fbpx

Fresca? Não! Bem criada.

Tag: life style

24
mar

Vídeo: PROVADOR FASHION RENNER – MAR/20

Todas as peças apresentadas no vídeo possuem link de compra abaixo:

Look 1 Blusa metalizada com nó: https://rstyle.me/+h50RksUYVliFEzTY3n… Calça jeans:  https://rstyle.me/+mRxUoFFU_WcKtMEvtf…

Look 2 Calça laranja: https://rstyle.me/+5sPtwdAqb2OWLmRrov…
Regata laranja: https://rstyle.me/+rY_qpn4sOJKkWghOpp…

Look 3 Short jeans com lenço: https://rstyle.me/+FPKv9XIgL0aLjqMSkS… Blusa ombro a ombro lavanda: https://rstyle.me/+APtGC0ZGt8bG60BwuE…  

Look 4 Calça moletom estampada e jaqueta de moletom não disponíveis. Conjunto semelhante: Calça: https://rstyle.me/+emtK6tTFEstELjC4aw… Camisa: https://rstyle.me/+3VNdxrm5YqTk-VtS0r…

Look 5 Saia plissada midi: https://rstyle.me/+iDifc5q3kCl_j2j7DG… Camiseta não disponível, produto semelhante: https://rstyle.me/+OJNMAn40GwTNelvZ1d…

Look 6 Macacão amarelo: https://rstyle.me/+IXBMRFcGq3bnSs4k-E…

Look 7:Vestido estampado com babados: https://rstyle.me/+9XXCirJcurwAefmB8m…

Look 8 Vestido listrado não disponpivel, produto semelhante: https://rstyle.me/+WqjhvLmFSRZkBHb6WJ…

Look 9 Calça cargo: https://rstyle.me/+w-JI9xW9q9WOEJX_zy…
Body estampado em tule: https://rstyle.me/+fuuuQALt-GwcQTlSLF…

Look 10 Vestido animal print: https://rstyle.me/+KS8nTGZBkTZfSmpmC2…

Look 11 Calça com cinto: https://rstyle.me/+lEhyhzdODY7esr3kQA…
Blusa vermelha manga bufante: https://rstyle.me/+Gg0QgmtYhII2YGBjS9…

Se você ainda não se inscreveu no Canal do Anita Bem Criada no Youtube, aproveite para se inscrever clicando aqui! Quem se inscreve recebe os vídeos primeiro (no e-mail e/ou celular) e assim, não perde nada do que vem por aí! 

20
mar

Dicas para quem trabalha de casal

O mercado de trabalho está cada vez mais diversificado em termos de negócios e equipes. Um exemplo forte disso é o crescimento considerável de pessoas que passaram a trabalhar em casa ou home office buscando qualidade de vida.

Outro formato que vem se tornando bastante comum são pessoas que decidiram compartilhar sua vida profissional com os parceiros. Mas engana-se quem pensa que trabalhar ao lado do marido ou do namorado é tarefa simples.

Para manter uma boa dinâmica dentro do ambiente profissional e ao mesmo tempo não perder a química dentro de casa é preciso adotar alguns limites e regras para que tudo flua da melhor maneira para todos.

Pensando nisso, resolvemos trazer no post de hoje algumas dicas para quem trabalha de casal!

 

 

  1. Ao trabalho o que é do trabalho e à casa o que é de casa!

A primeira coisa que alguém que trabalha de casal deve ter em mente é que assuntos de trabalho e de casa não se misturam. Para que não exista desentendimentos e para que o tempo útil de vocês não se perca entre temas que possam ser resolvidos em outro ambiente, é necessário ter essa regrinha bem acordada entre as duas partes.

Levar trabalho para a casa consome o tempo de lazer e descanso de ambos, sejam juntos ou separadamente. E no trabalho, resolver coisas de casa, pode prejudicar no desempenho profissional.

 

2. Tudo com hora marcada

Sabemos que algumas vezes o assunto do trabalho pode se estender até a hora do descanso e quando isso acontece é necessário colocar regras. Combinem um horário para iniciar a discussão e finalizá-la, assim o universo profissional não adentra o espaço de descanso de vocês e fica possível organizar o tempo na agenda.

 

3. Colegas de trabalho

Para manter a relação no trabalho o mais profissional possível, busquem se tratar como colegas de profissão e não como um casal. Obviamente que nada precisa ser tão rígido, mas evitem troca de carinhos, dirijam-se um ao outro pelo nome e não por apelidos e tratem-se com cordialidade e gentileza.

Essa estratégia evita constrangimentos para os dois e para os demais que trabalham com o casal.

