fbpx

Fresca? Não! Bem criada.

Tag: museu

12
dez

Minha rotina: trabalho, dieta, chuva, ballet, academia, eventos, museu, Nando Reis, etc..

O vídeo de hoje, como naturalmente vocês já sabem, é daqueles vlogs beeeeem típicos, portanto, com muito trabalho, correria, evento, e “Projeto Real da Vida Real com a Anita” em dia! Uhuuu!

Tem toró de chuva, detalhes da minha dieta, aula de ballet, de abdominal e de glúteo, inauguração do Museu da Moda, show do Nando Reis na loja nova da Vivo no BH Shopping e muito mais.

Vem ver!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!

06
dez

Look da Anita

O look que venho mostrar hoje foi usado em um momento muito especial: A inauguração do MUMO (tem post completinho dele AQUI). Estou muito orgulhosa de BH, por sediar o primeiro museu de moda do país. Demais, né?

E depois ainda emendei com a inauguração da loja da Vivo no BH Shopping, com nada mais, nada menos que um showzinho intimista e DELÍCIA do Nando Reis. Vivo, obrigada pelo convite!

E segue o look: Escolhi uma produção all black, mas que fosse delicada e elegante. Para isso, uma pantalona bem ampla, equilibrada com um top mais feminino.E para arrematar, o poder dos acessórios!

Acho que transitou bem entre os dois eventos! E vocês, o que acham?_mg_8251_mg_8227_mg_8217_mg_8285 _mg_8310_mg_8313_mg_8336 _mg_8342Fotografia: Amira

Look: Pantalona: Forever 21; Top: H&M; Bolsa: comprada em Arezzo, Itália; Acessórios: Claudia Marisguia Bijoux; Batom: Captive, MAC.

06
nov

Tudo sobre a Exibição Uniformity no F.I.T.

Quem me acompanhou nas últimas semanas viu que fiz alguns cursos no F.I.T. em NY, durante minha estadia e já tinha ido à Exibição Uniformity que está rolando por lá, sozinha, por minha conta mesmo.

Acontece que posteriormente eu voltei lá com a turma do curso, em uma visita guiada (Talk & Tour) pela curadora da mostra. E gente! Parece que foi outra exposição. Quantos detalhes e observações nosso olhar não absorve de primeira, não é? Fora ouvir isso de uma pessoa totalmente in no assunto. Foi demais!

Fiquei tão empolgada e hoje resolvi mostrar um pouquinho do que está rolando por lá!

25377435774_82a4c6b92a_o_jpg_2895_north_499x_white

A exposição traz uniformes que vão desde escolares, até do exército e ficam separados em quatro categorias: militar, de trabalho, escolar e desportivo. Vemos uniforme de bombeiro de 1950 a um uniforme escolar contemporâneo do Japão, passando por um uniforme do exército dos EUA da I Guerra Mundial e uma camisola de futebol de 1920.

Os designers e marcas representados em “Uniformity” incluem nomes como Ungaro, Geoffrey Beene, Stella Jean e Gucci. A exposição fecha portas dia 19 de novembro.25380144403_c4cd3a3c97_o_jpg_5803_north_499x_whiteUniforme de futebol de 1920 e vestido inspirado em uniforme de futebol, por Geoffrey Beene (1967)

25380144503_2269e94f67_o_jpg_2646_north_499x_whiteÀ esquerda, Jean Paul Gaultier de 1992. À direita, look Sacai de primavera 2015

25381396823_132ecb729b_o_jpg_7971_north_499x_whiteBlazer da Universidade de Princeton de 1944

25888113042_721f67244c_o_jpg_9657_north_499x_whiteUniforme de comissários de bordo da TWA de 1975

25889365302_627b0663d3_o_jpg_48_north_499x_whiteLook inspirado em estudante japonesa criado por Rudi Gernreich em 1967.

25913965351_54afa5db94_o_jpg_2181_north_499x_whiteUniforme do McDonald’s de 1976

25913965541_c9205edd6a_o_jpg_7159_north_499x_whiteÀ esquerda, uniforme de coronel do exército dos EUA de 1950. À direita, uniforme oficial da Reserva Naval dos EUA de 1942.

25984226216_b7d59ce67d_o_jpg_5722_north_499x_whiteJaqueta Gucci inspirada em uniformes esportivos.

25984226246_b3474006ef_o_jpg_1861_north_499x_whiteLook Comme des Garçons criado em 1998. À direita, uniforme do exército americano usado durante a 1ª Guerra Mundial.

Quem estiver de passagem pela cidade TEM que ir a esse museu (FIT Museum) que mesmo pequeno, é riquíssimo em acervo de moda (um dos poucos do mundo dedicados exclusivamente ao tema).

INFORMAÇÕES:

“Uniformity”
Galeria Fashion & Textile History Gallery do Fashion Institute of Technology (FIT)
20 de maio a 19 de novembro de 2016
www.fitnyc.edu

06
set

F.I.T: fotografia, arte e sentimento humano com Roberto Benatti

Olá leitores do Anita Bem Criada, tudo bem?

Já feito o primeiro post (quem não viu ainda, clique aqui!), prometo hoje eu não vou contar a história da minha vida pra vocês, embora eu vá sempre compartilhar algo dela com vocês ok? (risos).

Considero a oportunidade de viajar uma das mais importantes para a nossa existência, seja cultural, existencial, para a saúde mental e até física.

Em todas as viagens eu considero absorver um pouco para a bagagem e sempre procuro estudar, adquirir conhecimentos, fazer workshops, visitas técnicas para expandir minhas referências além do meu consciente e inconsciente criativo.

