista, pela fluidez e leveza, se juntou ao conforto das peças em tamanhos únicos, que podem ser ajustadas ao corpo.

A pegada é dos anos 70 e o foco na estamparia diferenciada, exclusiva e cheia de cores, ora iluminadas, ora mais apagadas…o Vento se transforma em ondas coloridas que se misturam a florais, poás estilizados, animal print e geométricos para dar mais movimento, graça e charme  a vestidos longos e curtos com ar vintage e atemporal.

Os tecidos são crepe e jérsei. Os tons, vermelho, amarelo, laranja, azul, verde preto e bege.

 Canigliacaniglia-por-weber-piduaA coleção Geometria Romântica narra a memória de um veterano de guerra, sua paixão pelas rosas vermelhas e seu ofício como mestre de obra conhecido pelo seu talento ao trabalhar com azulejos e suas infinitas formas geométricas.

Caniglia traz para sua segunda coleção a geometria inspirada nos azulejos e na arquitetura moderna dos anos 1930.  Os tecidos são crepe, malha, linho, e representam a simplicidade e funcionalidade, características da arquitetura da época. O bordado continua sendo o carro chefe da marca.

O trabalho artesanal do tear manual e a lã dão formas e geometria às peças.  A cartela é composta por branco e preto com detalhes especiais em vermelho e verde musgo.

Denise Valadaresdenise-valadares-por-weber-piduaA coleção Memórias Barrocas reflete as lembranças que a estilista homônima guarda de Mariana e Ouro Preto, cidades históricas de Minas.

A marca tem em seu DNA a valorização de técnicas artesanais, ohandmade colaborativo, as peças artesanais com olhar jovem e contemporâneo. A inspiração para o inverno 2017 é o ciclo do ouro, trazendo elementos da arquitetura e pintura das igrejas e casarões do barroco mineiros e suas preciosidades.

Em destaque, shapes básicos dos moletons, malharia e jeans com detalhes de rendas aplicadas e rebordadas. Os bordados são ricamente trabalhados em cristais, pedrarias, pérolas e metalizados. Os motivos florais, arabescos e abstratos contornam a coleção nas cores off white, preto e cinza, com toques de rosa antigo, vinho, azul e verde turmalina.

Gabriella Dinizgabriella-diniz-por-weber-piduaPara o inverno 2017, Gabriella Diniz apresenta a coleção Pedra Fundamental na qual gemas brasileiras são o ponto de partida de um trabalho minimalista e elegante. Os sistemas cristalinos internos de uma gema foram analisados e transformados em design de superfície: texturas e bordados pontuais.  Neles, a própria gema, na forma de cascalho, é a matéria prima principal.

As cores são o off-white, nude queimado, purple e preto. Sobressaem um mix de vestidos midi, linha A e longo, saias midi e saias evasês, croppeds e camisas, calças e casacos.

Le Beaule-beau-por-weber-piduaCriada por duas amigas que amam o mundo da moda e com apenas seis meses de mercado, a marca, cujo nome em francês quer dizer “bonito”, busca para sua coleção as peculariedades das formas geométricas em tecidos texturizados – dos fluídos aos estruturados – e cria uma roupa clean, com corte e modelagens precisos.  O visual é belo, despretensioso mas, acima de tudo, chique.

Suasua-por-weber-piduaA inspiração para criar a coleção outono/inverno 2017 da Sua veio da beleza e sofisticação de uma orquestra sinfônica. Daí o nome Sua Sinfonia. Das curvas e detalhes dos instrumentos musicais, nasceram os acabamentos de cada peça: babados remetendo harpas, viés de ilhós como botões de afinamento e zíper aparente simulando as cordas de um violino.

As cores preto e cinza chegam trazendo o mesmo tom de elegância e imponência, transmitido por uma orquestra. Os shapes são amplos, com silhuetas em A, e o tecido predominante é a lycra, matéria-prima utilizada em todas as coleções da marca, que não abre mão de conforto e versatilidade.

Tiêti%c2%ac-por-weber-piduaPara a coleção Geometropolyc, a inspiração são as grandes cidades e metrópoles do mundo.  Nesse contexto, a marca adotou um estilo casual, o Atleisure: uma pincelada de esportivo usado em momentos de lazer. O resultado é uma coleção cheia de bossa, em peças ora mais ajustadas em tecidos elásticos muito confortáveis, ora mais amplas, justamente para serem usadas misturadas formando looks casuais bem modernos e versáteis.