 

 

4. Procurem atividades diferentes

Conviver dentro e fora do ambiente profissional pode muitas vezes esgotar os assuntos entre o casal, mas para manter a relação sempre em dia e com leveza, procurem fazer atividades diferentes nos momentos de lazer.

Viagens de fim de semana, conhecer novos restaurantes, ver um filme diferente, mudar algo em casa, tudo isso contribui para que vocês tenham cada vez mais coisas sobre o que conversar e assim preservam o relacionamento sempre em dia.

 

5. Admiração

Trabalhar junto da pessoa que amamos é também uma oportunidade de enxerga-la de novas formas. Acompanhar a rotina profissional, assistir a forma como o parceiro ou a parceira lida com ambiente de trabalho e tudo que envolve esse universo é uma nova oportunidade para admirar ainda mais quem escolhemos para passar a vida. 

Nutrir esse sentimento por nossos companheiros é uma excelente forma de sempre renovar tudo àquilo que construímos!

 

 

 

17
set

Como domar o cabelo em dias de chuva

Quando o tempo anuncia que vai fechar não tem jeito, os nossos fios já começam a sentir a mudança e logo o frizz aparece. Em algumas ocasiões, inevitavelmente acabamos por tomar chuva e aí que a situação piora.

Como secar o cabelo fora de casa? Tem como evitar o frizz? Qual produto pode ajudar nesses dias nublados?

Essas são algumas perguntas que toda mulher já se fez diante de um período chuvoso. E já tendo em mente a previsão do tempo para o verão, no post de hoje trouxemos algumas dicas para domar o cabelo em dias de chuva!

1) Anti frizz

Viu que o tempo fechou e que vai chover? Já saia de casa prevenida: lave os cabelos com shampoo e condicionador anti frizz e evite que o os fios se arrepiem demais durante o dia!

2) Xô toalha!

Essa dica serve principalmente para dias chuvosos, mas pode ser adotada também nas lavagens diárias. Secar o cabelo com uma toalha normal, acaba abrindo muito as cutículas dos fios durante o atrito e proporciona mais frizz.

Para evitar esse efeito, troque a toalha por uma camiseta antiga de algodão ou toalha de papel, esses dois ajudam a estabilizar os fios rebeldes que ficam mais tempo no seu devido lugar.

E se a ideia é proteger o cabelo de forma mais eficiente ainda, depois de secar com papel ou camiseta, use o sacador!

3) Cutículas seladas

Se você não quer ter nenhuma preocupação relacionada ao frizz nos períodos chuvosos basta colocar na sua rotina o seguinte ritual: lavar o cabelo com shampoo e condicionador antifrizz, secar com toalha de papel ou camiseta de algodão, secar com secador e por fim, utilizar um óleo selador de cutículas.

Essa receitinha é infalível no combate aos fios rebeldes e garante muito mais tempo de duração. Assim, você não precisa passar o dia preocupada com o visual. Ah, uma outra dica importante; evite passar a mão no cabelo nessas épocas, nossas mãos podem conduzir uma eletricidade mínima que ativa o frizz.

4) Seque o cabelo o mais rápido possível

Tem dias que inevitavelmente esquecemos o guarda chuva em casa e nos molhamos. Após esses momentos, seque os fios o mais rápido possível, assim evita-se a formação do frizz.

Uma dica de amiga? Ande com toalha de papel na bolsa ou vá em um banheiro que tenha, esse é o melhor meio de secar os fios sem danificá-los!

5) Rabo de cavalo

Por fim, se a preguiça bater ou a rotina não permitir todos esses cuidados que falamos acima, vá de rabo de cavalo! Esse penteado além de disfarçar o frizz, protege grande parte dos fios de fatores externos como vento e água!

 

29
ago

Biker shorts: polêmica ou hit?

Que as referências esportivas têm dominado o mundo da moda, disso todo mundo sabe. Mas o que estamos começando a perceber agora e ainda vamos observar muito no street style é o uso literal das roupas de academia!

Isso mesmo, sabe aquele shortinho de lycra, que os ciclistas usam para pedalar? É o mais novo must have das Kardashians e de muitas outras fashionistas por aí!

Sim, ainda vamos ver muito essa peça pelas redes e nos instagrans das famosas, mas o que nos resta saber é – biker shorts: polêmica ou hit? Conta pra gente a sua opinião!

22
ago

Miami, top 5!

