fbpx

Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Saúde

24
set

Ballet para adultos – isso é possível!

Todo mundo que me acompanha por aqui, sabe que uma das atividades que mais amo é o ballet. Pratico a dança há muitos anos e sou defensora dos benefícios que ela trás não só fisicamente, mas também  para a mente e para a rotina.

Treino diariamente no Studio Le Dance (já falei dele nesse post aqui), um lugar que me resgatou a paixão por dançar e toda a disciplina que envolve a atividade. Mas quando eu falo desse tema nas redes sociais o que mais escuto de volta são frases como: “Eu deveria ter feito ballet enquanto era jovem.” ou “Estou velha demais para o ballet”.

Pensando nessas queixas, resolvi trazer no post de hoje algumas dicas e pensamentos que vão te ajudar a desmistificar a relação enter ballet e juventude! Vem comigo?

Primeiramente é importante deixar claro que o ballet é uma atividade recomendada para todas as idades. Obviamente, que se iniciarmos a prática com uma idade avançada, não teremos a oportunidade de nos profissionalizarmos da dança, mas é completamente possível conquistar os benefícios que ela provém.

A pratica do ballet clássico nos propõe rigidez muscular, firmeza, melhora a coordenação motora e também nos ensina sobre disciplina e persistência. Eu mesma devo muito de minhas conquistas e minha postura (física e comportamental) a essa atividade.

Atualmente, no Studio Le Dance eu faço aulas de ballet adulto, numa turma com bailarinas profissionais, bailarinas aposentadas e também com pessoas que nunca fizeram ballet, mas que depois de umas semanas de treino conseguiram alcançar o ritmo do grupo. A dança é assim para todos, é necessário perseverança para quebrar barreiras e atingir objetivos.

Outro ponto que dificulta a prática de atividades como essa na fase adulta é o tempo. Com a vida atribulada acabamos deixando de lado certas vontades, mas o Studio Le Dance facilita essa questão e disponibiliza horários diversos de aulas, incluindo finais de semana!

Mas se você acha que ballet clássico não é o seu caso, existe também a opção do ballet fitness, aquela modalidade que fizemos no aulão de comemoração dos 100k da Anita (veja como foi aqui) Essa opção trás a técnica do ballet para a ginástica, proporcionando um resultado bem legal no corpo.

Para quem quer conhecer mais sobre essa dança, vale a pena conferir as redes sociais do Studio Le Dance e até mesmo marcar uma aula experimental com a professora Letícia Viana. Quem sabe não viramos colegas de ballet?

 

STUDIO LE DANCE

(31) 3581-2505 – contato@ledance.com.br

Rod. MG-030, 8625 – Loja 13 – Serena Mall – Nova Lima

20
jun

Dicas para diminuir o efeito Jet Lag

Quando viajamos para lugares com fuso horário diferente e o ritmo biológico ao qual estamos acostumados se altera, nosso corpo demonstra cansaço, exaustão, alterações hormonais e também psíquicas.

Esse efeito é conhecido como Jet Lag. O pequeno distúrbio que altera nosso sono e desregula nossos sentidos em relação ao novo horário, é auto diagnosticável, auto tratável e possui curta duração.

Mas para que possamos passar por esse momento de forma mais breve e sem grandes danos, existem algumas dicas que podem e devem ser seguidas. O post de hoje fala exatamente sobre isso: Como diminuir o efeito Jet Lag! Vem com a gente?

 

 

1 – Mudança gradativa

Quando estamos indo viajar, colocamos na nossa agenda alguns momentos dedicados a preparação dessa viagem. Arrumar mala, organizar documentação, por aí vai… Para minimizar o efeito Jet Lag é importante que passemos a considerar uma nova tarefa nessa lista de afazeres: mudar nossos horários de alimentação e sono gradativamente para o fuso horário do local de destino.

Dessa forma, seu corpo vai se acostumando aos poucos com uma nova escala de rotina e o distúrbio de sono será minimizado na viagem.

 

2 – Viaje descansado 

Para que seu corpo sinta menos os efeitos do jet lag, é preciso uma boa noite sono antes da viagem. Descansando de maneira profunda, o organismo consegue metabolizar com maior eficiência as mudanças e não tende à exaustão.

 

3 – Hidratação

Outra maneira de ajudar seu metabolismo a funcionar de maneira eficiente é através da hidratação. A ingestão de líquidos é essencial, pois a pressão atmosférica exercida dentro do avião tende a desidratar nosso corpo, acentuando os efeitos do Jet Lag. Frutas e sucos também são ótimos aliados nessa hora.

