Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Aqui é nosso departamento

17
jan

Tendências para o carnaval 2018!

O carnaval já está esquentando seus tambores e se preparando para desfilar na avenida! Nessa época do ano as ruas do Brasil inteiro ficam enfeitadas de fantasias alegres, divertidas e muito bem humoradas!

E de uns anos pra cá, a festa de rua tomou uma proporção tão gigantesca que é quase impossível ficar de fora da folia! O mercado de adereços também cresceu junto ao número de foliões e hoje tem suas próprias tendências e demandas!

E de olho nisso, hoje trago por aqui alguns acessórios e makes que você não pode deixar de conhecer para brilhar muito no carnaval 2018!

Iluminador a mil:

Se tem uma tendência de maquiagem que bombou em 2017 foi o iluminador bem marcado! Uma pele bem iluminada trás vida a produção e no carnaval isso não seria diferente!

Porém o que muda é que ao invés de tons mais voltados para o dourado ou o perolado, na folia, você pode brincar com uma cartela maior de cores como o roxo e o furta cor. Ou até mesmo trocar o produto em questão pelo glitter em gel ou misturado ao olho de coco para melhor fixação!

Ah e a aplicação segue a mesma ideia da maquiagem tradicional: têmporas e maçã do rosto!

Adesivos e pedrarias:

Para completar ainda mais a make de carnaval, acrescentar pedrarias e adesivos coloridos é uma boa pedida! E no mercado você consegue encontra-los tanto com desenhos já prontos para aplicação na testa ou junto do iluminador, quanto avulsos para montar sua própria arte!

 

Acessórios de cabeça:

Essa mania já vem se consagrando como a maior do carnaval nos últimos anos!

Indo naquela ideia dos fascinators da princesa Kate Midleton (que eu a-m-o), um arco com adereços variados é a solução certa para quem quer se fantasiar sem gastar muito!

Tem estilo Carmem Miranda, tem de sereia, tem com flores e folhas! As opções são variadíssimas e as possibilidades inúmeras! Basta combinar com uma roupa colorida (e confortável) que você está pronta para sair na avenida!

Bodys:

Outra tendência certeira para o carnaval são os bodys! A cara do verão, eles prometem conforto, frescor e variedade! Com um modelo simples, de cor única, você consegue compor com shorts, saias e até aqueles tchutchus de balé!

Em lojas de departamento é possível encontrar maiôs lisos, com estampas de arco iris, frases e muitas outras opções!

O legal do carnaval é a permissão que temos para montar fantasias, sermos criativos e brilhar o tempo todo! Sendo uma festa tão democrática fica delicioso sair por aí vestindo nossas próprias criações e improvisos!

E você, gosta de carnaval? Já montou sua fantasia?! Deixa seu comentário por aqui e me conta qual vai ser o modelito da folia!

16
jan

Na lida com Anita

Depois da muvuca de final e começo de ano, depois de um recesso e depois de um mereciiido descanso, hoje trago de volta o nosso tão querido Na Lida com Anita! Estou de volta ao trabalho e logicamente as produções que otimizam e me acompanham no dia a dia, também estão de volta!

Então hoje trago mais uma seleção dos looks mais curtidos na minha hashtag #NaLidacomAnita no Instagram @anitabemcriada. Assim, quem não viu ou quem não tem instagram pode eventualmente se inspirar também por aqui!

E aí, gostaram? Qual é o seu look preferido? Para acompanharem meus looks diários de trabalho, acessem a hashtag #NalidacomAnita no instagram @anitabemcriada.

09
jan

Maui, no Havaí: 10 motivos para conhecer

Maui, conhecida como a Ilha do Vale e também a Ilha do Amor, é a segunda maior do Estado do Havaí. Os locais dizem por lá: Maui “No Ka Oi” (Maui é a melhor)! Eu, honestamente, até hoje ainda não sei qual é a minha preferida. Só sei que Maui encanta e não dá vontade de voltar de lá. Se você pensa em viajar para o Havaí, vou te dar 10 motivos para conhecer Maui! Eis a lista!

1 – Curtir Napili Bay Beach

Chegamos em Maui no finalzinho da tarde. Como em todas as ilhas, pegamos nosso carro alugado no aeroporto e partimos para o hotel onde ficamos hospedados nos primeiros dias.

The Mauian, localizado no oeste da ilha (West Maui), foi um grande achado! Um dos pontos fortes é justamente a localização,  que nos surpreendeu. Além disso, o hotel é novinho, pequeno, intimista, e tão low profile que chega a ser silencioso. O paraíso existe e fica ali. Sem contar que, diferentemente da maioria dos melhores hotéis do Havaí, o The Mauian não cobra estacionamento e nem taxa de resort.

