Fresca? Não! Bem criada.

Diversos

01
jan

Presença de Anita/Look do dia

Oioioi! Aí vai um look bastante leve e confortável. Ganhei esta saia de Natal da minha sogrinha querida, mas ainda não havia tido oportunidade de estreá-la. Até que finalmente usei pela primeira vez neste último findi, de um jeito que me agrada bastante. Gosto bem dessa ideia de usar peças larguinhas sobrepostas. É ótimo para aqueles dias em que acordamos com a barriga estufada de cólica ou mesmo para aquele day after de um jantar altamente roliçante..rsrs. Brincadeiras à parte, o fato é que não precisamos de motivos para querermos estar à vontade e confortáveis numa roupa, né?! Um look simples, fresh e sem mistério. A meu ver.Top e camiseta: Track & Field; Saia de renda: Capela (Uberlândia); Sandália: Arezzo; Cinto e bolsa: C&A; Pulseiras de couro: Feira Hippie (BH); Colar de mandala: faz duzentos anos, não me recordo; Óculos: Aviator, RayBan; Batom: Vegas Volt, MAC

01
jan

Presença de Anita/Look do dia

E aqui segue o look usado no lançamento de sexta! Não reparem a cara de paisagem, mas foi o primeiro registro após a repaginada no visual. ainda tava tímida! /o

Bom, nessa produção não há nada novo. Tudinho, sem exceção, já apareceu por aqui. Apenas mesclei peças antigas com o intuito de criar uma montação mais formalzinha, por conta do evento, mas ainda assim, com uma gracinha. Misturei couro (ecológico), seda, listras e um ponto de cor.  Não sei se vão se lembrar, mas este cardigã a lá chanel é, nada mais, nada menos, do que do Carrefour.. hehe.. Adoro! Então é isso.. espero que aprovem..

Saia de couro ecológico: C&A; Camisa: Renner; Cardigã: Carrefour (!!!); Bolsa: Pry; Sapato: Zara; Batom: Pink Nouveau, MAC

 

01
jan

Testado e aprovado!

Shampoo e Condicionador MOROCCANOIL Hoje vim contar minha experiência com o Shampoo e o Condicionador MOROCCANOIL. Eeeeeeeeeeeeh!! Vocês se lembram quando contei aqui minha experiência com a Máscara de Hidratação intensa da Moroccanoil que a Michelli, do Produtos Fracionados para Cabelos, me mandou?? Pois é, a Michelli, uma leitora querida e vendedora dos produtos, me proporcionou mais uma vez a chance de avaliar seus produtos e contar minhas impressões aqui pra vocês.   Pois bem! Fiz minha lição de casa! O que me chamou mais atenção de início foi o fato dos produtos serem livres de sulfato, fosfato e parabeno. Não sei se já ouviram falar, mas o parabeno é uma composição química que age como conservante. Esse conservante pode levar a desregulação endócrina, levando ao aumento de peso, retenção de líquidos, depressão e, dizem, até câncer. Quando um produto não tem parabenos (“Paraben Free”), o conservante é substituído por outro. Já ganhou pontos!! Outro ponto positivo é a manutenção, na fórmula, do famoso óleo de argan, juntamente com queratina, ácidos graxos e proteínas saudáveis. Os ácidos graxos por exemplo ajudam a criar uma “capa” protetora nos fios, auxiliando na recuperação da umidade e reduzindo a perda de hidratação diária. Os benefícios da queratina e do óleo de argan são imensos. Mais um ponto! Terceira observação, mas não menos importante que a primeira: o cheiro!! O cheirinho é incríiiiiiveeeeel! O shampoo é semelhante ao cheirinho do famoso óleo. Já o condicionador é mais suave, mas igualmente bom. A consistência também não deixa a desejar. O shampoo é bem cremoso e uma pouca quantidade já é suficiente para lavar bem os fios! Ele faz uma espuma razoável (isso até me incomoda um pouco, pois gosto de espuma abundante!!! – só que, SEI, isto não é bom para o cabelo). Exatamente por isto não demora uma eternidade para enxaguar, o que, por outro lado, gosto muito. Já o condicionador é quase uma máscara capilar! Hidrata bastante os fios, mesmo que se use o mínimo.