É importante evitar o consumo de álcool dentro do avião e nos períodos pré viagem, já que esse retira o líquido do nosso organismo.

4 – Rotina alimentar

Manter uma rotina alimentar rigorosa nos primeiros dias de viagem, de acordo com o lugar de destino, pode ajudar o seu organismo a entender que você está vivenciando um fuso horário diferente.

Ingerir alimentos novos, que usualmente não temos costume, pode atrapalhar e causar enjoo e náuseas.

Portanto, insista em realizar as refeições adequadamente e não consuma alimentos fora de hora.

 

5 – Dormir no avião

Dedicar um tempo para dormir dentro do avião, durante a viagem, pode minimizar os efeitos do Jet Lag. Dessa forma, seu corpo se prepara ainda mais para aguentar os primeiros momentos da viagem nos quais o organismo ainda não se acostumou ao fuso horário.

 

6 – Não dormir quando chegar ao destino

Quando chegamos ao destino, após muitas horas de voo, nosso corpo demonstra cansaço e a tendência é que logo busquemos um local para repouso. Mas o ideal é que evitemos dormir para que nosso organismo desacelere apenas no momento certo, de acordo com o fuso horário local.

Uma outra forma de evitar esse momento, é procurar viajar nos períodos da manhã. Dessa maneira, você chegará ao destino no horário mais próximo de descansar.

Quando viajamos longas distâncias e vivenciamos fuso horários diferentes, ficamos sujeitos ao Jet Lag, mas seguindo algumas dicas e se preparando para enfrentar esses momentos iniciais, os efeitos são amenizados e menos tempo durará o processo.

É importante que possamos utilizar esses pequenos truques, pois assim conseguimos aproveitar melhor a viagem, sem grandes problemas e perca de tempo!

 

 

08
abr

Vídeo: Meu ritual noturno para dormir BEM (VEDA #08)

Uma noite de sono bem dormida é fundamental para que eu possa dar conta da minha rotina intensa e alucinante de vida. Noites mal dormidas realmente me prejudicam muito e por isso é que hoje eu adoto uma rotina com um ritual noturno para dormir bem. Vem ver isso de perto!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!

07
abr

Vídeo: PERIGO!!! Taxa alta de alumínio (onde você menos espera!) (VEDN #07)

Alerta! Atenção! Perigo! Nem todo mundo fala disso, mas todo mundo deveria saber. E melhor ainda se for de forma preventiva! No vídeo de hoje eu conto um relato meu, uma experiência pessoal com a taxa de alumínio alta no sangue e traço os desdobramentos disso. Vem ver!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!

 

16
fev

Tudo sobre o meu tratamento com o INVISALIGN! – quase lá!

Há alguns meses atrás iniciei o meu tratamento ortodôntico com o Invisalign! Para quem não conhece esse sistema, trata-se de um aparelho invisível, personalizado e removível  que repara irregularidades nos dentes sem incomodar ou comprometer a imagem e o sorriso!

Com o acompanhamento sendo feito mês a mês (e trocas de alinhadores a cada 15 dias) pude ver de perto as melhorias e os efeitos do processo. O suporte super ilustre da Clínica José Aloizio Ortodontia, também tem sido peça chave para que eu me sinta segura em realizar essas mudanças e também manter alguns detalhes.

Chegamos ao terço final do meu tratamento e assim falta menos de dois meses para concluirmos e eu não poderia estar maaaaais feliz! Os ajustes sutis e delicados estão ficando perfeitos e eu agradeço muito ao meu dentista Carlos que me entendeu, que compreendeu a minha necessidade e vontade de manter minhas características originais e que tanto marcaram a minha vida e minha infância. Afinal, eu tenho que/quero ser exemplo pra minha Pituca de que ser diferente/ter diferenças é o que nos torna especiais, únicas!

A previsão final de todo o processo é de aproximadamente seis meses e assim será inicialmente. Mas a grande vantagem de ter aderido ao Invisalign, é que caso eu precise estender o tratamento, para fazer mais alguns ajustes ou para dar um toque final mais preciso, novos alinhadores poderão ser solicitados e eu terei a plena certeza de que o trabalho foi concluído como prevíamos lá no inicio!

Os meus dentes da frente que até então eram os mais encavalados, já estão quase retinhos, o que me deixou super feliz! Mas para que o resultado seja o ideal, ainda temos mais alguns meses até toda a arcada se posicionar no local certo.

Mais detalhes dessa minha rotina de acompanhamento do Invisalign você encontra no vlog Voltando à rotina lá no meu canal no Youtube!