Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Equipage

24
nov

São 5 anos de Anita Bem Criada! E tem 5 bons motivos para comemorar!

Estou vivendo um momento muito especial na minha vida! E quando digo na minha vida, é porque tudo se mistura mesmo. Vida pessoal, profissional… Difícil separar! Um momento de muita reflexão, muito aprendizado, muita lição, e acima de tudo, de muitos, mas muuuuuuitos motivos mesmo para comemorar! Só que, por mais que cinco anos não sejam cinco dias ou meses, não queria fazer mais do mesmo..

Foi então que eu decidi comemorar de forma diferente.. e com MUITO significado! Eu escolhi cinco marcas mineiras que admiro, que me identifico e/ou que são minhas parceiras ao longo destes 5 anos e, posando para as lentes de Roberto Benatti, fiz um ensaio que ficou para (a minha) história! As marcas que representam a moda mineira neste ensaio comemorativo sãoMabel Magalhães, Vivaz, Infinita, Cosh e Marillia Pitta. A produção de moda ficou a cargo de Marta Duque e a produção de beleza, por Claudinha Goulart. Os sapatos são Equipage e as joias Bernadete Braz.

O cenário foi nada menos do que o Centro de Referência da Moda! E a escolha pelo CRModase deveu a uma combinação de fatores. A condição de referência, mas também de tendência pesou fortemente. O Centro de Referência da Moda  ocupa uma das mais belas edificações da cidade, num prédio neogótico, construído em estilo manuelino no ano de 1914. A mistura de história, arte, cultura, tudo isso num espaço público aberto à reflexão e ao debate, o que me fascinou, me encantou, e me arrepiou da cabeça aos pés.

Fiquei pensando nos motivos que tenho para celebrar, comemorar, e vi que eles são muitos,muuuuuuuuuitos. Mas aproveitando a data, os CINCO anos do Anita, eu elenquei CINCO (grandes) motivos para eu estar em festa! Como estou!

Centro de Convivência”

Hoje, quando olho pra trás e observo o caminho que percorri ao longo destes 5 anos eu posso tranquilamente dizer que a minha relação com meus leitores transcende aquele espaço virtual. Tenho pessoas mais próximas de mim vindas dali, do que, muitas vezes, amigos ou até familiares. Daí porque algumas leitoras carinhosamente apelidaram o ANITA de “centro de convivência”, o que pra mim, por si só, já é um imenso motivo para comemorar! 1Vivaz - IMG_0048-min

Criação do Canal no Youtube

Essa necessidade de ter meus leitores e companheiros sempre tão próximo acabou fazendo com que eu buscasse caminhos para estreitar ainda mais esses laços. E, e exatamente neste ano que eu comemoro os 5 anos do Anita eu tive a alegria de inaugurar este canal aqui no Youtube!
2Marillia Pitta - IMG_0110-min

Trabalhar com o que se gosta é luxo

Não há dúvidas de que hoje o blog se transformou num trabalho, tão importante quanto o meu trabalho na área jurídica. E embora o trabalho, o esforço, as demandas sejam de fato muito maiores, trabalhar com o que se gosta, com o que te dá prazer, e especialmente, com o que você escolheu fazer, é de fato um luxo. 3Cosh - IMG_0132-min

Reconhecimento

E já que estamos falando de trabalho é maravilhoso hoje me dar conta de que marcas e profissionais que tanto admirei no passado, que tanto desejei ter por perto, trabalhar juntos, hoje são meus parceiros, confirma e acreditam no meu trabalho e na minha trajetória!
4Infinita - IMG_0221-min

Garantia de lindas recordações

E finalmente, a bagagem que eu conquistei, e naturalmente transmiti e compartilhei ali naquele centro de convivência é uma maneira linda e mágica de eternizar os sentimentos e as recordações daqueles tempos vividos!
5Mabel Magalhães - IMG_0298-min

Muito obrigada do fundo do meu coração a todos vocês que são a verdadeira razão disso aqui!

30
ago

Look da Anita

O pretinho básico sempre teve e sempre terá o seu reinado, né!? Quando este pretinho não é tão básico assim então, é um verdadeiro caso de amor! Este seria apenas mais um pretinho básico, não fossem os detalhes. A renda perpassando o decote e o colo, e a manga bufante, porém, fluida e transparente, arrematando o conjunto da obra. Achei chique na medida e bem apropriado para o evento escolhido da noite: o concurso Miss Minas Gerais 2014.

