Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Anita por aí

22
out

Os castelos mais incríveis que visitei na França

Como muitos de vocês sabem e acompanham no meu instagram, estou viajando pela França em comemoração ao meu aniversário de casamento com o Luciano.

Dessa vez decidimos fazer um roteiro pouco convencional, conhecendo cidadezinhas e regiões do país que não são tão visitadas mas são igualmente deslumbrantes como a capital. Dentre esses lugares passamos por Nice, Saint Tropez, Mônaco, Villerfranche-sur-Mer, Gordes, Vale do Loire e ainda temos alguns pontos a percorrer.

Chegando na terceira parte dessa nossa aventura, decidimos por desbravar os castelos da região do Vale do Luar por onde passaram figuras ilustres como Leonardo Da Vinci e Charles Perraut, autor de A Bela Adormecida. Um mergulho na história e no passado repleto de paisagens estonteantes e inesquecíveis.

Essa região é composta por mais de trezentos castelos e para quem quer conhecer um pouco dessa magnitude, sugiro escolher quatro ou cinco opções para visitar. Fazer todo o percurso de carro também é uma sugestão que vale bastante a pena para quem quer poupar tempo e desfrutar ao máximo do passeio.

Eu e Luciano passamos três dias estabelecidos na vila medieval de Chinon, um local bem pequeno porém repleto de opções de restaurantes, supermercados e lojinhas de iguarias. Dentre as diversas opções de castelos no entorno, selecionamos algumas como Château de Chenonceau, Amboise, Clos Lucé, Château d’Ussé e Château de Chambord

Toda essa programação optamos por fazer sem pressa, de maneira nada engessada, curtindo o que cada local poderia oferecer de interessante. E nesse post conto um pouquinha de cada visita à vocês. Vem comigo?!

Château de Chenonceau:

Conhecido por nomes como Castelo das damas, do amor, do luxo, o Château de Chenonceau é o castelo particular mais vistado da França e faz jus a esse título por ter uma vista deslumbrante para o Rio Cher e pela luz refletida em uma de suas pontes. O apelido do castelo das damas dá-se po seu histórico vasto de proprietárias mulheres.

 

Castelo de Amboise:

O castelo de Amboise pode ser considerada a última fortaleza medieval e o primeiro palácio Renascentista. É lá que está localizada a tumba de Leonardo Da Vinci.

O jardim e a vista do castelo para a cidade de Amboise são deslumbrantes, principalmente no final do dia. A visita pode ser realizada da maneira convencional ou com áudio book.

 

Clos Lucé:

A última morada de Leonardo da Vinci, o castelo de Clos Lucé situa-se a 500 metros do Castelo Real, em Aboise. A visita é super interessante tanto pela parte estrutural, onde o inventor viveu, tanto pela região do jardim que ficam espalhadas muitas das engenhocas arquitetadas e inspiradas pelo gênio da pintura.

 

Château d’Ussé:

Situado ao sudoeste de Paris, o castelo d’Ussé é bastante reconhecido por ter inspirado o autor Charles Perrault a escrever o clássico A Bela Adormecida. Esse passeio até então foi um dos meus favoritos, pois as instalaçãoes são lindas de viver e parecem um sonho!

O castelo é composto por uma parte tradicional, que um dia foi uma fortaleza medieval e tem um outra parte totalmente dedicada ao conto da Bela Adormecida: uma torre que em cada cômodo conta um trecho da história com direito a trilha sonora, verdadeiramente emocionante!


 

Château do Chambord:

Considerado o maior castelo do vale do luar, o Château do Chambord é um espaço extremamente imponente. Seus jardins e cúpulas oferecem vistas e paisagens de tirar o fôlego.

Sua escadaria principal de dupla hélice foi possivelmente projetada por Leonardo da Vinci, na qual as pessoas se enxergam nos vãos livres, porém nunca se encontram umas com as outras. Fascinante!

Na grande maioria dos cômodos do castelo não há mobílias, apenas no primeiro andar. Isso, na minha opinião, faz uma grande diferença, já que me perco ao imaginar como teria sido a vida ali há séculos atrás.

De todos os pontos visitados, o Château do Chambord é o mais próximo de Paris e por isso é também o mais movimentado em termos de turismo.