A vista aérea da cidade e a mobilidade urbana foram as principais inspirações para a estamparia corrida, desenvolvida em duas variações: uma mais discreta na meia malha e outra mais marcante na malha elástica. Já a estamparia localizada trouxe o novo conceito de cidade bem marcado: a revolução do modo de vida para um cotidiano mais sustentável e ainda brincou com ícones desse cenário urbano, como o cachorro e o gato.

O resultado são vestidos mais retos e secos, variantes justinhas e aquelas leves e suaves, onde o conforto fala mais alto. Também aparecem os bodies modernos, blusas confortáveis de meia malha com jogos de cor, e terceiras peças leves com pegada esportiva casual. Listras e pontilhados listrados aparecem em vários momentos, fazendo referência ao esportivo e às sinalizações das ruas da cidade.

E os zíperes tratorados em evidência mostram um ar moderno, típico de grandes centros urbanos. Sobre cores, o maior destaque vai para o preto e branco, que veio com tudo nessa onda do esporte, misturado com cores invernais, como o bordô, e iluminado com o amarelo das placas de trânsito.

Valéria Mansurvalria-mansur-por-wber-piduaA coleção Fios é inspirada na nobreza das fibras naturais.  Como ponto de partida, ela foi pensada para explorar todas as riquezas que esse tipo de matéria prima pode oferecer, como cortes a fio, caimentos irregulares, enviesados, desfiados e rasgados. A partir daí, surgiram peças atemporais, sempre focadas no design. O estilo também passou por uma desconstrução , um novo olhar para as tendências, criando volumes estratégicos, shapes novos e inusitados, moulages, recortes assimétricos e amarrações, porém sem nunca perder o foco na feminilidade.

A criação brinca com volumes e silhuetas, ora fluidas ora esculturais, encorajando uma expressão pessoal.  Em algumas peças foi desenvolvido um trabalho de tingimento com pigmentos naturais, trazendo um complemento à coleção, basicamente de cores neutras.

Manda & Nalúmanda-nal%c2%a6-por-weber-piduaA coleção da Manda & Nalú foi inspirada na moda do slip dress, vestidos escorregadios, desenhados em sedas e rendas, com um caimento leve e preciso.

O resultado são vestidos sensuais e, ao mesmo tempo, românticos, com muitos detalhes em bordados, garantindo a beleza e o conforto para as mulheres.

Outra inspiração foi a força da natureza visceral de onde surgiu a ideia para o segundo tema da coleção, a Floresta Encantada. Nesse conceito, buscou-se desenvolver vestidos fluidos, leves e delicados, com muito brilho e bordados, que lembram as fadinhas, mas, claro, sem perder a ideia do romantismo e da sensualidade.

E a vencedora do Ready to Go foi……Valéria Mansur!! Com uma coleção linda, rica e muito bem trabalhada, mereceu o prêmio!img_9424img_9423Créditos:

Fotógrafo: Wéber  Pádua

Modelo: Vitoria Lapertosa

Beleza: Leo Batista 

26
Maio

Vídeo: Dicas totalmente INSIDERS da Itália com Patrícia Kozmann

Vocês se lembram que no final do ano passado eu passei 3 a 4 semanas na Itália, para comemorar meus 5 anos de casamento. Meia década juntos não é qualquer data, né!? Por isso caprichamos na escolha! A primeira parte da Itália passamos na Sicília (e lá conheci o paraíso, quem quiser ver mais sobre isso, clique aqui), a segunda parte da viagem na Toscana countryside (Um sooooonho de viagem! Para ver mais, clique aqui) e, finalmente, a terceira parte, em Florença, a capital da Toscana (para ver tudinho, clique aqui). Dia 1 - Foto 0 - CortonaIMG_20150923_210635Enquanto estávamos na Toscana fizemos dois dias de um tour guiado pela Patrícia Kozmann e posso adiantar que foi uma das experiências mais incríveis da minha vida!! A Patricia Kozmann é uma brasileira que vive na Itália há alguns anos, e é dona de um faro e um bom gosto inacreditáveis! Eu cheguei até a Patrícia em pesquisas pela internet, mas depois, toda minha empatia foi confirmada pela Consuelo Blocker, num encontro inesperado no Minas Trend, e depois, ao vivo!Dia 2 - foto 8 Fortezza di MontalcinoDia 2 - foto 3 - na Enoteca La Fortezza di MontalcinoEla elabora roteiros como uma artesã. Conhece cada pedacinho, cada detalhe, cada curva, cada cor das regiões mais apaixonantes da Itália, que costura sempre de um jeito novo e surpreendente. Dia 2 - foto 10 Lettering - Estrada para MátéIMG_20150923_192321Dia 1 - Foto 7 na FattoriaDia 1 - Foto 21 - usar após minha fala depois da degustação de azeites - último programa do dia 1Seja uma visita à vinícola que só abre as portas para poucos, seja para saborear as delícias da slow food italiana em lugares que você não vai achar no Google, ou mesmo conhecer um resort exclusivíssimo, o olhar dela faz toda a diferença.IMG_20150923_215944IMG_20150923_214950IMG_20150923_220210Dia 2 - foto 14 na parte específica da desgustaçãoDia 2 - foto 15Dia 1 - Foto 22 - no lettering Abbadia SicilleNão vou contar muito não, mas vocês vão poder conferir um pouco do que estou falando no vídeo de hoje. Apertem o play e viajem comigo!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no email e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí! E vem muita coisa!