Como complementes uma sandália na pegada mais “festa”, e, para garantir uma “alegria” ao look, esta bolsinha em onça laranja (!!), que, como já contei aqui, foi um super achadinho do Duty Free de Puerto Iguazú. E fui assim!
06_AnitaBemCriada-8306_AnitaBemCriada-7606_AnitaBemCriada-8906_AnitaBemCriada-7106_AnitaBemCriada-8906_AnitaBemCriada-7706_AnitaBemCriada-92Vestido: Skazi; sandália: Schutz para Equipage; bolsinha (achadinho do Duty Free de Puerto Iguazú); batom: Flat Out Fabulous, MAC

01
set

Look da Anita

Ooooooooooooooooooi! Gente, tive um final de semana tão maravilhoso em BH que vocês nem imaginam.. Jantar na casa de amigos quiriiiiiiiiidos, encontro com a família, passeio em Inhotim, mas, principal e especialmente, por ter ido ao espetáculo do Ballet Kirov aqui no Brasil!! Como disse, depois de já ter perdido as esperanças eu tive a maior surpresa do mundo quando fiquei sabendo que sim, eu não ficaria de fora mais uma vez. Vocês não imaginam meus pulos de alegria. E olha, realmente fui uma noite de gala, de um espetáculo grandiosíssimo e que durou, PASMEM, três horas! Voltar ao Palácio das Artes para um espetáculo de ballet desta natureza é realmente uma experiência inesquecível. Vi, revi e revivi tanta coisa, tanta história, tantas pessoas. Mas duas histórias são particularmente especiais pra mim. A primeira é que eu já me apresentei naquela imensidão de palco. Pois é, minha primeira apresentação de ballet, de “Anita Kids” mesmo, há tipo, duzentos anos atrás, foi ali e vocês já até viram umas fotinhas neste post aqui.

Isto é um privilégio para poucos, viu? A segunda é que eu revivi uma experiência engraçadíssima e inesquecível que passei há um tempo atrás, juntamente com duas amigas queridas: Manuella e Clarissa. É que da última vez que o Kirov veio aqui nós três fomos à apresentação matinée (vespertina) e, naquela loucura que tínhamos e que éramos com o ballet não sei nem como, mas nos enfiamos, depois do espetáculo, nos camarins, nos corredores dos bastidores, tudo para conseguirmos uma sapatilha usada, um autógrafo, uma foto, o que quer que fosse. Mas nossa ousadia foi tamanha que fomos nos enfiando, nos metendo, escondidas de todo mundo, claro, que, de repente, nos vimos do lado de dentro do palco com o espetáculo da noite prestes a começar. E o melhor. Ninguém nos viu, nos descobriu e nós assistimos ao Kirov de dentro da coxia.

Parece história inventada, mas juro que não é. As meninas estão aí que não me deixam mentir.Aaaaaaaaaaaaai, que saudade.. Manu, Cla, que saudade de tudo! Deixando os devanEUios de lado, quanto ao Look do dia eu usei um vestido que tinha usado pela primeira e única vez até então no meu casamento na Igreja (para quem não sabe, casei três vezes em uma semana- no civil, na Igreja e na festa – com o mesmo maridooooooo, ok???). Nunca mais usei e esqueci. Mas estava com vontade de usar algo mais classiquinho, com cara de bailarina mesmo e, exatamente por isso, fiz também o coque. Já queria entrar no clima.

Vestido nude: Iódice Sandália: Equipage Brinco: Pink Biju Clutch: H&M Batom: Please Me, MAC

 

 

O programa e o palco

 

 

O Grand Finale! P.S.: Só tirei foto quando o espetáculo acabou, ok?? Antes disso é proibido e muito mal educado.

A história do Ballet Kirov

 

O Balé Kirov foi fundado na década de 1740 como o Ballet Imperial Russo. Fechado após a Revolução Comunista de 1917, o Ballet reabriu com o nome Ballet Soviético, até ganhar, em 1934 o nome de um líder soviético assassinado por Stalin: Sergei Kirov. Durante o século XX o Ballet Kirov consolidou sua fama mundial, tendo revelado bailarinos como Mikhail Baryshnikov, Anna Pavlova, Vasláv
Nijinsky, Rudolf Nureyev e Natalia Makarova. Em seu repertório, peças consagradas como Romeu e Julieta, O Quebra-Nozes e O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky. O Ballet Kirov apresentou O Lago dos Cisnes pela 1ª vez em 1895 no Teatro Mariinsky. Com o fim da União Soviética a Companhia passou a se chamar Ballet Mariinsky, adotando o nome do teatro que os abriga desde o século XVIII, e utilizando o nome ‘Ballet Kirov’ apenas para suas turnês mundiais. Nos anos do regime comunista, passou a ser conhecida como Ballet Kirov.
Atualmente o Ballet Kirov é dirigida por Yuri Fateiv, que procura manter o repertório romântico e clássico, promovendo paralelamente uma abertura para os coreógrafos mais modernos do ocidente.
O Ballet Kirov é hoje um dos maiore