21
out

Vídeo: Me hospedei num CHATEAU na Provence! Relais & Chateaux 🏰🤴👸

Passamos 6 dias na Provence e por lá nos hospedamos num Chateau que pertenceu à Família de Fonscolombe e que hoje se tornou um hotel da rede Relais & Chateaux. E é isso que mostro em detalhes no vídeo de hoje!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!

Veja mais sobre a minha viagem à França clicando aqui!

19
out

Onde fiquei na Provence: Chateau de Fonscolombe

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a França e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras! No post de hoje daremos continuidade à série sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Descendo as montanhas fomos conhecer a região da Provence, e por lá também nos hospedamos em um hotel da rede Relais & Châteaux, o Chateau de Fonscolombe.

Para a nossa surpresa, logo na chegada descobrimos que havia uma brasileira na equipe da hospedagem e que nos concedeu um upgrade no quarto. Assim ficamos numa acomodação digna de príncipes e princesas, um sonho!

Uma das mais ilustres hóspedes que já passaram por lá foi nossa querida Rainha Elizabeth, que inclusive plantou uma árvore no local reconhecida e celebrada por dar muitos frutos e sombra!

O hotel fica à 20 minutos de Aix en Provence, nossa cidade base dessa parte da viagem. Essa escolha um pouco mais distante foi proposital pensando no sossego.

Por lá almoçamos e jantamos três dias no restaurante e tomamos café da manhã com uma vista belíssima para o jardim, com direito ao canto dos passarinhos e muita paz!

 

12
out

Onde fiquei em Éze: La Chevre D´Or

Como tradicionalmente faço em toda viagem, dedico um espaço aqui no site para contar um pouco sobre cada hotel que me hospedo. Essa é a forma que encontrei de compartilhar dicas úteis sobre hospedagens e seus detalhes.

Quem vem me acompanhando no Instagram sabe que meu mais recente destino foi a França e por lá passei por diversas cidadezinhas encantadoras! No post de hoje daremos continuidade à série sobre onde fiquei nessa aventura! Vem comigo?

Depois de Nice, fomos para o vilarejo medieval de Éze, onde escolhemos passar o nosso aniversário de casamento. Além dessa data mais do que especial, definimos que esse ponto da viagem seria ideal para alguns momentos de descanso e menos andanças, o que justifica a escolha de uma hospedagem mais confortável.

Assim, escolhemos o La Chevre D´Or, um hotel da rede Relais & Châteaux, encrustado na montanha e todo distribuído nas alturas, com uma vista magnífica para a imensidão azul do mar mediterrâneo.

A boa impressão começou logo que chegamos ao quarto, onde encontramos alguns mimos preparados pela equipe do lugar em homenagem a nossa data! Tinha vinho, aromatizador de ambiente, comidinhas, tudo realmente encantador!

Dentro do hotel existem três opções de restaurantes, um deles inclusive, com duas estrelas Michelin. Para relaxar por completo a estrutura também oferece piscinas aquecidas e com borda infinita, um verdadeiro oásis! Já o café da manhã além de delicioso contava com a paisagem estonteante do mar e da montanha!

La Chevre D´Or só por ser da linha Relais & Châteaux já possui a chancela de qualidade e é uma excelente opção para quem viaja para comemorações como aniversários e lua de mel. 

De tão deliciosa que foi nossa estadia, deixamos para curtir e conhecer a cidadezinha apenas no último dia, já que nos outros aproveitamos toda a estrutura desse paraíso francês!

10
out

Meus looks de viagem!

Os momentos pré viagem podem ser uma preocupação para muita gente, organizar mala e conseguir levar a quantidade ideal de peças é um desafio até para os mais experientes.

Nessa minha viagem à França posso dizer que pela primeira vez acertei na organização em 100%! Por lá peguei a transição entre o verão e o outono e pude sentir de forma brusca a queda dos termômetros.

Preparada para essa mudança tão clara levei comigo peças leves, saias rodadas, vestidos e também casacos mais pesados, blusas de manga comprida e sapatos fechados.

No post de hoje faço um apanhado de todas as produções que usei durante a viagem e mostro essa variação de temperatura na prática! Vem comigo?

Agradecimento especial aos parceiros dessa viagem: Alphorria, La Spezia, Uza Shoes , Balabalagan