30
mar

Novos talentos na praça: novas marcas no READY TO GO! Oba!

Maior concurso mineiro voltado para os talentos criativos de MG chega à sétima  edição apresentando coleções para o verão 2017.

A sétima edição do concurso READY TO GOInvestindo no futuro da moda, – será   realizada em abril, apresentando as coleções para o verão 2017 de 12 marcas  iniciantes, reunidas no estande coletivo do Sindicato das Indústrias do Vestuário de   Minas Gerais (Sindivest-MG), no Minas Trend Preview (4 a 7 de abril), tudo durante a semana de moda mineira que já acontece na semana que vem.

As estreantes são Caniglia, M’adri, Mollet, Fernanda Farah, Miau, Regina Misk,  Ronaldo Silvestre, Benedita e Maddie. Lu Tolentino, Tyyli e Sabor de Hortelã entram  pela segunda vez no concurso, uma vez que seu regulamento permite que as grifes   participem do mesmo por duas edições.

Idealizado pelo Sindivest-MG e organizado pelo TS Studio, o objetivo do READY TO GO  é identificar, capacitar e divulgar novos talentos com potencial, destacando o trabalho   dos jovens designers e suas marcas. O processo para conquistar espaço no coletivo começa por uma seleção feita por Terezinha Santos (diretora do TS Studio), ao longo  do semestre. Em seguida, as escolhidas passam por uma consultoria da empresa nas   áreas de produtos, tendência e gestão.

Como nas outras edições, os participantes do estande serão avaliados por um júri  formado por jornalistas mineiros e de fora do Estado, além de formadores de opinião,  estilistas renomados, arquitetos, designers e empresários. O vencedor recebe como  prêmio um estande cedido pelo Sindivest-MG para participar, individualmente, do próximo Minas Trend. Incrível isso, né?!

“O diferencial do READY TO GO é que ele lança e divulga novos talentos, além de   garantir aos mesmos o caminho da profissionalização. E esse caminho do sucesso não   é  só dos premiados. Temos hoje várias marcas dessa nova geração, que estão   seguindo trajetórias brilhantes, como a Thays Temponi, Unit 7 e Ammis”, afirma Tereza  Santos.

O projeto conta com apoio da Salamandra Comunicação.

AS MARCAS

Regina Misk – Estilista: Regina Misk  Regina Misk_1A marca promove o diálogo entre o moderno e o artesanal, por meio de cores,   proporções, volumes e texturas, utilizando as técnicas milenares do tricô e do crochê.  Na coleção Flora Brasileira, as peças são inspiradas na rica flora brasileira e as texturas   e relevos lembram frutos, como a casca da fruta de conde ou a delicadeza das   jabuticabas. As formas são simples e retas. A cartela aposta nas cores quentes como  pink, orange, verde-lima, caribean blue. A aplicação de materiais, como acrílicos e   metais, conferem um toque moderno e contemporâneo ao trabalho.