Shampoo
Condicionador

Avaliação final: produto aprovado!!! Inicialmente achei que o produto deixou meu cabelo um pouco ressecado. Mas, depois, avaliando bem, percebi que, na verdade, o que acontece é que o cabelo não fica pesado como quando se usa com muita frequência as máscaras de tratamento. Se não tomarmos cuidado com esses produtos mais poderosos, nossos cabelos podem pesar e a raiz pode ficar muito oleosa. Neste caso, isto não chegou nem perto de acontecer. O cabelo brilha e fica leve, desembaraçado. O cheirinho se mantém por bastante tempo no cabelo o que é muitissíssissimo positivo, a meu ver! Uma boa dica para otimizar o uso do combo acima é: aplicar o shampoo duas vezes, enxaguar bastante, retirar bem o excesso de água (se possível enxugue com uma toalha), aplicar condicionador por cinco minutinhos e enxaguar bem pra terminar. Já falei aqui, mas, para quem não viu, repito. O site tem uma proposta super diferente e inovadora. O objetivo é proporcionar aos clientes a possibilidade de testar produtos em pequenas frações até que ela encontre aquele que mais se adeque ao seu tipo de cabelo, sem a necessidade de investir em grandes quantidades e de vir a não gostar do produto. Ou seja, dinheiro jogado fora. Tem produtos que, por melhores que sejam, não servem para o cabelo da pessoa. Como ela mesma diz: “cada cabelo uma sentença”. Assim, podendo comprar em menor quantidade a pessoa não corre o risco de ter um grande investimento perdido.Mas quem já tem certeza do seu produto, não necessitando de amostras para testes e apenas procura bons preços, o Produtods Fracionados para Cabelos também é o destino certo para adquirir seus produtos por inteiro/fechados.

Funciona da seguinte forma: a pessoa vê o produto na vitrine cujos preços também estão expostos, entra em contato com ela por e-mail e fecha-se o negócio. Caso ela tenha o produto para pronta entrega, a pessoa deposita o valor acrescido do frete e no dia seguinte ela posto nos correios. Se ela não tiver o produto em estoque e a pessoa quiser encomendar, ela encomenda também, tudo combinado direitinho. E ela ainda aceita pagamento pelo paypal e pelo pagseguro. Legal né! Super confiável, hein meninas.. Não deixem de dar uma conferida por lá, clicando aqui! Já tive leitoras que compraram com ela e já viraram fãs!! Testado e aprovado!!! Os produtos e o site!

01
jan

Anita Bem Casada – Julho/13

Oizinho! Sai hoje o texto da coluna Anita bem Casada na Revista Arte Noivas!! Dessa vez eu falei de um tema bem prático, mas com algumas sutilezas: a famosa “lista de presentes de casamento”! Não vou dar maiores detalhes por aqui não, deixando vocês diretamente com a minhas palavras. Dei minhas opiniões (bem pessoais!!) e queria saber se vocês têm opinião formada sobre os temas ali destacados.. O texto segue abaixo, mas não deixem de conferir o recheio da Revista que está suuuuuuuuper legal! Então, mantendo nosso combinado, aqui segue o artigo!
anitabemcasada1

Lista de presentes

Para algumas pessoas, fazer uma lista de presentes de casamento é, do check-list, um dos itens mais prazerosos que existe! Maaaaaaaaas, para a grande maioria esta não é a realidade e, o que para muitos são só flores, para outros, passa a ser um verdadeiro pesadelo.

Assim como praticamente tudo no quesito “preparativos para o Grande Dia”, a lista de presentes é algo que merece um bom planejamento. Tanto para quem tem afinidade com o assunto, mas especialmente também, para quem não tem.

Uma lista de casamento é algo muitíssimo pessoal. Jamais haverá uma lista igual à outra!! Pelo menos não se ela for feita individualmente. E exatamente por ser algo tão particular, eu, pessoalmente falando, não sou muito adepta das tais listas prontas que as lojas têm oferecido. Não há como negar a praticidade e a objetividade delas. Talvez elas até funcionem bem para algumas pessoas, mas definitivamente não acho o mais apropriado.

Antes de me casar eu não tinha o menor dom para assuntos domésticos. Só para vocês terem uma ideia, para fazer minhas listas eu catei minha mãe e irmã e, enquanto elas davam suas sugestões, eu estava no celular e já doida para ir embora. Ô arrependimento!!! Não pela lista, que ficou muito bem feita e a minha cara (nada como sua mãe e irmã para isto, né!?). Mas o arrependimento está no fato de que eu queria ter curtido mais, “namorado” mais aquele momento, o que, automaticamente, também implicaria em um maior aproveitamento.presente

Hoje, passados quase três anos do meu casamento, daria uma unha (só a pontinha!) pra voltar no tempo e poder fazer uma lista com as ideias que tenho hoje, com as inspirações que fui tendo ao longo desse tempo como “doninha” de casa. Do desdém inicial hoje estou no auge do meu encantamento por coisas do lar. Amo tudo e cada detalhe, passando pelos móveis, pela decoração, até chegar aos itens de cozinha.