Mesmo que você opte por se hospedar em outra praia vale muito a pena dar um chegadinha em Napili Bay Beach. Essa região tem vários condomínios, hoteis, comércios e restaurantes. Dá vontade de passar no mínimo uma semana. E nada é lotado. Apesar dessa estrutura boa, é um lugar perfeito para relaxar, descansar e curtir a praia. Fica bem pertinho de Kapalua.

2 – Tomar um drink no Merriman’s

Em Kapalua, a pedida é curtir a noite no Merriman’s, restaurante localizado à beira-mar com uma vista linda.  Especializado em cozinha regional havaiana e comandado  pelo Chef Peter Merriman, pioneiro no conceito “Farm to Table” (da fazenda para a mesa), serve apenas os produtos mais frescos, pelo menos 90% cultivados ou capturados localmente, usando métodos sustentáveis.

A dica aqui é experimentar o Ahi Poke Bowl (atum fresquíssimo e delicioso!) e pedir indicações de drinks para o barman. Além da boa gastronomia e dos drinks inusitados, ainda tem música ao vivo com um ótimo repertório. Super badalado, é recomendável fazer reserva. Para isso e outras informações sobre o Merriman’s, você pode clicar aqui.

3 – Ver o sol nascer na cratera do vulcão Haleakala

Separe um dia para conhecer uma das atrações mais populares de Maui, o Haleakala National Park. Esse é um passeio para quem não tem preguiça, pois é indispensável acordar por volta das 2 da manhã, a depender de onde esteja hospedado, para ter tempo suficiente de subir até a cratera do Haleakala e chegar antes do nascer do sol.

Haleakala é um vulcão dormente, lugar considerado sagrado pelos havaianos, e significa a Casa do Sol. A área ao redor do vulcão foi transformada em Parque Nacional e lá no topo há observatórios astronômicos. Pelo nome do vulcão já se nota que o mais legal do passeio é ver o nascer do sol.

A média para subir de carro até o estacionamento é de uma hora, já que se trata da mais alta montanha de Maui, com 3.055 metros de altitude. Por isso, não tem jeito, você precisa sair cedo.

Além de acordar cedo, é indicado levar casaco para encarar o frio. Faz muito frio lá em cima. Não é qualquer casaquinho que dará conta. Aliás, esqueça que você está no ensolarado Havaí, pois do contrário vai congelar lá no alto.

Há quem sugira subir o Haleakala de madrugada em van, e descer de bicicleta. Quando fomos, começou a chover na volta e estava muito frio. Sinceramente, recomendo ir de carro mesmo, salvo se você gostar muito de pedal. O tour de bike começa fora do Parque Nacional.

Desde fevereiro desse ano, é preciso reservar com antecedência a entrada no parque para ver o nascer do sol. Se você quiser apreciar a flora e fauna locais, uma dica é fazer as trilhas pelo parque ou até mesmo contratar um guia para isso. Para os mais aventureiros, é possível explorar a base do vulcão, inclusive acampar, em Kipahulu. Outras informações sobre o acesso para o parque, você pode ver aqui.

4 – Mergulhar em Molokini e Turtle Town

Um passeio em Maui que não pode ficar fora do seu roteiro é o que te leva de barco para Molokini e Turtle Town. Para aproveitar bastante, é recomendável começar o dia bem cedo, quando a visibilidade é melhor para mergulhar.

Próximo à costa de Maui,  Molokini é uma cratera de vulcão que está quase completamente submerso. Santuário marinho, esse é considerado um dos melhores lugares para mergulhar no Havaí, já que, entre outros fatores, sua forma côncava protege os mergulhadores das ondas e das fortes correntes.

No mesmo passeio, a depender das condições climáticas, você pode mergulhar em Turtle Town. Localizado em Wailea, essa parte do mar atrai muitas tartarugas por conta da sua formação geológica composta de lava subaquática.

Esse passeio é perfeito para quem gosta de mergulho. Os tours saem de manhãzinha de Kihei, de Makena ou do píer de Ma’alaea. Nós contratamos o passeio com a Pride of Maui e recomendamos! O passeio completo tem a duração de 5 horas, a tripulação é atenciosa, e ainda rola café da manhã e, depois, almoço no barco, com direito a churrasco e sanduba. Para fazer sua reserva, clique aqui.

Uma dica importante! Depois de mergulhar, é recomendável aguardar um dia antes de subir até a cratera do Haleakala ou de pegar um voo devido a mudanças de altitude.

5 – Dirigir por um campo de lava no sul da ilha

Guarde um dia para descer de carro desde a praia de Makena até chegar em La Perouse Bay, passando por Ahihi Kina’u. Até Makena a estrada é boa, depois começa a ficar um pouquinho pior. No entanto, não é preciso ter um carro 4×4 para chegar na baía de La Perouse.

