Fresca? Não! Bem criada.

Tag: fashion week

08
out

Look da Anita – Especial Minas Trend

21ª edição do Minas Trend aconteceu entre os dias 2 e 6 de outubro, por lá passaram milhares de lojistas, estilistas e personalidades do mundo da moda afim de conferir as novas tendências do mercado! Eu e minha trupe também estivemos lá para conhecer os destaques da temporada.

Iniciando essa semana de posts especiais sobre o evento, trago para vocês o meu look da festa de lançamento em comemoração ao décimo ano do maior salão de negócios de moda do país!

Para a ocasião escolhi uma saia comprada durante a viagem para a Escócia, mas que é simplesmente a cara do verão brasileiro! Esse tom de vermelho vibrante foi presença certeira nas semanas de moda e também no desfile de abertura do MTP! Para compor, lancei mão da tendência da lingerie aparecendo, que dá um super toque final na produção! Ah, e podem aguardar que em breve tem vídeo sobre esse truque de estilo lá no canal!

Fotos: Gui Barros

Celebrando a festa com meu amigo e fotógrafo @g.barross

E por último mas não menos importante, a trupe querida reunida! –  Gui novamente e Elisa Santiago, minha assistente e colunista.

Look – Saia: TopShop Lingerie: HOPE Sandália: Arezzo

 

22
ago

A moda escocesa e sua influência

É inevitável estar em um lugar diferente, diante de costumes que muitas vezes não são os nossos, e não ficar contemplando os hábitos das pessoas que vemos nas ruas. Nessa minha imersão na cultura escocesa não seria diferente. Por onde passo vejo lojas típicas com os famosos kilts nas vitrines e pessoas que carregam elementos gaélicos em sua vestimenta.

E boa curiosa que sou, decidi ir um pouco mais a fundo e pesquisar sobre a história da moda escocesa e de suas influências. Obviamente, vou compartilhar tudo isso com vocês por aqui! Vem comigo?Os kilts são saias tipicamente escocesas, pregueadas na parte de trás e transpassadas na parte da frente. Eles foram originalmente destinados aos homens guerreiros dos clãs das terras altas. Cada tartã (ou tartan, padrão quadriculado e xadrez) dessas vestimentas representa uma família específica, como os clãs Stewart, Fraser e tantos outros.

A tradição diante desse traje é tão forte, que se perpetuou ao longo dos séculos e inspirou não só o povo gaélico, mas também o universo da moda. A estampa xadrez é sem dúvidas uma das mais famosas do mundo e junto da estética da peça em questão, já foi tema de coleção de diversos estilistas.

A aparição mais icônica da influência escocesa na indústria fashion foram os looks vestidos por Alexander McQueen e Sarah Jessica Parker no tapete vermelho do também tradicional Baile do Metropolitan Museum of Art em 2006. Com a maestria do estilista, a dupla surgiu vestindo o tartã por cima de um vestido e de um smoking, quando o tema da festa era a tradição e a transgressão britânica na moda.

Nas passarelas um dos desfiles mais memoráveis em que o xadrez escocês imperou, foi a temporada de inverno 2013 da marca italiana Moschino. A estampa aparece em terninhos, blazers, conjuntos e vestidos, acompanhada de outras referências da cultura britânica, como os uniformes dos guardas reais ingleses.

Por fim e um pouco mais perto de nós, Glória Coelho já vem flertando com a cultura escocesa desde os anos 90. Declaradamente fã do universo gaélico, a estilista apresentou sua coleção pre-fall de 2016 mergulhando em ícones da Escócia como trajes de guerra medievais, aquela bolsinha que se usa na frente dos kilts e os próprios tartãs em uma releitura através de sua famosa alfaiataria futurista.

30
maio

Moda High-Tech

O futuro quando retratado nos mais variados filmes, vem sempre acompanhado de feitos mirabolantes, carros que voam, e roupas prateadas. O que não paramos para pensar, é que esse futuro tão estimado nas ficções científicas já está acontecendo à nossa volta. Nem sempre com maestria cinematográfica, nem sempre nos beneficiando, mas nos envolvendo e despertando os mais diversos questionamentos sobre a vida em comunidade e a relatividade do tempo.

Na moda, a temática acerca do porvir é frequente e está cada vez mais ligada à maneira como consumimos. Exemplo disso é o sistema See Now, Buy Now (já falado por aqui), em que peças apresentadas nas passarelas podem ser adquiridas minutos depois do desfile, através da internet. Nesse ritmo, a Gucci de Alessandro Michele, saiu na frente, literalmente, e desenvolveu em parceria com o site de compras Farfetch, o projeto F90, no qual a cliente pode obter uma peça em sua casa em até 90 minutos, numa espécie de delivery. O serviço já está disponível em 10 cidades do mundo, incluindo São Paulo.