Mas como não dá pra voltar no tempo, o que de melhor posso fazer é deixar aqui algumas diquinhas úteis para as noivinhas e futuras noivinhas de plantão.

Antes de qualquer coisa, não tem como escapar: é sentar e fazer anotações. Vale pedir ajuda para a mãe, para a irmã, a amiga e para a funcionária que trabalha em sua casa! Vale também fazer pesquisas, tirar ideias de listas semiprontas, ler bastante sobre o assunto e tentar visualizar na prática como vai ser a sua vida.

Algo que considero de extrema elegância é a ideia de fazer uma lista “democrática”. Por mais que possa parecer meio chato perder algumas horinhas do seu dia com isto, eu garanto, muito mais chato é para os convidados não terem opção de escolha. Isto porque tem listas que, de tão concisas, ficam parecendo aquela situação da venda de ingressos para os grandes shows: se você não garantir a compra no início (primeiro lote!..rs), só vai restar presente caro! Ou, ainda pior, presente que, de tão simples, não esteja à altura de sua relação com os noivos. Afinal, só sobra o que tem de mais caro ou o que tem de mais barato, concordam? Ou seja, além de disponibilizarem presentes para todos os bolsos, dos mais simples aos mais caros (afinal tem sempre aquele tio abonado que pode querer fazer uma gracinha, ou seu chefe, ou seus pais, ou mesmo os padrinhos!), é importante que haja uma boa gama de opções. Isto, volto a dizer, pode parecer chato naquele instante, mas garantirá o conforto de seus convidados e até mesmo o seu.

É importante também escolher a loja certa. Nos dias de hoje esta “indústria” tem se mostrado tão lucrativa, que você tem sim o direito de procurar a loja que lhe ofereça mais benefícios: facilidades na troca; prazo estendido para realização da troca; recolhimento em sua casa ou onde você indicar para efetivação da troca; isenção de taxa de entrega (o que é muito delicado para com os convidados), e por aí vai. A depender do vulto do seu casamento (número de convidados, público de convidados, etc), você ainda pode e deve barganhar mais privilégios! É interesse deles, não podemos perder de vista.

Além de escolher a loja certa, é importantíssimo também que haja opções de lojas online. Não há como ignorar que estamos no século XXI e, junto da tecnologia e das modernidades que conhecemos, veio a falta de tempo e a correria do dia-a-dia. Portanto, conferir mais praticidade para os seus convidados é de muito bom tom.

Existe ainda um assunto que sempre, mas é sempre MESMO, me perguntam e eu sempre me vejo quase que em apuros para responder: “É correto colocar a indicação das lojas com listas dentro do convite de casamento?” Então vamos lá! Bom, segundo as regras de etiqueta esta não é a forma adequada de se proceder! Mas isto é muito usado? Sim, por questões de praticidade, tem sido bastante usado. Eu, particularmente falando, não o fiz e, se tenho intimidade com quem me pergunta, eu sugiro que não o faça. Penso que, de um jeito ou de outro esta informação acaba chegando para os interessados. Uma solução que considero bem razoável e que serve aí como um meio termo neste tipo de situação é a criação dos sites/blogs de casamento, onde lá sim, é possível colocar todos os detalhes do evento, inclusive as lojas indicadas. Mas como dito, é algo muito pessoal e que vai de cada um!

E só pra fechar, quero dar uma dica muitissíssssssimo prática que recebi de uma amiga/madrinha à época. Depois das trocas, não se esqueçam de tirar as etiquetas e adesivos dos produtos. É que, com o passar dos anos elas grudam, mas grudam de uma tal maneira, que não há “santo” que consiga tirar aquilo dali! Vão por mim que esta dica vale ouro!..rs

01
jan

Diário de ANITA!!

Não poderia começar este post sem comentar sobre o ocorrido ontem. Quanta tristeza, quanta desolação, quanto sofrimento.. E, por mais que eu quisesse, não há muito o que dizer, apenas rezar, pedir a Deus que conforte aquelas famílias e que ajude aos que ainda correm perigo! Podemos nos unir assim, não é..