Ronaldo Silvestre – Estilista: Ronaldo Silvestre Ronaldo Silvestre_1 Conhecido por suas participações no Dragão Fashion, em Fortaleza, o mineiro Ronaldo  Silvestre se inspirou no filme O Piano. Sob a ótica do amor, seus dramas e armadilhas,   a coleção é atemporal, seguindo o movimento slow fashion, aliando sustentabilidade   ao feito à mão. Tecidos orgânicos e com identidade próprias se unem ao jeans e suas   nuances, criando formas e dando identidade única a cada peça. Seda artesanal, jeans,   sarjas, estampas geométricas, tons terrosos, chá com mel e preto compõem o trabalho   da marca. Em destaque, os tecidos artesanais produzidos no tear mineiro com fios de   seda; bordado redendê para flores e sobre estampas; bordados na técnica de renda   irlandesa, usando fios de seda artesanal; cirandinha em crochê, com fios de seda   artesanal e passantes em jeans.

Mollet – Estilista: Ana Machado Molett_1 Trazendo cortes minimalistas, que privilegiam a aderência do tecido ao corpo, a   coleção Calma (inspirada na letra de Arnaldo Batista) aposta na simplicidade sem ser   simplista. O moletom é o personagem principal, unindo o moderno ao casual em uma   síntese única. Mesmo quando não aparece, ele está presente, metaforizado por  shapes, cores, ou, simplesmente, pela “sensação”.

Benedita – Estilista Camila Torres Benedita_1 A coleção Matamaré investe na técnica do moulage, que valoriza o caimento e o acabamento para compor peças para praia confortáveis e sensuais. As estampas foram   desenvolvidas pelo artista plástico Thiago Mazza, que transportou para os tecidos seu   universo multicolorido de passarinhos, bichos e plantas.

Canigilia – Estilista Ana Machado  Caniglia_1O verão da Caniglia resgata a herança da família Caniglia, originária da cidade de  Troína, na Sicília, sul da Itália. O cenário é a Primeira Guerra Mundial e o pós-guerra. A   coleção Cavalieri Nobili faz uma releitura dessa história, retomando silhuetas,   bordados e formas encontradas no álbum de fotos da família. Os tecidos são linho,  viscose, tule e tricô. As formas da arquitetura dos cartões postais da Itália da época   inspiraram o bordado geométrico, carro-chefe do trabalho. Os shapes surgem com   formas retas e oversized. Tons de pastel, cinza, preto e branco compõem a cartela.

Sabor de Hortelã – Estilista Bruna Bittar  Sabor de Hortela_1A literatura, especificamente o livro Jardim Secreto do francês Hodgson Burnett, é o   tema do trabalho da Sabor de Hortelã, especializada em roupas de festas. A paleta   chega com tons alegres e contrastantes como o pink, amarelo, laranja e verde. Rendas   florais, bordados de paetês, pérolas e flores remetem à delicadeza e feminilidade da   coleção.

Lu Tolentino – Estilista Lu Tolentino   Tyyli_1 Pôr do sol, paisagens inspiradoras e ensolaradas da Riviera Italiana, mais   especificamente da bela Cinque Terre, são os pontos de partida para o verão da Lu  Tolentino. A coleção se destaca pela leveza, fluidez, transparências, recortes,   sobreposições, babados e misturas inusitadas de cores. A cartela traz o frescor dos   deliciosos gelatos – limone, crema, fragola, papaia e mirtillo. Destaque para os shapes   fluidos, enviesados e com bastante movimento, o corpo modelado e com marcações   nos quadris. A seda, matéria-prima principal, é usada em diferentes bases.

M’adri – Estilista Adriana Coutinho  M'adri_1As referências da coleção, que tem como inspiração o amor, são Londres, Milão e Nova   York. As camisetas, com estampas exclusivas, vêm recheadas de elementos fun, artsy e   românticos e são confeccionadas em tecidos de fibras 100% naturais.

Miau – Estilistas Maria Elisa, Isabel e Helena  Miau_1As camisetas da Miau surgem básicas, estampadas ou com frases engraçadas. O tema  da coleção são as garotas californianas e seu estilo de vida, referendando as diversas   tribos da região. Despojamento e casualidade marcam o trabalho, elaborado em   malhas macias. Os tons vão do pastel ao preto.

Maddie – Estilista Camila Gontijo  Maddie_1Fios de poliamida de alta torção estão presentes no verão da Maddie. Os shapes, ora   justos, ora com aspecto plano, são sensuais e femininos, reinventando-se por meio das  moulages, amarrações e trespasses. Os tons da estação entram como detalhes, como   composição e também como cor absoluta. A brincadeira com os pantones resulta em   modelos bicolores e tricolores, com a energia de tons cítricos e a calmaria dos neutros,  nudes e terrosos. O azul aparece em três versões, do turquesa ao marinho. O   acabamento a fio também está presente.

Tyyle – Estilista Ligia Lapertosa  Tyyli_1O nome da coleção é Bucolismo Moderno, misturando o urbano com o estilo   campestre romântico. O estilo é descontraído, apoiado na feminilidade. A estampa  vintage, inspirada em papel de parede com florzinhas, surge com efeito descascado.   Babados e faixas representam a mulher romântica, feminina e delicada.

Fernanda Farah – Estilista Fernanda Farah  Fernanda Farah_1Lugares chiques e misteriosos inspiram a estilista na escolha de cores, tecidos e   estampas. Para o verão 2017, Fernanda Farah buscou esses locais especiais que   visitou, introduzindo tecidos e malhas diferenciadas. As flares com t-shirts de algodão   e sedinha compõem o mix de looks apresentados pela marca na estação. O diferencial  é fornecido pelas cores, couros, rendas e pelas mesclas de tecidos, como o algodão, elastano e seda, Destaque para os detalhes das peças – fendas, zíperes e ilhoses. Na  cartela, o branco e o off white jogam com os tons coloridos.

Pireeeeeeeeei nessas fotos. Achei espetaculares! São elas todas do fotógrafo Weber Pádua.

Informações para imprensa:  Salamandra Comunicação e Marketing
Jornalista responsável: Heloisa Aline  Fones: 31-9314.5366 / 3225.0850
salamandra.comunicacao@gmail.com  @salamandracomunicacao

21
Maio

LOOK DA ANITA

Vocês devem se lembrar que um dos looks do Minas Trend foi um conjunto composto por uma saia e camisa (se não lembram, cliquem aqui). Pois é! Apesar de amar um vestido (pela praticidade, feminilidade, etc), eu AMO um conjunto exatamente pelo pode multiplicador de looks que ele tem. Quando vi aquele look, de cara pensei 1001 opções de usá-lo.

E aqui estou com uma das 1001 ideias..rs. Achei tão legal usar essa produção assim. Um arrumado meio despojado. O modelinho (puket) da bolsa foi exatamente para quebrar qualquer seriedade que a proposta poderia conferir. Eu adorei! E vocês?

DICA DA CONSULTORA:

scarpin nude (o sapato nude em geral) tem um super poder alongador e é extremamente bem-vindo para quem tem a intenção de parecer mais alta, esguia ou esbelta. É indicado também para quem quer usar estampas ou peças muito coloridas, ou também, roupas que possam eventualmente “cortar” a silhueta ao meio (calças com barras dobradas, cintos muito largos de cor diferente da roupa de fundo). Vale o investimento!

Fotos: Lucinha Machado Fotografia (@lucinha_fotografia e lucinhamachado.fotografia@gmail.com)11 22 33 44 55 66 77 88Camisa: Áurea Prates; saia: Zara; cinto: Riachuelo; bolsa: Mercado LojascarpinSchutz; batom: Flat out FabulousMAC

07
abr

Dia #02: Minas Trend Verão/2016

O segundo dia de Minas Trend foi pautado pelo início oficial dos desfiles. Neste dia, as marcas que desfilaram foram Vivaz, Faven, Madreperola, Patrícia MottaAlexandre Herchcovitch. Muita riqueza de detalhes, alguns marcas se aventurando em novos estilos, mas ainda assim, identidades mantidas e respeitadas. Gostei muito de tudo que vi! No vídeo vocês vão poder acompanhar mais de perto cada uma das marcas e suas criações. Apertem o play!

O look escolhido para o segundo dia foi um conjunto estampado da Áurea Prates que, de longe, muita gente pensou se tratar de um vestido. Amo conjuntos (já falei muito sobre isso aqui) pela liberdade e possibilidade de multiplicação dos looks. Ah, no vídeo fizemos até “look em movimento” :)

Fotos: Lucinha Machado Fotografia (@lucinha_fotografia e lucinhamachado.fotografia@gmail.com)
MWV16-dia2-7MWV16-dia2-24MWV16-dia2-12MWV16-dia2-8MWV16-dia2-16MWV16-dia2-19MWV16-dia2-14MWV16-dia2-18MWV16-dia2-22Saia e camisa: Áurea Prates; sandália: Luiza Barcelos; bolsa: Santa Lolla para C&A.