Na minha última viagem a NY eu fiz questão de visitar Museu do FIT : Fashion Institute of Technology. São dois anexos, literalmente dois quarteirões dedicados à moda nas ruas 27 e 28 com a Sétima Avenida, sempre há exibições, o acervo é histórico e imenso nesse que é considerado um dos maiores museus de moda do mundo.

Chegando lá me deparei com uma exposição onde os manequins encenam as facetas dos sentimentos humanos.

Particularmente, uma das coisas me mais me chama atenção na moda é um pouco do lado surreal das coisas. Fico fascinado…

REVIGORADO       fit 1fit 2

DETERMINADOfit 3

DESEJADAfit 4

AMADAfit 5

ENROLADOfit 6

DESOLADAfit 7

Todas as fotos foram feitas com minha recém comprada Sony A7II e uma lente 50mm f/.95.

Sempre opto por fotografar na rua com uma 50mm (50 milímetros) pois é a distância focal que mais se aproxima do olhar humano e isso faz com que os registros sejam mais reais, já que a ideia das minhas saídas é sempre mostrar o meu ponto de vista perante as coisas.fit 8

FANTASIADAfit 9

VAIDOSAfit 10

SOBRECARREGADAfit 11

ENERGÉTICAfit 12Será que com os padrões/ exigências de beleza e perfeição da nossa cultura e geração estamos nos permitindo vivenciar os sentimentos naturais do ser humano?

Pense nisso!

Para os amantes de moda, leitores do site e/ou viajantes como eu, vale a pena agendar uma visita no Museu, fazer os cursos do FIT ou dar uma esticada quando estiver batendo perna por NY mesmo sem programar (o que mais gosto de fazer).fit 13 http://www.fitnyc.edu/

Se chegou até aqui um abraço e até a próxima.

Me siga no Instagram: @benattifoto

Ou escreva: contato@robertobenatti.com

Fotos: © Roberto Benatti  – Todos os direitos Resevados

Roberto Benatti é fotógrafo Profissional especializado em fotojornalismo, moda, casamentos e still. Certificado pela CanonCollege Brasil e Canon Live Learning em San Francisco, com diversos trabalhos publicados em jornais, revistas, capas de revistas, especiais, sites e blogs. Também é Videomaker, Músico e agora colunista. Considera impagável ter a liberdade como estilo de vida e não gostava de viajar até sair do país pela primeira vez.

24
jun

Centro de Referêncida de Moda – CRModa

moda original

Não! Não foi mesmo por acaso que escolhi o Centro de Referência da Moda como cenário para a comemoração dos 5 anos de existência do meu, do nosso, Anita Bem Criada!! A beleza quase extravagante do lugar, o ponto minuciosamente estratégico e a história, sim, uma história rica e destacável, a ser difundida e amplamente conhecida por muitos ou todos, não passaram batido por mim, e não passa por ninguém, posso assegurar.Centro-de-Referência-da-Moda (1)Quem passa pelo cruzamento entre Av. Augusto de Lima e Rua da Bahia, se depara com uma bela edificação de 1914, no estilo neogótico. Lindo e imponente, é confundido por muitos com uma Igreja (tem até quem faça sinal da cruz!).

O edifício é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA- MG) e pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte. Em cem anos de existência, o prédio já sediou importantes instituições histórico-culturais, como o Conselho Deliberativo da Capital, a Biblioteca Municipal, a primeira rádio da cidade (PRC-7, Rádio Mineira), as aulas inaugurais da Escola de Arquitetura da UFMG, a Câmara Municipal, o Museu de Mineralogia Professor Djalma Guimarães e o Museu da Força Expedicionária Brasileira.

O que pouca gente sabe é o que o edifício reserva por dentro. Desde 1997 o prédio abriga o CCBH que, a partir de 2012, abriu suas portas também para o CRModa.

O objetivo é mobilizar o mundo da moda, promovendo debates, estudos, desfiles, exposições, seminários e cursos. A ideia do espaço é ser um marco do setor na capital mineira, com o objetivo de registrar os acervos da cidade, e resgatar a memória material e imaterial ligada ao Design de Moda.

Além disso, no primeiro andar, uma biblioteca guarda livros de arte, história, ciências políticas, dentre outras obras envolvendo, principalmente, a área de humanas. Todos os volumes ficam disponíveis para consulta, em um ambiente aconchegante e rodeado por sabedoria.

Como lembranças daquele dia, em novembro de 2015, em que ali adentramos e exploramos cada degrau, cada curva e pedacinho da história, alguns registros do fotógrafo querido e parceiro, daquele momento, e da vida, Roberto Benatti!CRM-6 CRM-8 CRM-9 CRM-11 CRM-16 CRM-23 CRM-24CRM CRM-2 CRM-4 CRM-5

Próximas atrações:

Dentro da II Mostra Brasil Afro Moda, o Centro de Referência da Moda receberá, de 10 a 12 de agosto o II Seminário Nacional de Moda, Estética Negra e Economia Criativa. Com tema “Novo Olhar para Moda Afro-Brasileira”, é uma oportunidade de consolidar um diálogo com a sociedade belorizontina e nacional, sobre a interação dos temas relacionados ao entendimento das ações transversais e culturais da moda afro-brasileira.

Fonte: https://www.facebook.com/CRModaBHcentro de referência da moda - bh (7)Onde fica: Rua da Bahia, 1149- Centro
Funcionamento: Segunda-feira, de 10h às 19h
Terça a sexta-feira, de 10h às 21h.
Telefone: (31) 3277-4384

Entrada Gratuita