Em contraponto a essas grandes mudanças no momento de se consumir roupas, a forma como digerimos as informações de moda também está passando por modificações relacionadas ao uso da tecnologia. Nas fashion weeks em todo o mundo, é fácil notar que os espectadores dos desfiles, não andam mais “desacompanhados”. Os celulares e tablets tomaram conta da “fila A”, e registrar sua presença virtual em eventos como esses, se tornou mais importante do que de fato assimilar as diversas referências passadas ali.

Plateia tira fotos com seus telefones celulares durante o desfile da estilista peruana Claudia Jimenez, no Lima Fashion Week, no Peru

A ciência de ponta possui uma infinidade de funções no universo da moda, seja para nos distrair de determinados objetivos, ou nos aproximar dos processos que envolvem a área, como é o caso do segmento esportivo que utiliza do high-tech para criar peças que melhorem a performance do usuário e a funcionalidade da roupa.

Os aplicativos também são ferramentas que facilitam nosso dia-a-dia e podem nos auxiliar no momento de escolher o que usar, ou em treinos de corridas. Esses dois exemplos em questão podem ser ilustrados pelo app Stella, que tem como função dar consultorias de estilo de acordo com o contexto do usuário, e pelo app Nike+ Run Club, que atua como um parceiro de exercícios, desenvolvendo treinos personalizados e pontuando a performance do atleta.

                                                                               Aplicativo Nike+ Run Club

A tecnologia se faz presente em nossas vidas todos os dias e de uma forma cada vez mais efetiva. Ponderar seu uso, ainda é um passo analógico e que deve ser repensado diariamente. O equilíbrio entre o palpável e o virtual se faz necessário para que o futuro siga acontecendo de forma high-tech.

Elisa Santiago é estudante de Design de Moda e uma eterna amante das ruas e das artes. Acredita na roupa como elemento de fala e empoderamento. É quem está por trás do @tens_razão.

09
abr

Look da Anita – Dia 03 Minas Trend

E para fechar os dias de desfile, o meu look escolhido, é claro, foi mais uma vez BOW Store, porque sim, amo, sim, me representa e, sim, quero tudo, absolutamente tudo do que fazem!

Na produção, flare em veludo molhado e tule, compondo com a bata em veludo e crepe. Peças extremamente atuais, num look interessante e, por mais óbvio que pudesse ser, é nada óbvio (conseguiram me entender??..rsrss)

Fotografia: Guilherme Barros @g.barros Look todo: Bow Store; carteira; Iódice; acessórios: Cláudia MarisGuia Bijoux; make: Mateus Costa; sandália: Luiza Barcelos

Aqui, parte da equipe sendo clicada pelo Guilherme (nos divertimos ou não?)E o grand finale da Bob Store, um dos desfiles da quarta, o último dia de desfiles!

25
out

Top tendências vistas nas Semanas de Moda

Quem curte acompanhar os buchichos do mundo fashion viu que os últimos meses foram intensos, emendando semanas de moda internacionais e nacionais.

Hoje eu trago para você as top tendências vistas na Semanas de Moda. Entre Street Styles, Blogueiras e desfiles, tem muita inspiração por aqui!! Vamos ver?

Top Statementverawang2Em uma tradução livre significa blusas ou camisas nada básicas, com volume, babados, mangas bufantes, cortes geométricos e tudo o que faz dela a peça principal do look. thassia-na-nyfw-2016_1-9picmonkey-collage2jadeseba

camila-coelhogioh

Metalizadomarc-jacobsOs tecidos metalizados (principalmente prata!) foram vistos em muitos desfiles e mostra que veio para ficar. Essa vibe futurista e moderninha fica linda se harmonizada com peças mais neutras, como uma T-shirt podrinha, bem no estilo Hi-Lo que a gente adora!

lalarudge luisaathassiaffwffwleofaria

Transparênciadkny5Tecidos fluidos e finos, que deixam a lingerie aparente (de propósito!), trazem um toque feminino e sexy entre outras tendências mais masculinas e pesadas. É o contra-ponto perfeito! Invista nas lingeries de renda e recortes para complementar.doinaheleninhabordonoscardelarenta

Camisariadelpozo2Unanimidade nas passarelas, as camisas foram vistas desconstruídas e clássicas, ou seja, é “show now, buy now“, direto para o #nalidacomAnita, não é? rs

dkny

thefashionguitar

helenabordon sarasapaio

MilitarismobrandonOs tons militares e inspiração dos trench coats foram marcantes e vem para ficar! Para deixar o visual mais leve aposte na cintura marcada e comprimentos mais curtinhos.thefashionguitar2lalarudgeelelesaddi

Sobreposições

coachE pra fechar a aposta do momento e queridinha da “blogosfera”, virou febre sobrepor regatinhas de seda (quanto mais cara de pijama, melhor!) com T-shirts! Apareceu mais conceitual nos desfiles, mas é só o que se vê em NY! Das passarelas direto pras ruas!

jade-sebanati-e-lu
ffwleofariaacamilacoelho

E olha quem já aderiu!! Euzinha!img_20160917_163023Imagens: Reprodução Instagram; FFW.