Miami é um destino super queridinho dos brasileiros. Arrisco dizer que essa procura sempre constante pela cidade provavelmente deve-se ao fato de que o clima é bem parecido com o nosso, além de não ser tão distante assim. Apesar de já ter ido quatro vezes, confesso que Miami não está na lista dos meus destinos preferidos (amo um climinha europeu), mas reconheço que tem muita coisa interessante para fazer por lá. E para quem curte muito praias e compras é impossível não aproveitar. Voltei de Miami recentemente e bateu a vontade de compartilhar meus lugares preferidos com vocês.

 

1 – Malibu Farm Miami

Inaugurado em abril desse ano (2018), O Malibu Farm é o meu restaurante predileto em Miami por dois motivos: além de ficar na frente da praia, o restaurante adota o estilo “farm-to-table” (da fazenda para a mesa). Isso significa que a ordem da casa é servir alimentos “frescos, orgânicos e produzidos localmente”. Coisa rara de se encontrar, sobretudo nos Estados Unidos.

Sob o comando da chef Helene Henderson, cuja experiência escandinava influenciou sua culinária ao longo da carreira, o restaurante aposta na diversidade de pratos para agradar gregos e troianos, ou veganos e carnívoros. Eu experimentei o Chicken Ricotta Burguer e AMEI!

O restaurante está localizado na famosinha Collins Avenue, dentro do Hotel Eden Roc. Se você for de carro, não se preocupe, tem valet no local.

Endereço: Eden Roc Miami Beach, 4525 Collins Ave., Miami Beach.

 

2 – Brickell City Centre

Se, porventura, eu precisasse morar em algum lugar de Miami (e tivesse cacife para isso), certamente seria no Brickell City Centre (BCC para os íntimos). O empreendimento nada mais é do que uma mistura de unidades residenciais localizadas em um shopping mega ultra super moderno e escandaloso de lindo. Tem que conhecer!

Uma vez no Brickell, não deixe de dar aquela conferida no La Centrale, um food hall italiano, onde você vai encontrar mercado, restaurantes informal e sofisticado, cafeteria, sorveteria, chocolateria e bar, divididos em nada mais nada menos do que 3 andares.

Endereço: La Centrale at Brickell City Centre, 601 South Miami Ave, Miami.

 

3 – Miami Design District

O Miami Design District é um complexo moderno de lojas bem estilosas situadas em ruas contíguas do centro da cidade. O complexo é considerado uma vizinhança criativa dedicada à moda, design, arte, arquitetura, e gastronomia. E, realmente, faz jus à fama. Se você quiser aquela foto mega instagramável, dá uma olhadinha nesse link aqui.

No andar de cima do Miami Design District, você encontra o St. Roch Market – complexo gastronômico que engloba 12 conceitos dirigidos por vários chefs. As opções vão desde café artesanal e sobremesas veganas a sanduíches vietnamitas, açaí, massas frescas, risotos, tacos, opções israelenses, entre muitas outras opções. No St. Roch também tem um prato bem comum no Havaí, o poke bowl,  ideal para quem é fã de peixe cru.

Endereço: 3841 NE, 2ND Avenue, Miami.

 

4 – Bal Harbour Shops

Um dos shoppings mais distintos e classudos de Miami, o Bal Harbour não pode ficar de fora da minha lista de preferidos! Com certeza, um passeio muito agradável para o fim de tarde que não pode faltar em uma viagem para Miami!

Endereço: 9700 Collins Ave, Bal Harbour, Miami.

 

5 – Area 31

Para o visual mais incrível da noite de Miami, dê uma conferida no Area 31, rooftop do Hotel Kimpton Epic.

Endereço: 16, 270 Biscayne Boulevard Way, Miami.

 

Bom, são esses os meus lugares preferidos em Miami e espero que você tenha gostado! Mas, antes de finalizar, preciso deixar dois alertas importantes aqui. O primeiro é que tem tubarões nas praias de Miami. Eu e minha família não sabíamos disso e tomamos um grande susto quando um deles chegou muito, muito, perto da gente. Dizem que são bebês e não atacam, mas não dá para confiar, né? O segundo alerta é para quem vai alugar carro. Jamais estacione naquelas plazas (pequenos centros comerciais) e vá para outro lugar, como a praia, por exemplo. Se você fizer isso, é guincho na certa. E para tirar o carro não sai menos do que duzentos dólares. Portanto, preste atenção, pois ainda que não tenha placa informando sobre essa proibição é assim que funciona.

 

Bianca Cobucci é Defensora Pública, Mestre em Políticas Públicas e coordenadora do Projeto Falando Direito; Autora do blog Teoria da Viagem. Escreve sobre os direitos do consumidor relacionados à viagem e turismo, bem como sobre os países e lugares que já que visitou.