Bom, mas retomando, quem me acompanhou no instagram (@anitabemcriada) deve ter percebido que a semana continou a mil! Inclusive peço desculpas pelo atraso na resposta aos comentários. Vocês bem sabem que não deixo de responder. Mas tem dia que fica humanamente impossível dar conta de tudo. Mas fiquem certos que normalizo isso DJÁ! Lembram-se quando disse que minha viagem não acabava naquele domingo, quando fui embora de Foz do Iguaçu, né?! Pois então! De la estiquei para Uberlândia! Fiquei por lá de domingo a quinta e curti muuuuuuuuito o que mais gosto de fazer naquela cidade: brincar com as cachorrinhas e comer, comer, comer! Na chegada já fui direto almoçar no Dona Conceição, restaurante mineiro que simplesmente venero. Lá tem um arroz com pimenta e um pastel com pimenta que poooutz gretaaaaa.. não é pra amador não! Eh de lascar! AMO! Bom, os outros dias foram morgando bastante (aproveitei para descansar do batidão de Foz). Brincando com as pequetitas e, como disse, comeeeendo bastante. As pequetitas são lindas demais. Olha aí, cada registro mais fofo que o outro. Tem “gente” querendo blogar comigo, e tem “gente” fazendo pose na cama LUXO de onça! E claro, tem “gente” fazendo até estripulia, ficando em pé, pra ganhar um queijinho. Danadjeeeenhas!! Numa dessas saidinhas aproveitei para estrear meu scarpin novo da Schutz. Vocês reconhecem? Ele é iguaaaaaaaalzinho àquele preto que tenho, também da Schutz. Gosto tanto desses modelos da linha clássica que acabo não resistindo. Tava precisando de um nessa tonalidade. P.S.: o flash deixou o sapato num tom mais claro do que ele realmente é, que é nude (e não off white). Neste mesmo dia, o da “estreia” do sapatito, fui conhecer um japa que estava fissurada pra conhecer há algum tempo: o Keiretsu. Posso dizer? Simplesmente foi o melhor japa que já fui na vida! Incrível! Era comida japonesa e tailandesa no rodízio. Simplesmente perfeito!!! E, para os que dizem que eu não birito, olha a prova: tomei essa “saqueirinha” de frutas vermelhas de “guti guti”! Estava espetacular! Queria mais 5 dessa. Maaaaas, vocês sabem, né.. sou bem criada.. hihihi. P.S.: Vou fazer um post com minhas dicas de restaurantes em Uberlândia. Vira e mexe tem alguém passando por lá, indo passear na cidade, ou mesmo que mora lá e talvez ainda não conheça.. Já de volta a Brasília, na sexta foi dia de despedida de um amigo muuuito querido que está voltando pra nossa quiriiiida terrinha, Minas Gerais!! Ai invejinha! Fomos a um boteco suuuuper conhecido e tradicional daqui, o Fausto & Manoel! Claaaro, não podeia deixar de rolar o “look do dia”. Mas por enquanto ficamos só com esse pedacinho..rs. Essa daí é uma camisa de nozinho que adoro. Já já vem aí! No sábado foi dia de churras. Mas olha, tava um chuvarada tãaaaao grande que tava dando até preguiça, viu!? Tudo que mais queria era conforto. Então juntei tudo num look só: skinny + slippers + cardigan. Esse cardigan já apareceu por aqui, então vou me limitar a esse pedacinho de look mesmo. E claaaaaro, como tem sido quase sempre, os churrasctos têm terminado em.. POKER! Agora então, que a mulherada tá participando também do poker AND detonando, tá ficando ainda mais animado. Ahhh, e no meio do “carteado” aconteceu algo inusitado. Meu iPhone estava carregando na tomada. Ok. Até aí, tudo bem! Em um dado momento virei pra trás pra ver se tinha mensagem, whatsapp ou coisa do tipo e percebo que o fio tá pendurado, sem meu celular. Segundos depois, vejo láaaaaaaaaaaaa na frente, o Brutus, esse “bebê” (de 10 meses!!), “jantando”meu iPhone. Pensa no meu desespero!? Gente, ele não largava de jeito nenhum! Corria de um lado pro outro com meu celular na boca e ninguém conseguia arrancar dele. Foi preciso quatro pessoas pra segurá-lo. Olha, descobri ontem que realmente não sofro do coração. Brutus seu safado!! Bom, e ontem, foi dia de dar um voto de confiança a uma das opções do Restaurant Week, que tá acontecendo aqui em Brasília esses dias. Confesso que esses “esquemas” não me atraem muito. Acho que os restaurantes perdem em qualidade, em atendimento, fica tudo muito cheio e tal. Realmente tenho preguiça. Fui a um na sexta que não gostei e nem recomendo. E ontem fomos ao Le Jardin du Golf. Olha! Recomendo MUITO! Delirei com meu prato principal! Foi um picadinho de carne ao molho de vinho com arroz cremoso e farofinha crocante. Muuuuito bom! Como ainda tem uma semana do evento, quem quiser conhecer, esse aí vale a pena! Bom, então é isso! Pra variar, falei MUITO.. mas peço, mais uma vez, que me perdoem.. Então uma maravilhosa semana pra todo mundo!