Ahihi Kina’u é uma área de reserva natural única no Havaí, pois protege o ambiente terrestre e o marinho. Algumas áreas são, inclusive, fechadas para o público. É a partir daí que você vai dar de cara com um campo enorme formado pela última erupção do vulcão Haleakala, em 1790.

La Perouse Bay, tem esse nome em homenagem ao primeiro europeu que chegou em Maui no ano de 1786, o explorador francês Jean Francis Gallup Comte de La Pérouse. Em 1790, quando ele retornou encontrou a comunidade que ele visitou abandonada e coberta com lava vulcânica.

6 – Praticar esportes aquáticos em Hookipa Beach

Uma praia adorada por quem curte surf, wind e kite, Hookipa Beach é especialmente procurada pelos locais durante o inverno, quando as ondas são bem fortes.

Mas, ainda que você não esteja a fim de encarar as ondas, vale a pena dar uma chegadinha até lá para ver as tartarugas fofas que descansam, sob proteção ambiental voluntária, no lado direito da praia.

7 – Conhecer Paia, a região mais roots de Maui

Os mais alternativos gostarão de conhecer Pa’ia, uma área bem roots, com galerias de arte, lojinhas de souvenirs, equipamentos de surf, e roupas produzidas localmente. Vou confessar que essa não é muita a nossa cara, então demos uma voltinha bem rápida de carro mesmo por lá.

Afinal, o tempo é tão corrido que não tem jeito, é preciso ter prioridades! Mas essa é uma região que vários blogs e revistas especializadas indicam conhecer. No entanto, recomendam não deixar mala dentro do carro. Meio desanimador, né?

8 – Jantar no Four Seasons

De vez em quando, a gente pode se dar ao luxo de jantar no Four Seasons! Localizado em Wailea, o Four Seasons conta com três restaurantes: Spago, Ferraro’s e Duo Steak and Seafood. Optamos pelo último somente pela diversidade do cardápio.

Essa é uma ótima oportunidade para aquele jantarzinho romântico e uma boa desculpa para conhecer o interior do hotel, que é um luxo só, diga-se de passagem.

Fui de atum fresquinho e o marido de Rib-eye. Ambos impecáveis!

De sobremesa, ganhamos essa deliciosa mousse de chocolate!

9 – Hospedar-se no Andaz Maui

Ao sul de Maui, você não pode deixar de conhecer Wailea, um dos lugares que mais amei e onde ficamos hospedados nos últimos dias. O hotel escolhido foi o fabuloso Andaz Maui. Dentre os hotéis maiores e mais famosos, a exemplo do Grand Wailea, esse é um pouquinho menos com cara de resortão, pois são “apenas” 290 quartos e 10 vilas privativas.

10 – Aproveitar o dia em Wailea, a região mais exclusiva de Maui

Independentemente do local escolhido para hospedagem, passar um dia em Wailea não pode ficar fora dos seus planos. Atividade tem de sobra. Você pode curtir a praia, aproveitar para descansar, nadar, ou fazer snorkel.

O sunset também é imperdível!

Aproveite, ainda, para dar uma voltinha no The Shops at Wailea, um centro comercial ao ar livre charmosérrimo, onde estão bons restaurantes e grifes poderosas, tais como, Prada, Gucci, Tiffany, Bottega Veneta, e Louis Vuitton.

Maui é um destino espetacular! Inclua-o na sua listinha de lugares a serem conhecidos!

Bianca Cobucci é Defensora Pública, Mestre em Políticas Públicas e coordenadora do Projeto Falando Direito; Autora do blog Teoria da Viagem. Escreve sobre os direitos do consumidor relacionados à viagem e turismo, bem como sobre os países e lugares que já que visitou.

05
jan

Petitas da semana!

Com o verão batendo na porta, naturalmente os looks mais leves, coloridos e vibrantes vêm à tona, né? Mas estar confortável nos dias quentes é ainda mais importante! Por essas e outras é que a minha coleção de Petitas só aumenta. Sandália de tira (que AMO) de 6 cm é VIDA!!! E em váaaaarias cores então! É puro amor!!

E para inspirar o seu comecinho de ano, um look leve, fresh and cool para passar as férias! Look inteirinho direto do nosso queriiiiido #ProvadorFashion lá no #canaldoAnitaBemCriadanoYoutube. Já conferiu?

Fotos: Gui Barros

04
jan

Vídeo: TENDÊNCIAS na DECORAÇÃO para 2018

Quer saber quais são as tendências de decoração para 2018? E quer saber como se inspirar nas mostras da Casacor e aplicar no seu contexto as dicas? Então vem ver o vídeo!

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí!