Fresca? Não! Bem criada.

Tag: Moda

01
jan

Rumos do inverno 2011 – SP

Dando continuiadade a esse post aqui, no qual falamos da temporada de moda carioca para o inverno 2011, e ainda, pegando carona no site da Glorinha Kalil, fiz um resuminho (em cima do resumão que ela fez) sobre os desfiles da SPFW para o inverno 2011. Vocês vão constatar que moooooita coisa se repetiu, o que só nos leva a crer que realmente se trata de forte “tendência” (como foi o caso das calças cenoura, dos macacões, das saias e dos vestidos longos, das rendas, penas, peles e plumas, do couro, das estampas etc etc etc).A propósito, “tendência” vem entre aspas, pois estava lendo no Chic que hoje em dia não dá mais para eleger os 5 ou os 10 mais da estação, como antigamente. É que hoje há uma chuva de novidades e informações, o que acaba dando liberdade para cada um decidir o que fica melhor no seu corpitcho e com o seu espelho.Segundo ela a tacada hoje em dia não é mais lançar itens inéditos, mas sim, reinventá-los, imaginar modos e formatos diferentes, texturas, combinações até então pouco usuais, e por aí vai..Então vamos lá!

Bordados

Calça cenoura mais curta e calça skinny

Casaquetos

Cores: azul, mostarda, verde e laranja

Couro

Estampa: animal

Estampa: boca

Estampa: floral

Estampa: temática

Formato casulo

Macacões

Mistura de pesos de tecidos

Peles, penas e plumas

Rendas

Saias longas
Saias mini

  

Saias midi



Transparências

Tricot

Tule e gaze (amei!)

Fonte: Chic

01
jan

O que vem por aí

Sofisticada e feminina, a cor “blush” vem por aí com um ton sur ton de texturas diferentes, protagonizando uma sintonia inusitada com tons vibrantes. O tom entre o rosa e o champanhe tem afinidade com o universo girlie, mas não fica restrito a ele. Como se trata de uma cor suave, a sobreposição de texturas é essencial para valorizar a produção. Um bom exemplo é a mistura do cetim com tecidos opacos. Ou também, calça de algodão e camisa de seda. Ou ainda, top de georgette e saia de paetês. A cor invadiu todos os espaços: acessórios, prosuções simples, elaboradas e por aí vai..

A gama dos rosas da maquiagem se casa perfeitamente com o blush da roupa. “Os tons devem ser um pouco mais acesos para que a pele não fique apagada”, diz o maquiador Raul Mello. “Mescle lilás e rosa nas pálpebras e finalize o côncavo e as extremidades com sombra marrom. Ela dá profundidade e força ao olhar. O batom deve ter brilho e pode variar até o coral.”

O tom da champagne rosé é a grande inspiração!

  Acessórios

Produções em geral
Curtos
  Midis
  Longos 
Calças
 De tudo um pouco

Fonte: Revista Estilo / Imagens: Revista Estilo e Baonilha

Muito delicado e meigo!